03 de Fevereiro de 2023
20º/30º
Notícias - Saúde

Técnica mais avançada no mundo é aplicada em procedimento inédito na hemodinâmica da Santa Casa de Assis

Com o uso desta técnica paciente teve recuperação extraordinária e recebeu alta apenas três dias após o procedimento

A Santa Casa de Assis entra novamente para a história da saúde, desta vez com impacto nacional. Na última semana, dia 29/05, foi realizado no Hospital Central, no serviço de Hemodinâmica Assiscor, um procedimento cardiovascular inédito, com a técnica mais avançada do mundo em termos de Cardiologia Estrutural.

Segundo o médico cardiologista intervencionista, responsável pelo procedimento, Dr Freddy A. Brito Moscoso, o paciente Melchiades Rodrigues Placido, de 78 anos, sofria de uma estenose aórtica, uma doença que dificulta a passagem de sangue do coração para todo o corpo, e recebeu um implante transcateter de válvula aórtica (TAVI). No procedimento foi realizada a troca desta válvula sem a necessidade de corte no tórax, sendo realizada por meio de uma punção na região da virilha com posterior ascensão da prótese pela artéria até chegar ao coração, quando é posicionada e implantada no local desejado.

Divulgação - Dr Freddy e Dr Ricardo com o paciente - Foto: Divulgação
Dr Freddy e Dr Ricardo com o paciente - Foto: Divulgação


Com equipamentos modernos e uma equipe altamente qualificada, este procedimento significa o melhor e mais moderno que se pode fazer no serviço de Hemodinâmica, fato que consolida a qualidade e excelência do Serviço de Cardiologia Intervencionista da Santa Casa de Assis (iniciado em 2016) como um dos expoentes em todo o estado. Por meio desse serviço pacientes que antes precisavam se deslocar até grandes centros para realizar um tratamento de intervenção cardiológica, agora podem em pouco minutos ter acesso aos exames e procedimentos intervencionistas na Hemodinâmica da Santa Casa de Assis.

Divulgação - Equipe - Santa Casa de Assis - Foto: Divulgação
Equipe - Santa Casa de Assis - Foto: Divulgação


Sobre a realização deste procedimento, realizado antes apenas nas grandes cidades, Dr. Freddy A. Brito Moscoso conta que ele prolonga excepcionalmente a vida dos pacientes:
"É uma grande satisfação poder fazer este tipo de procedimento na Hemodinâmica da Santa Casa de Assis que, antes, só víamos em grandes cidades. Significa muito para nós profissionais, para os pacientes e também para toda a comunidade, pois trata-se de uma forma de implante minimamente invasiva promovendo um prolongamento e melhora da qualidade de vida dos pacientes."

Também fizeram parte da equipe médica do procedimento, o conceituado Dr. Leonardo Guimarães que é médico cardiologista intervencionista na cidade de São Paulo (SP), a Dra. Midiã Martins Costa cardiologista ecocardiografista, o médico cirurgião cardíaco Dr. Ricardo Gonzalez e o Dr. Paulo Mendonça Anestesista, ambos do corpo clínico da Santa Casa de Assis.

Divulgação - Momento da cirurgia
Momento da cirurgia


Seu Melchiades recebeu todo o suporte pós operatório dos médicos cardiologistas Dra. Nina Azevedo e Dr. Bruno Ferrari e, em razão técnica avançada utilizada no procedimento, o paciente teve uma recuperação extraordinariamente rápida e recebeu alta três dias depois (02/05).

Divulgação - Equipe - Santa Casa de Assis - Foto: Divulgação
Equipe - Santa Casa de Assis - Foto: Divulgação


A provedora da Santa Casa de Assis Profª Drª Telma Gonçalves Carneiro Spera de Andrade agradeceu a todos os envolvidos nesse procedimento histórico e manifestou que a Santa Casa de Assis tem realizado um trabalho incessante desde 2019 junto às autoridades competentes e políticos, visando o credenciamento do serviço clínico e cirúrgico na área cardiovascular para o atendimento de pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde).
Divulgação
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM