28 de Novembro de 2021
20º/30º
Notícias - Região

Cães e jabutis em situação de maus-tratos são resgatados de casa em Tupã

"Foi muito difícil conseguir entrar na casa. Quando entramos, o local tinha cheiro de urina e fezes. Tinha até mesmo fezes humanas por lá", contou Érica Fabíola à reportagem

Cães e jabutis em situação de maus-tratos são resgatados de casa em Tupã
Cães e jabutis em situação de maus-tratos são resgatados de casa em Tupã

Mais uma vez um episódio de maus-tratos contra animais acontece em Tupã. Dessa vez, quatro cachorros e seis jabutis foram resgatados de uma casa abandonada na Rua Vagner Garcia, na Vila Indústria.

A repercussão do caso ocorreu depois que Érica Fabíola, moradora do distrito de Parnaso (que também já foi integrante de um grupo de resgate de animais) foi marcada em uma publicação nas redes sociais sobre os animais abandonados.

Ao TupãCity, Érica disse que o primeiro a denunciar o caso foi o pintor de uma casa ao lado de onde estavam os animais. Ela conta que entrou em contato com a delegada Milena Davoli, que prontamente encaminhou dois policiais civis para ajudar a entrar na casa.

"O Guilherme Malta me marcou nessa publicação no Facebook e fomos atrás para descobrir como ajudar esses animais", conta. "Chegamos lá por volta das 15h. O vereador Eduardo Alexandre Sanchez, que cresceu na Vila Indústria, também estava conosco para ajudar. Foi muito difícil conseguir entrar na casa. Quando entramos, o local tinha cheiro de urina e fezes. Tinha até mesmo fezes humanas por lá", contou à reportagem.

Dentro do imóvel, foram encontrados os cinco cachorros e dentro de um outro cômodo fechado, seis jabutis. "Os cães receberam ração e água. Ficaram meia hora tomando água", disse Érica. Foram publicados diversos vídeos do momento do resgate nas redes sociais.

(Atenção: Imagens sensíveis)






Os animais então foram encaminhados à clínica veterinária Happy Dog, onde estão sob cuidados veterinários. Os cachorros, dois machos e duas fêmeas, fizeram testes para leishmaniose, mas apenas uma cachorra testou positivo. Uma das fêmeas, inclusive, foi adotada pelo pintor que fez a denúncia inicial. A cachorra estava em uma situação melhor do que os outros cães.

"E eu me responsabilizei pela fêmea que testou positivo para leishmaniose, não deixei que fosse sacrificada. Ela está fazendo todos os exames para saber se é possível fazer o tratamento e eu vou cuidar dela. Ela vai conhecer o que é amor pela primeira vez", relatou Érica emocionada.

Os jabutis ficaram à disposição da Polícia Ambiental, por serem animais silvestres e não de estimação. Eles deverão ser encaminhados para uma ONG de Assis. Ainda conforme Érica relatou ao TupãCity, os vizinhos disseram que o dono da casa foi preso recentemente.

Ajuda

O atendimento veterinário tem custos. Por isso, Érica disponibilizou o Pix da clínica Happy Dog para quem puder contribuir com o tratamento dos animais. O PIX é 14 997123926 (Guilherme Peleteiro).
Redação TupãCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM