15 de Outubro de 2021
20º/30º
Notícias - Local

Você sabe o que é cirurgia plástica reparadora?

O cirurgião plástico doutor Ricardo Estefani explica

divulgação

Existe um mito envolvendo a especialidade da cirurgia plástica, muitas vezes associada puramente a procedimentos estéticos tais como lipoaspirações, próteses mamárias, uso de cosméticos tais como toxina botulínica e preenchedores. Todavia, você sabia que a especialidade vai muito além da vertente estética?

O médico doutor Ricardo Estefani, explica que o cirurgião plástico é responsável pelo cuidado e diagnóstico de diversas doenças, na medida em que restaura a funcionalidade do órgão e repara o dano causado pelas mesmas.

"O tratamento das queimaduras, muitas vezes extensas e suas seqüelas fazem parte da gama de tratamento da cirurgia plástica. O trauma de face, suas fraturas e lacerações das partes moles, câncer de mama, idem", conta.

O médico explica que existem doenças tegumentares e da cicatrização que também são tratadas por cirurgiões.

"Muito provavelmente você já ouviu falar de quelóides, cicatrizes hipertróficas e infecções da pele. Existem diversas doenças, adquiridas ou genéticas que são diagnosticadas por nós. Existem síndromes como a síndrome de Fournier, a Doença de Verneuil, a síndrome de Otto-Madelung, a cútis vértices gyrata que são doenças pouco diagnosticadas e fazem parte da gama de tratamentos dos cirurgiões plásticos formados em escolas que ensinam a cirurgia reparadora", explica.

divulgação - Doutor Ricardo Estefani
Doutor Ricardo Estefani


O médico lembra que embora seja difícil dicotomizar a cirurgia plástica em estética e reparadora, este conceito é importante principalmente no que concerne aos tratamentos vinculados ao Sistema Único de Saúde e aos convênios médicos que autorizam a realização de procedimentos considerados reparadores.

"Quando nos deparamos com doenças, que podem invariavelmente evoluir de forma desfavorável ao paciente, faz parte também de nossa especialidade o tratamento amplo, com grandes incisões e ressecções no intuito do melhor tratamento cirúrgico ao paciente. Muitas vezes acreditamos que o fato de procurarmos um cirurgião plástico, as incisões (cortes) sempre serão pequenos, bem posicionados e sempre estético. Essas afirmações tratam-se de meias verdades. Faz parte de nossa prática o tratamento pleno de doenças pensando num melhor posicionamento cicatricial na medida do possível para o tratamento completo destas patologias", considera.

Doutor Ricardo ainda ressalta que a cirurgia plástica é uma das 55 especialidades médicas reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina, e não obstante a isso subordinada a boa prática médica pautada sempre na ciência. É nosso dever desmistificar a especialidade e informar a população da gama de possibilidades que envolvem nossa prática.

Serviço:
Dr. Ricardo Estefani
Consultório: Instituto Demian, Rua: Dra. Ana Barbosa, 1086
Telefone (18) 3323 7037
Instagram: https://www.instagram.com/ricardo.estefani.1/

divulgação

Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ NOTÍCIAS RELACIONADAS
+ VEJA TAMBEM