13 de Abril de 2021
20º/30º
Notícias - Saúde

Infectologista alerta para perigo de nova variante em Assis

Dr. Wilson Luis emitiu nota pela Santa Casa de Assis falando sobre os riscos do contágio

A nova variante da COVID-19 está assustando toda a população brasileira e seu avanço para o interior de São Paulo está cada vez mais rápido.

Pensando em ajudar na prevenção, a Santa Casa de Assis emitiu uma nota pedindo cuidado da população nesse momento tão delicado.

O médico infectologista, Wilson Luis, explicou na nota que é necessário que a medidas de prevenção sejam reforçadas e não afrouxadas neste momento.

"Suplico, por estarmos com nova (s) variante(s) do Novo Coronavírus (SARS-CoV-2) em vários estados e municípios, e por ser provável em nossa Assis. Certo do "afrouxamento" das medidas de prevenção (abaixo) da população em geral, reforço a todo que restabeleçam e multipliquem as prevenções e precauções que são as certezas na redução da transmissibilidade evitando colapso nos sistemas de saúde", pediu o médico.

Divulgação - Médico infectologista Wilson Luis emite alerta sobre variante da COVID-19
Médico infectologista Wilson Luis emite alerta sobre variante da COVID-19


Além disso, Dr. Wilson destacou a importância dos profissionais de saúde se manterem protegidos para que possam atender e cuidar da dor de tantas famílias que precisam do atendimento médico nesse período.

Medidas de prevenção

A Santa Casa ainda destacou pontos para manter as medidas de prevenção eficaz, evitando assim a facilidade da contaminação e transmissão do vírus.
Todos a qualquer sinal ou sintoma de síndrome gripal ou resfriado devem manter o isolamento e procurar atendimento médico para orientações em tempos de pandemia COVID-19.

Obrigatoriedade

Todos devem cumprir com os deveres e obrigações como cidadão neste momento de pandemia COVID-19:

- Uso de máscara protegendo boca/nariz/queixo (não ficar manipulando e nem tocar com as mãos na frente da máscara);
- Proteger olhos
- Etiqueta respiratório
- Lavagem das mãos com água e sabão (40'' a 60'') ou solução alcoólica ou álcool em gel 70% (20'' a 30'');
- Manter o distanciamento de 1 a 2 metros (com máscara);
- Não tocar, não cumprimentar com toques;
- Evitar aglomerações;
- Evitar contato com pessoas com síndrome gripal ou suspeita ou isolamento social.

Casos confirmados

Além da cidade de Araraquara no interior de São Paulo que registrou diversos casos confirmados da nova variante, nesta quinta-feira, 4 de março, a cidade de Chavantes, que fica a 91,1 Km de Assis, confirmou seu primeiro caso da nova cepa.

Segundo a Secretaria de Saúde do município, o paciente fez a testagem para a doença e o resultado positivo teve alterações, sendo necessários novos exames para identificar a variante, que foi, posteriormente, confirmada.
Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM