REGIÃO

10/01/2017 -- 12:25

Tupã não terá carnaval de rua neste ano

O anúncio foi feito pelo vice-prefeito Caio Aoqui na manhã desta terça (10) durante coletiva de imprensa na Prefeitura Municipal.

Facebook
Twitter
Google +
Whatsapp
Surgerir Pauta
Comunicar Erro

Devido a crítica situação econômica do município, o prefeito municipal Ricardo Raymundo e o vice-prefeito, Caio Aoqui, presidente da Comissão Organizadora do Tupã Folia 2017, anunciaram na manhã desta terça-feira (10) o cancelamento da festa em Tupã.

De acordo com Caio, foi feito um levantamento de custos e os gastos com os festejos carnavalesco ficarão muito além do que a Prefeitura planejava investir, sem contar que o atual governo herdou uma dívida de mais de R$ 9 milhões da gestão Manoel Gaspar.

"Com base no levantamento de custo, levantamento das prioridades e necessidades que nós temos em nosso município, é com muita tristeza que anunciamos o cancelamento do carnaval 2017", anunciou o vice-prefeito Caio Aoqui.

Ainda conforme informou o presidente da Comissão do Tupã Folia, que havia sido formada no início deste mês para organizar a festa na cidade, a ideia era gastar cerca de R$ 150 mil, no entanto, os custos vão muito além desse montante.

"Pra se ter uma noção só de segurança, são 120 seguranças em todo o circuito do carnaval, é uma média de R$ 80 mil; hora extra com funcionários, nós fizemos umas contas por cima, R$ 30 mil, sem considerar o adicionar noturno; nós temos também o ECAD, que é uma verba de cerca de R$ 15 mil a R$ 30 mil, que são os direitos autorais. São vários detalhes que fazem os custos aumentar muito", lembrou o vice-prefeito.

O prefeito Ricardo Raymundo também lembrou que com a atual situação econômica do município é preciso estabelecer prioridades e atender as principais necessidades da cidade.

"Nós tínhamos uma noção do déficit no máximo de R$ 3 milhões a R$ 4 milhões, mas, surpresa pra nós, passa de R$ 9 milhões, isso dívida com fornecedores e a folha de pagamento de dezembro e isso nos assustou um pouco", comentou o prefeito.

De acordo com Ricardo, segundo levantamento apresentado pela comissão, para se realizar um carnaval simples, o custo giraria em torno de R$ 300 mil a R$ 400 mil.

"Nós temos prioridades com obras, precisamos melhorar as condições da nossa cidade (...) Pra colocar a cidade para funcionar são R$ 19 milhões de reais para acabar essas obras. E eu tenho uma meta que é sanar as dívidas com os nossos fornecedores, até peço aqui aos nossos fornecedores, que tenham paciência", conclui o prefeito.


Vice-prefeito Caio Aoqui apresentou levantamento de custos com carnaval.


Imprensa e secretários municipais participaram do anúncio do cancelamento da festa.


Redação TupaCity.com
Leia também!
MOTOCROSS
Cruzália realiza Campeonato de Motocroos em julho
A entrada é gratuita
RESERVA
Fazendeiro é autuado em R$ 10 mil por descumprir embargo no Município de Echaporã
Foi plantada cana-de-açúcar em área de reserva legal averbada
ROUBO
Em menos de três meses, praça de pedágio é assaltada novamente25
Os assaltantes levaram R$913,90
INUSITADO
Jovens roubam catuaba em supermercado e PM usa helicóptero para capturá-los
Infratores foram encontrados dentro de vala
AMBIENTAL
13 quilos de pescado e 570 metros de redes são apreendidos em Cruzália7
Infratores responderão por crime ambiental
BALANÇO
CART encerra Operação Corpus Christi com 925 serviços prestados aos usuários
Concessionária removeu 142 veículos com guinchos leves e pesados e realizou 112 reparos nas rodovias administradas
Acesse a versão clássica
Redecity. © 2017
Google Twitter Whatsapp Facebook