28 de Março de 2023
20º/30º
Notícias - Local

Você já ouviu falar do Ginásio Estadual da Vila Xavier?

Especial de aniversário de Assis: Uma história de amor contatada em 118 capítulos

12/118

Temos certeza que sim mas, talvez, por seu apelido: "G.E". Parte significativa de nossa História de Amor contada em 118 capítulos, hoje falaremos da Escola Estadual Professor Ernani Rodrigues.

No início do ano de 1960, o número de moradores da Vila Xavier tornava necessária a instalação de uma escola. A Sociedade de Amigos do Progresso de Assis se uniu para reivindicar a criação do novo Ginásio.

Após intensa luta do prefeito José Augusto Ribeiro, visto que o Plano de Ação estadual não permitia a criação de novas escolas sem prédio próprio, a Lei 5.698, de 26/09/1960 criou o

Ginásio Estadual da Vila Xavier, mesmo sem local definitivo. O Ginásio começou a funcionar inicialmente na Escola Industrial de Assis (logo falaremos dela). Também funcionou na Creche "Anjo da Guarda" e nas dependências do Grupo Escolar "Dr. João Mendes Júnior" (a primeira escola de Assis, que igualmente ganhará um capítulo em nosso especial), em algumas salas da prefeitura, até que se concluísse o novo prédio, localizado na Rua Senhor do Bonfim.

Ao longo da história, a escola se tornou um grande polo esportivo através de várias modalidades de competições que resultaram na conquista de muitos troféus. Grandes eventos culturais foram realizados na quadra coberta com a participação da comunidade.

Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O nome foi mudado, no ano de 1967, em homenagem ao seu patrono, Professor Ernani Rodrigues. Mineiro, mudou-se para Assis em 1944, casou-se com D. Rosa Vieira Dias e lecionou em várias escolas de nossa cidade. Como vereador, empenhou-se para a fundação do Ginásio. Faleceu em 1964, quando morava em Brasília/DF.

Nos dias de hoje, o Ernani possui 510 alunos, da 6ª série do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, em período integral, das 7 às 16 horas. São 30 professores com dedicação exclusiva à escola. Conta com sala de informática, leitura, refeitório, quadra aberta e, claro, quadra fechada, o Ginásio. Mantém uma parceria com a Igreja Presbiteriana do Brasil, que realiza um trabalho voluntário de manutenção dos jardins. É a única escola de Assis que conta com uma fanfarra ativa, que se apresenta nos desfiles da cidade.

Seus alunos participam, muitas vezes com premiações, de olimpíadas de ensino pelo país. No Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp), possui o melhor índice, no âmbito da Diretoria de Ensino de Assis e, em 2019, já ocupou o 6º lugar em todo o estado. No Prêmio Respostas para o Amanhã, que objetiva contribuir para a melhoria da qualidade da educação pública e para a promoção da equidade, está entre as 20 escolas do país. Possui mais de 20 alunos no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica, da Unesp, e também apresenta alto índice de aprovação em vestibulares e altas notas no ENEM.

Anualmente, em setembro, a escola realiza o "Ernani Pró", uma feira de profissões com participação de escolas públicas e particulares de Assis e região. Com palestras e estandes de empresas e faculdades, os participantes recebem orientações quanto ao seu futuro profissional. Milhares de alunos já visitaram a feira.

A Diretora, Sandra Regina Gava Khenaifes, ressalta a importância do Programa de Ensino Integral. Alguns dos princípios e premissas, como protagonismo, excelência acadêmica, pedagogia da presença e aluno solidário, entre outros, representam um projeto de vida que forma cidadãos, não apenas alunos aptos a serem aprovados em provas.

G.E., Ginásio ou Ernani, não importa como chamamos. Muitas boas histórias foram escritas (literalmente), muita gente boa estudou em suas salas. Sem dúvida, uma parte marcante de Assis.

Veja mais fotos:

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Qual a sua história com o G.E.?

Nos vemos amanhã!

Por Fernando de Freitas Nascimento
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM