09 de Agosto de 2022
20º/30º
Notícias - Região

Morre suspeito de furto atropelado por padre em Santa Cruz do Rio Pardo

Ângelo Marcos dos Santos Nogueira foi atropelado em maio após suposto furto contra a casa paroquial e estava internado na Santa Casa do município

Morreu na manhã desta quarta-feira (27) o suspeito de furto na casa paroquial que foi atropelado pelo padre Gustavo Trindade dos Santos, em Santa Cruz do Rio Pardo (SP), no último dia 7 de maio.

Ângelo Marcos dos Santos Nogueira estava internado na Santa Casa de Santa Cruz do Rio Pardo e apresentava sequelas como perda de massa muscular, dificuldade para comunicação, necessidade de uso de fraldas.

Ele chegou a ser hospitalizado em outras ocasiões, inclusive em Ourinhos (SP), mas teve alta médica para tratamento domiciliar. Nas últimas semanas, contudo, foi necessária uma nova internação.

No dia 17 de junho, o Ministério Público ofereceu denúncia contra o padre por tentativa de homicídio, qualificado pela "utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima".

Divulgação - Motorista que atropelou suspeito de furtar igreja em Santa Cruz do Rio Pardo (SP) foi identificado como sendo o frei Gustavo Trindade dos Santos — Foto: Reprodução
Motorista que atropelou suspeito de furtar igreja em Santa Cruz do Rio Pardo (SP) foi identificado como sendo o frei Gustavo Trindade dos Santos — Foto: Reprodução


A qualificadora se configura, segundo o promotor Reginaldo Garcia, porque a vítima foi atingida sem que "pudesse supor ou esperar semelhante atitude", ou seja, de surpresa.

Com a morte de Ângelo, segundo o delegado Valdir de Oliveira, que investigou o caso, novas perícias devem ser realizadas para esclarecer se o óbito está diretamente relacionado com o atropelamento.

Caso isso fique comprovado, o caso pode passar a ser tratado como homicídio e não tentativa de homicídio.

A Justiça já aceitou a denúncia da promotoria, o que torna o padre réu. Entretanto, até a manhã desta quarta-feira (27) não constava no processo informação sobre citação do acusado, que passou a declarar endereço em São Paulo.

Uma câmera de segurança flagrou o atropelamento na Avenida Tiradentes. Veja na matéria, clicando aqui.
Divulgação G1
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM