Buscar no site

Eleições 2024: Pré-candidato a prefeito Fernandes Baratela defende gestão, rebate críticas e projeta ações para a juventude

Com um tom conciliador, o pré-candidato abordou sua relação familiar com Fernando Roncada, seu principal adversário político, defendeu a atual gestão e respondeu às críticas sobre o sistema de saúde, além de apresentar propostas de políticas

Redação AssisCity

  • 15/06/24
  • 11:00
  • Atualizado há 4 semanas

O Portal AssisCity, em parceria com a Rádio Difusora, segue com a série de entrevistas com pré-candidatos a prefeito de toda a região para as eleições 2024. Nesta sexta-feira, 14 de junho, os apresentadores Elielton de Oliveira e Gerônimo Paes receberam o pré-candidato à chefe do poder executivo de Tarumã, Fernandes Baratela, do Republicanos.

AssisCity - Eleições 2024: Pré-candidato a prefeito Fernandes Baratela defende gestão, rebate críticas e projeta ações para a juventude
Eleições 2024: Pré-candidato a prefeito Fernandes Baratela defende gestão, rebate críticas e projeta ações para a juventude

Adotando um tom conciliador, o pré-candidato explicou sua relação familiar com o principal adversário político Fernando Roncada, defendeu a atual gestão e rebateu críticas sobre o sistema de saúde. Baratela também projetou políticas de apoio à juventude.

O político que foi vereador por dois mandatos a partir de 2008 exerce, desde a eleição de 2016, o cargo de vice-prefeito de Tarumã. Para a sucessão do prefeito Oscar Gozzi, ele relata que a escolha de seu nome foi "bem tranquila e transparente. Coloquei a possibilidade de outras pessoas colocarem seus nomes para debatermos ideias e ouvindo todas as partes, de forma unanime, o meu nome foi escolhido", detalha.

Fernandes esclareceu sua relação com o adversário político Fernando Roncada também pré-candidato a prefeito dizendo: "eu tenho amizade com o Silvio (pré-candidato a prefeito) e com o Roncada. Tenho respeito por ambos. Política não é local de briga. É para fazer o debate de projetos. Eu e Roncada temos uma família em comum. Minha filha mais velha é casada com o filho mais novo dele. Temos dois netos em comum. Jamais podemos deixar a disputa atingir esse respeito. Jamais haverá da minha parte ataques a quem quer que seja. Eu tenho certeza de que da parte de ambos existirá esse respeito. A melhor proposta ficará a cargo da população decidir", alega.

O pré-candidato mostra-se feliz pelos apoios recebidos e conta que "tenho recebido apoio nas mais diversas áreas. É um processo de convencimento e tenho feito abordagens seja na parte industrial, empresarial, comercio, industrial, agricultores, lideranças religiosas e de associações. Estou muito feliz com os apoios recebidos". O político admite que ninguém pode obter apoio unânime em todos os setores do município.

O vice-prefeito rebateu os comentários que afirmam haver perseguição política em Tarumã. "Para mim é muito estranho isso. Fazer perseguição não é da índole do Oscar. Não é da minha índole. Estamos muito tranquilos. Quando se apura os fatos você vai entender que não é perseguição. Nunca vi qualquer movimentação para prejudicar quem quer que seja. As pessoas têm uma situação particular e acabam transferindo a responsabilidade de seus atos para alguém", defende.

Baratela deu continuidade sobre o tema relatando sobre o compromisso que irá assumir com os servidores "dia 30 de dezembro todos os cargos comissionados da gestão atual serão exonerados. Isso não é perseguição. Quem é de concurso volta para o cargo. Quem é comissionado deixa a prefeitura", estabelece.

Fernandes alega que isso não gera desespero porque é preciso ser transparente "eu quero ter liberdade para montar o meu grupo do jeito que eu penso e da minha forma. Aí o compromisso é com o Fernandes. Isso eu não abro mão e conversei com todos os partidos que eu não aceito qualquer tipo de barganha," enfatiza.

O adversário de Baratela, Roncada, tem Valdemar Fadul do PL como pré-candidato a vice. Em nível nacional, líderes do Partido Liberal afirmam que o governador Tarcísio de Freitas, do Republicanos, partido de Baratela, apoiará as candidaturas do PL. No entanto, Fernandes foi enfático ao afirmar que "fico muito tranquilo. O governador vai apoiar a base dele com certeza", diz.

O vice-prefeito afirmou categoricamente que não desistirá de sua candidatura e está confiante em sua vitória. "com muito respeito, Fernandes Baratela será o próximo prefeito de Tarumã. Isso não é uma possibilidade. Isso é uma certeza", cravou.

Sobre a Saúde, alvo de críticas dos opositores, Baratela disse que respeita opiniões e que a divergência faz parte do crescimento. Porém, o vice-prefeito defendeu a gestão e disse que o "complexo de saúde foi uma grande realização. Na UBS nós tínhamos o raio x e o eletro. Hoje, nós temos área de especialidades com vários exames e contratamos vários profissionais médicos. São dezoito médicos contratados para atender especialidades", explica.

Fernandes reconheceu as dificuldades enfrentadas na área da saúde devido à alta demanda e destacou que, na ortopedia, por exemplo, é necessário "dar vazão às cirurgias ortopédicas. Na ortopedia se o estado não colocar recursos o negócio não anda. A câmara técnica de Assis e o CIVAP tem feito pressão para que, principalmente, o Hospital Regional assume o papel de fazer aquilo que é dele, que é cuidar das cirurgias. Estamos vendo sinais de que está melhorando o processo", justifica.

Em seu possível governo, Baratela relata que pretende promover o trabalho na "prevenção da saúde e fazer o convencimento com o processo educacional de cuidar da saúde para que as pessoas tenham mais qualidade de vida e isso desafoga o sistema. É uma ação que é preciso investir fortemente," alega.

Ele ainda comentou sobre a juventude e o uso de drogas "isso traz uma consequência devastadora não só para a família, mas também para o Município. É preciso incluir as pessoas que mais precisam", afirma.

Em relação a emprego e renda, o vice-prefeito comenta que as empresas estão solicitando trabalhadores especializados e que "cabe ao Município fazer essa gestão e entender qual o tipo de mão-de-obra é preciso e formar", enfatiza.

Sobre os servidores públicos, Fernandes diz que esses trabalhadores são desafiados todos os dias a fazer boa prestação de serviço público.

Se eleito, Baratela pretende de imediato investir nos adolescentes com "processo de resgate, de apoio e qualificação para que esta garotada esteja apta a conseguir o primeiro emprego. É muito triste perder jovens paras as drogas", explica.

Em sua mensagem final disse que "Fernandes vai escrever sua história junto com cada um. Sozinho não vou fazer nada. Eu preciso da colaboração e da participação. Eu tenho como desafio fazer a melhor gestão da história de Tarumã", conclui.

As eleições municipais ocorrerão em todo o país em 06 outubro deste ano.

Receba nossas notícias em primeira mão!

Mais lidas
Ver todas as notícias locais