28 de Julho de 2021
20º/30º
Notícias - Região

Morre jovem de Palmital que teve parto prematuro após contrair COVID-19

Após o parto a jovem foi intubada

A Secretaria Municipal da Saúde de Palmital confirmou neste domingo, 23 de maio, mais uma morte por complicações da COVD-19. A cidade passa a somar 51 óbitos em decorrência da doença, desde o início da pandemia.

A vítima Kassandra Alves Leite, de 21 anos, estava grávida e precisou fazer um parto prematuro depois de contrair a COVID-19, e morreu na UTI do Hospital Regional de Assis, devido a complicações respiratórias na manhã deste domingo 23 de maio.

Segundo Felippe de Figueiredo Rodelingue, esposo de Kassandra ela foi internada na Santa Casa de Palmital no dia 5 de maio, testou positivo no dia 7 de maio, sendo transferida para o Hospital Regional, onde passou por avaliação médica, sendo optado pela equipe realizar o parto prematuro para salvar a criança, uma menina que estava na 36ª semana de gestação.

Após o parto a jovem precisou ser intubada e encaminhada para a UTI COVID do HRA, onde permaneceu em estado grave nas duas últimas semanas, e na manhã deste domingo, ela não resistiu.

A bebê por ser prematura, precisou de internação na UTI Neonatal, ela também testou positivo para COVID-19, se recuperou e recebeu alta hospitalar na sexta-feira, 21 de maio.

"Foi uma luta muito difícil para toda a família, estamos muito abalados com a partida de Kassandra, estamos de luto", lamenta Felippe.
Kassandra será sepultada no Cemitério de Palmital, neste domingo.

divulgação - Kasandra Alves Leite, 21 anos
Kasandra Alves Leite, 21 anos

Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM