08 de Fevereiro de 2023
20º/30º
Notícias - Saúde

Câncer de Mama: médica assisense fala sobre sintomas, causas, tratamento e prevenção

Camila Andrade é médica ginecologista e atende mulheres com diagnóstico da doença

O câncer de mama ainda é o câncer com maior taxa de mortalidade entre as mulheres, no Brasil, foram estimados 66.280 casos novos de câncer de mama em 2021, com um risco estimado de 61,61 casos a cada 100 mil mulheres.

Segundo a médica ginecologista, Camila Andrade, O diagnóstico feito em idade inferior a 35 anos é pouco frequente, porém, dentro desta faixa etária as características biológicas são mais agressivas. "A taxa de recorrência pôs-cirúrgica é maior quando comparada a tumores em faixa etária mais elevadas. Sabe-se que a incidência da doença aumenta com a idade", explicou.

Além disso Camila ressaltou a importância de discutir a prevenção da doença durante todo o ano e não somente no mês de outubro.

Divulgação - Camila Cristina Andrade de Sousa - Foto: Redes Sociais
Camila Cristina Andrade de Sousa - Foto: Redes Sociais


A médica destacou que a mamografia é o melhor método que dispomos para o diagnóstico precoce de câncer de mama, mostrando redução da mortalidade em estudos de rastreamento.

"Deve ser o primeiro exame por imagem efetuado após os 40 anos, exceto em casos de maior fator de risco nos quais o rastreamento deve ser iniciado até com 20 anos de idade a depender do quadro específico", explicou.

O Câncer de Mama
Para que haja o desenvolvimento de um tumor é necessário que ocorra uma cascata de eventos iniciada por um estimulo inicial que leva a um dano no DNA e uma sequência de mutações neste.
A médica explica que tanto as mutações herdadas como as adquiridas estabelecem o processo de carcinogênese. "O fator que determina o crescimento tumoral é a divisão celular e o tempo médio de duplicação no tecido mamário é de 100-200 dias. Por isso a necessidade da realização do exame mamográfico anualmente".

O câncer de mama apresenta uma fase inicial que é totalmente assintomática e a mamografia é capaz de detectá-la. "Com o avanço do quadro, a descoberta de um nódulo mamário é o sinal mais frequentemente percebido pela paciente, seguido de emagrecimento e inapetência", ressalta Camila.

A médica explica ainda que o diagnóstico definitivo se dá através do exame patológico que deve ser obtido preferencialmente através da punção biópsia com agulha grossa (Core-Biopsy).

Tratamento
O tratamento é específico para cada caso de tumor, mas baseia-se na cirurgia (conservadora ou radical), radioterapia, quimioterapia e hormonioterapia.

Prevenção
Apesar do grande interesse em qualidade de vida saudável e dos múltiplos questionamentos sobre estilo de vida e prevenção de câncer de mama, poucos fatores interferem significativamente na incidência da doença. "A diminuição da ingestão alcoólica e o controle do peso na pós-menopausa aparentam ser as únicas medidas eficazes para reduzir o risco de câncer de mama", finaliza Camila Andrade.

Serviço
Clínica Médica Andrade e Medalha
Rua José Bolfarini, 396
WhatsApp: (18) 99609-8069
Redação Assiscity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM