Buscar no site

Eleições 2024: Pré-candidato à reeleição, Freddie Nicolau rebate críticas e explica situação política de Pedrinhas

Entrevista foi realizada na última segunda-feira, dia 8 de julho, ao vivo

Redação AssisCity

  • 10/07/24
  • 14:00
  • Atualizado há 6 dias

O Portal AssisCity, em parceria com a Rádio Difusora, segue com a série de entrevistas com pré-candidatos a prefeito de toda a região. Nesta segunda-feira, 08 de julho, os apresentadores Elielton de Oliveira e Gerônimo Paes receberam o pré-candidato à reeleição a prefeito de Pedrinhas Paulista, Freddie Nicolau, do PSD.

Portal AssisCity - Pré-candidato à reeleição, Freddie Nicolau rebate críticas e explica situação política de Pedrinhas - FOTO: Portal AssisCity
Pré-candidato à reeleição, Freddie Nicolau rebate críticas e explica situação política de Pedrinhas - FOTO: Portal AssisCity

Trajetória política

Freddie foi eleito em 2020 em uma eleição apertada somando 1198 votos, 23 à frente do segundo colocado. A decisão de concorrer mais uma vez ao cargo de chefe do poder executivo foi tomada no primeiro ano de mandato: "naquele momento precisei abdicar da minha vida pessoal e profissional para me dedicar a proposta de administrar a cidade. Entendemos que com nosso trabalho conseguimos avançar e transformar nossa cidade. Colocamos nosso nome como pré-candidato, não apenas fazendo a nossa vontade, mas principalmente atendendo um pedido de grande parte da população", explica.

O pré-candidato possui longa trajetória política iniciada em 2008 a convite do prefeito à época: "Geraldo Gianetta foi o prefeito que me convidou. Eu fiz parte desse grupo político", explica.

Freddie exerceu funções relacionadas à contabilidade do Município de Pedrinhas, em seguida ocupou os cargos de chefe do departamento de administração, secretário de governo e planejamento e foi candidato a prefeito em 2016 ficando em segundo lugar.

Eleito em 2020 pelo PTB atual PRD, o político concorrerá pelo PSD: "o PTB veio perdendo representatividade e no ano passado recebemos um convite para irmos para o PSD. Neste ano apresentei o PSD e os motivos, por unanimidade das pessoas do antigo PTB eu fui aclamado presidente", conta.

Freddie, que trabalhou junto ao grupo político da família Gianetta, terá como adversário o presidente da Câmara Juninho Gianetta, filho de Geraldo e ngela, ambos ex-prefeitos. Sobre esse distanciamento político, ele explica que está seguindo um curso natural: "surgi dentro do PTB e dei minha contribuição como secretário nos mandatos do pai e da mãe do pré-candidato. Em 2016 fui o candidato sucessão desse grupo e partir dali eu busquei exercer minha liderança dentro do partido. Eu sempre defendi a continuidade daquilo que deu certo e defendi que eu teria minha identidade própria. Todo esse grupo me apoiou. Hoje nós estamos dando continuidade ao nosso trabalho", explica.

Relação com a família Gianetta

Sobre possíveis divergências com Juninho Gianetta que foi eleito vereador em 2020 junto à sua base, Freddie comenta que "quando ele (Juninho) foi perguntado sobre divergências não conseguiu trazer isso. Ele falou de distanciamento. Ocorreu esse distanciamento que não foi da minha parte e talvez nem deles. Foi um distanciamento natural. Ele cita o distanciamento dele e da família. Eu quero acreditar que ele se refere à mãe com quem eu trabalhei e fui apontado como candidato de sucessão dela. Eles estiveram nos apoiando como nós sempre os apoiamos nas campanhas deles. Talvez o que se criou foi uma expectativa de participação em nosso governo. Mas eu e Ana Claudia (vice-prefeita) nunca condicionamos apoio a cargos e loteamentos. Só depois de vencer as eleições é que juntos montamos nosso grupo. O fato, talvez, do nome da ex-prefeita ( ngela Gianetta) não estar dentro do perfil que buscávamos, e até se estivesse teríamos dificuldade de fazer isso por uma questão de impedimento legal ( ngela não pode exercer funções públicas), talvez se criou esse afastamento e não por uma questão administrativa ou por não concordar com a forma que estamos conduzindo a prefeitura", explica

O prefeito ainda esclarece uma reunião realizada no início deste ano com o ex-deputado Walter Hiroshi em que estiveram presentes Ana Claudia, ngela, Juninho Gianetta e Freddie: "eu conheci o Walter através do Geraldo Gianetta. O ex-deputado me ligou e disse que estava muito preocupado com os caminhos que Pedrinhas estava tendo em relação ao relacionamento com o pré-candidato e que gostaria de conversar conosco. Eu disse que da minha parte não teria nenhum problema. Ele também entrou em contato com a ex-prefeita. Hiroshi falou da necessidade da união e do histórico. Eu e Ana Claudia colocamos nosso ponto de vista que naquele momento estávamos focados em administrar a cidade e que a questão política seria depois. A ex-prefeita teve sua oportunidade de falar um pouco. Em determinado momento o ex-deputado disse ao pré-candidato (Juninho) que ele também devia se manifestar, haja vista que ele não havia falado nada. As palavras dele foram de silêncio. Me parece que esta pré-candidatura é mais fruto de uma vontade, não do pré-candidato, e sim da ex-prefeita. Posso dizer que divergências administrativas não teve. Talvez esse descontentamento pessoal, porque eu entendo que dentro do exercício do mandato o que deve prevalecer é a cidade, pode ter tido esse distanciamento.

