08 de Fevereiro de 2023
20º/30º
Notícias - Região

Torre de transmissão tem estrutura metálica vandalizada no interior de SP, diz Aneel

Segundo a empresa responsável pela manutenção das torres, o crime não provocou impacto no fornecimento local de energia. Os danos já foram reparados.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) confirmou que dez torres de transmissão foram danificadas ou sofreram tentativas de vandalismo em todo país. Em Palmital, no interior de São Paulo, uma torre sofreu danos na base da estrutura metálica.

Segundo a concessionária do serviço de transmissão de energia na área, em nota divulgada nesta segunda-feira (16), o crime não provocou impacto no fornecimento local de energia. Os danos já foram reparados.

Ainda conforme a Aneel, além de Palmital, outras nove torres sofreram atos de vandalismo, sendo três em Rondônia, quatro no Paraná e duas em São Paulo. Quatro dessas torres caíram, mas não houve interrupção no fornecimento de energia.

Todas as ocorrências foram comunicadas ao Ministério de Minas e Energia e para autoridades de segurança pública.

Divulgação - Torre de transmissão tem estrutura metálica vandalizada no interior de SP, diz Aneel - Foto: G1
Torre de transmissão tem estrutura metálica vandalizada no interior de SP, diz Aneel - Foto: G1


Investigação

Segundo o Ministério de Minas e Energia, o ministro Alexandre Silveira se reuniu nesta segunda-feira (16) com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, e com o diretor-geral da Polícia Federal, Andrei Rodrigues, para tratar do caso e discutir ações de combate aos atos de vandalismo a torres de transmissão.

"Entre as ações em análise está a participação de forma integrada de agentes de segurança estadual e federal, com o reforço do patrulhamento em áreas estratégicas e o reforço do monitoramento das linhas de transmissão, com o uso de novas tecnologias como câmeras e drones", informou a pasta em nota.

O ministério também informou que foram encaminhados ofícios para os governos de São Paulo, Rondônia e Paraná "para adoção de medidas preventivas e investigativas".
G1 Bauru
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM