Buscar no site

Eleições 2024: Fernando Roncada, pré-candidato a prefeito de Tarumã tem grupo de Marcos Silveira no apoio e diz ser municipalista

Com um perfil mais técnico do que político, o empresário Fernando Roncada também expõe seu foco na saúde, diz ser municipalista e alega haver perseguição política em Tarumã

Elielton de Oliveira

  • 14/06/24
  • 11:00
  • Atualizado há 4 semanas

Nesta quinta-feira, 13 de junho, o Portal AssisCity, em parceria com a Rádio Difusora, continua a série de entrevistas com os pré-candidatos a prefeito da região para as eleições de 2024. Os apresentadores Elielton de Oliveira e Gerônimo Paes receberam Fernando Roncada, do PSD, pré-candidato à chefia do poder executivo de Tarumã.

Divulgação - Fernando Roncada (PSD), pré-candidato à prefeitura de Tarumã - FOTO: Divulgação
Fernando Roncada (PSD), pré-candidato à prefeitura de Tarumã - FOTO: Divulgação

Em 1996, aos 27 anos, Fernando concorreu à prefeitura com o apoio de Oscar Gozzi. Agora, ele justifica sua decisão de tentar novamente o cargo, desta vez como candidato da oposição, explicando que "Valdemar Fadul fez o movimento de aproximação do grupo em torno do meu nome e assumimos o compromisso". Tinha uma missão levantada pelo Marcos que não podia parar."

Roncada considera possuir características semelhantes às de Marcos Silveira, que disputou as duas últimas eleições obtendo votação expressiva. Vítima de câncer, o político faleceu prematuramente aos 47 anos, em setembro de 2023. Fernando afirma que "jamais estaria à sombra do Marcos para tirar proveito."

O pré-candidato relata que manteve conversas com familiares de Silveira e recebeu apoio para ser o representante do grupo. Embora reconheça que apoiadores radicais de outros candidatos possam acusá-lo de aproveitar-se da tragédia, ele assegura estar tranquilo porque "as pessoas que teriam que estar bravas com isso sabem que se trata de uma inverdade. Durante a campanha, nós vamos construir o nosso plano, que será feito a muitas mãos."

O principal adversário será o vice-prefeito Fernandes Baratela, do Republicanos, que conta com o apoio de Oscar Gozzi, atual prefeito. Roncada, que já esteve ao lado de Oscar nos anos 1990, elogia-o como "um excelente administrador" e pondera. "A junção da Secretaria de Obras e Agricultura não funcionou, a Secretaria de Esportes com a Educação também não funcionou. A forma política precisa mudar", enfatiza.

Roncada afirma que a principal queixa da população é em relação à saúde, devido a "filas intermináveis desde exames simples até cirurgias." Ele elogia a construção do complexo de saúde como uma obra "de qualidade, linda, maravilhosa," mas afirma que "não tem estrutura humana para tocar. Tem um médico somente."

Fernando projeta como seria sua possível gestão nesse tema. "Dá para resolver na segunda semana de governo. Colocar o dobro na equipe de atendimento. É um compromisso que a gente pode assumir com o próprio recurso que já existe para 2025."

Sobre a mão de obra para viabilizar seu projeto, o pré-candidato avalia as medidas que poderá utilizar e deixa algumas possibilidades em aberto. "Essa mão pode ser mobilizada, mas tem que ser contratada. Hoje a parte do plantão é terceirizada e nisso pode-se fazer o aditamento de contrato."

Apesar de defender a terceirização, reconheceu seu alto custo em um curto período. "A terceirização a curto prazo é mais cara, mas a longo prazo se torna mais econômica", detalha.

O empresário afirma ser municipalista e defende o concurso público, porque em pouco tempo "não vai ter pessoas na ativa financiando quem está na inativa." Ele não fez qualquer comentário sobre o plano de carreira e a estabilidade dos concursados.

O pré-candidato considera que existe perseguição política dentro do município e afirma que "no comércio, até nem tanto. Mas no serviço público, certamente. Tem pessoas que não estão no cargo que estavam por conta do processo político."

Em sua mensagem final, Fernando Roncada agradeceu a diversos setores do município e disse que "teremos um governo humanizado e cuidando de quem cuida."

As eleições municipais ocorrerão em todo o país no dia 6 de outubro deste ano.

Receba nossas notícias em primeira mão!

Mais lidas
Ver todas as notícias locais