26 de Outubro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » LOCAL

Temperatura pode chegar a 44°C na próxima semana em Assis

Nesta quarta-feira, 30 de setembro, Assis registrou temperatura de 39%, mas valor deve ser batido nos próximos dias

O calor intenso registrado em todo o país deve continuar nos próximos dias, conforme explica Daniel Panobianco que tem uma empresa especializada em meteorologia.

Daniel conta que nesta quarta-feira, 30 de setembro, a Estação da Ciiagro em Assis, que realiza a medição da temperatura do ar em abrigo meteorológico em local sem interferência de radiação solar, atingiu a temperatura máxima de 39,0 graus, mas que será batido nesta quinta-feira, 1° de outubro, na sexta-feira, 2, e principalmente na próxima semana.

José Wagner de Moraes - Pôr do sol registrado por José Wagner de Moraes
Pôr do sol registrado por José Wagner de Moraes


"Temos um amplo sistema de alta pressão atmosférica (anticiclone) sobre o centro da América do Sul, onde o vento gira no sentido anti-horário e de cima para baixo, o que chamamos de subsidência do ar. Este sistema tem espessura muito significativa, de quase cinco mil metros, o que torna essa ‘bolha de calor’ a mais intensa já documentada. Para agravar a situação, correntes de vento que partem da Amazônia (Jato de Baixos Níveis) potencializam a secura e a poluição e ainda ajudam na propagação das queimadas”, explica Daniel.

Ele alerta que o calor na próxima semana deve atingir marcas sem precedentes, jamais vistas em toda a região de Assis, que conta com a estação do Ciiagro desde 2002. Daniel lembra que cidades como Presidente Prudente, Londrina e Ourinhos, possuem estações do INMET desde 1970, que também nunca registraram temperaturas tão elevadas quanto das previstas para os próximos dias.

José Wagner de Moraes - Imagem do pôr do sol registrada por José Wagner de Moraes
Imagem do pôr do sol registrada por José Wagner de Moraes


"Vários municípios do Centro-Oeste, Sudeste e Sul podem quebrar valores recordes de temperatura de todos os tempos. O modelo alemão ICON, que tem mantido boa margem de acerto no tocante às temperaturas, indica valores de mais de 40°C para Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo. Estes valores podem chegar a extremos entre 40°C e 42°C em grande parte de Mato Grosso e Mato Grosso do Saul. No Noroeste, Norte, Oeste e Sudoeste do Paraná, Noroeste e Oeste do RS e no Centro-Oeste, Noroeste e Oeste de SP. Entre o Leste de MS e o Oeste de SP pode fazer ainda mais calor, entre 44°C e 46°C”, considera.

Daniel ressalta que a temperatura máxima oficial já registrada no Brasil foi de 44,7°C no dia 21 de novembro de 2005, em Bom Jesus do Piauí.
"A simulação do ICON indica que o Brasil pode ter calor histórico até o dia 9 de outubro, com valores podendo chegar a 47°C entre MS, MT, PR e SP”, conclui.

divulgação

divulgação

divulgação

divulgação

Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM