04 de Dezembro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Trevão de Ourinhos terá interdições para modernização da iluminação

Alças serão fechadas provisoriamente nesta segunda-feira, 16

O dispositivo do km 382 que interliga a SP-270 – Rodovia Raposo Tavares à BR-153 – Rodovia Transbrasiliana, conhecido como trevão, terá interdições nas alças nos sentidos Leste e Oeste nesta segunda-feira, 16. Fechamentos serão alternados e terão duração, em média de uma hora e trinta minutos.

No local serão executadas obras de modernização da iluminação existente com substituição de 98 luminárias tradicionais por lâmpadas em LED nas alças do trevão (Saída 336 B), em ambos os sentidos.

Com isso, a dinâmica do tráfego no local mudará para o motorista que quiser acessar a Saída 336 B em ambos os sentidos da rodovia.

O motorista que trafegar pela SP-270 e quiser acessar a rodovia Transbrasiliana no sentido sul (Paraná) e/ou efetuar o retorno, deverá seguir até o dispositivo no km 386+500, fazer o retorno, trafegar pelo sentido leste até o Trevão e acessar a Saída 382 A em direção ao Paraná, ou permanecer na pista em direção à Bauru.

Já o motorista que trafegar pela SP-270 e quiser acessar a rodovia Transbrasiliana no sentido norte (Marília), deverá ir até o dispositivo do km 32+080 da SP-327, seguir a sinalização sentido "Marília-SP”. O condutor que quiser efetuar apenas o retorno e seguir pela SP-270, sentido Palmital, deverá completar o viário do retorno e acessar a alça para a SP-270.

Para as obras, o local estará devidamente sinalizado com placas de advertência e regulamentação, além de homens bandeira para a orientação dos condutores. A operação, alinhada com a ARTESP – Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo, tem o apoio do policiamento rodoviário.

Importante ramificação do modal rodoviário para o escoamento da produção paulista, o trevão terá a iluminação modernizada nas alças sob administração da CART. Entre as vantagens da lâmpada LED, além de ampliar a visibilidade do motorista, está a durabilidade. Sua vida útil pode chegar a 12 anos de funcionamento ininterrupto. É um tipo de produto que oferece baixo calor, é estável e que trará uma iluminação mais eficiente nas unidades operacionais. "Não emite radiação ultravioleta, o que é um ganho à saúde dos colaboradores, uma vez que a substituição também ocorreu nos ambientes administrativos e cabines de arrecadação da CART, além de oferecer uma economia importante no consumo de energia elétrica”, completa Luis Santos, gerente de Operações da CART.

divulgação

Divulgação
+ VEJA TAMBÉM