Freddie Nicolau seguiu comentando sobre o distanciamento relatando a postura do adversário Juninho que se dispôs a ser seu vice: "ele sempre se colocou com essa possibilidade e eu sempre disse que minha vice era a Ana Claudia e que, se chegada a hora ela não confirmasse, o nome dele seria uma das possibilidades, ser um dos possíveis nomes dentro de um processo natural de tempo em que chegasse o momento em que precisasse ter um nome. Sempre defendi que a pessoa que começou comigo seja a primeira opção. Existiu sim por parte do pré-candidato uma expectativa de suceder a prefeitura como vice e eu disse que, se caso ela não fosse, o nome dele poderia ser um dos nomes.", explica.

Sobre o relacionamento com a família Gianetta que hoje é oposição, Nicolau conta: "com ngela Gianetta nós temos um afastamento e não temos nenhuma relação política. O pré-candidato (Juninho) é o presidente da Câmara e nós temos uma relação de urbanidade. Da minha parte sempre trabalhei pela estabilidade política da cidade. É uma relação institucional".

Desafios e Conquistas na Gestão

Administrativamente, Freddie afirma que todas as Secretarias se destacaram e tiveram avanços. Como maior dificuldade, o prefeito citou a Saúde e a Assistência Social: "o grande desafio foi a Saúde. Assumimos o mandato com pandemia. A Assistência Social precisou ajudar as pessoas no pós-pandemia. Mas a Educação evoluiu e todas as Secretarias avançaram bastante", explica.

Sobre a escolha do vice, Freddie afirma que espera que seja Ana Claudia e pondera que "nosso vice sai do PL. Caso a decisão dela for negativa nós temos outros nomes", conta.

Recurso do MIT e Planos para o Turismo

Freddie rebateu as críticas feitas pelo adversário sobre um possível baixo destaque regional do Município: "Pedrinhas está sim no cenário regional e sempre esteve. Não está apenas no cenário regional, mas está no estadual. Pedrinhas foi elencada dentre as cidades mais italianas do Brasil. Nos últimos tempos a cidade recebeu dois Secretários de Estado. Foi citada pelo governador Tarcísio pelas obras que está entregando. Recebemos o presidente do TSE. Essa afirmação feita pelo pré-candidato me preocupa muito porque ele mostra que não tem conhecimento da realidade de Pedrinhas Paulista e faz propaganda contra a própria cidade", argumenta.

O pré-candidato explica sobre a utilização e os planos dos recursos recebidos pelo MIT (Município de Interesse Turístico): "estão sendo investidos em infraestrutura urbana e reforma de pontos turísticos. Estamos trabalhando na estrutura urbana da cidade e esperamos no futuro utilizar o recurso em ações para preservar a nossa cultura italiana".

Defesa da Saúde e Acessibilidade

Analisando a gestão, o prefeito fez uma defesa da Saúde destacando o seguinte: "nós fomos os campeões em vacinação. Dentro as cidades do Vale do Paranapanema ficamos entre as três com menos mortalidade por Covid-19. Compramos aparelho de raio - x, gerador de energia, bomba de infusão e espaço para ampliação que é um grande sonho ter o Centro de Especialidade Médica. Compramos duas ambulâncias, uma van e quatro veículos novos. Contratamos fono, psicóloga, psiquiatra e neuropediatra. Existem muitos avanços", aponta.

Sobre a acessibilidade da prefeitura, Freddie considera que a prioridade são as pessoas e que não houve cidadãos prejudicados por isso: "antes de garantir acessibilidade na prefeitura, a gente precisa garantir acessibilidade dentro da casa delas. Foi isso que fizemos. Fomos à todas as casas de pessoas que tinham dificuldade de mobilidade e demos cadeiras de rodas e cadeiras de banho. Nenhuma pessoa deixou de ser atendida pelo prefeito porque não conseguiu subir a escada. Se chega uma pessoa que tem dificuldade de mobilidade nós descemos e a atendemos", conta.

Mensagem final

Como mensagem final aos munícipes, Freddie disse: "nossa mensagem é de gratidão, esperança e de agradecimento à nossa equipe e a toda população de Pedrinhas. As pessoas podem continuar acreditando no projeto", finaliza.

Receba nossas notícias em primeira mão!

Mais lidas
Ver todas as notícias locais