Buscar no site

Menopausa e depressão: Ginecologista de Assis fala sobre problema que atinge as mulheres

É preciso identificar sinais e sintomas relacionados e buscar acompanhamento médico

Assessoria de Comunicação

  • 06/11/23
  • 12:00
  • Atualizado há 32 semanas

A menopausa é um período de muitas transformações no organismo feminino. É nele que a menstruação é interrompida, e com isso, ocorre a diminuição na produção dos hormônios nos ovários, fenômeno que recebe o nome de falência ovariana. Essa falência pode ocasionar danos à saúde das mulheres, desencadeando problemas sérios como a depressão.

O Portal AssisCity conversou com a Dra. Camila Andrade, ginecologista de Assis, para entender mais sobre como esse problema atinge tantas mulheres. Camila começa explicando sobre a importância dos hormônios no organismo feminino. "Os hormônios possuem funções específicas e são fundamentais para garantir a dinâmica das atividades biológicas do corpo, pois regulam o crescimento, influenciam a vida sexual e promovem o equilíbrio interno, além de outros benefícios", explica.

Reprodução/Redes Sociais - Dra. Camila Cristina Andrade de Sousa, ginecologista - Foto Reprodução/Redes Sociais
Dra. Camila Cristina Andrade de Sousa, ginecologista - Foto Reprodução/Redes Sociais

A queda na produção dos hormônios após a última menstruação colabora para o aparecimento de sintomas como irritabilidade, falta de sono, instabilidade de humor, piora da memória e até casos mais graves, como quadros depressivos. Para a médica, a melhor maneira de evitar esses problemas, é se manter atenta aos sinais e buscar acompanhamento médico. "Algumas mulheres reagem aos sintomas da menopausa buscando tratamentos alternativos, como por exemplo com o uso de remédios antidepressivos e ansiolíticos. O correto, porém, é fazer um diagnóstico com o seu médico, para que ela entenda primeiro se o seu caso ocorre pela falta de hormônios ou por questões psicológicas", disse.

A ginecologista afirma que um estilo de vida saudável também pode minimizar os sintomas da menopausa e recomenda a prática de exercícios e uma alimentação adequada. "É importante que as mulheres estejam sempre atentas aos sinais que o corpo dá, para que os tratamentos possam ser feitos de maneira rápida e segura. Além disso, cuidar da saúde física e mental através da prática de exercícios, boa alimentação e bons relacionamentos na vida pessoal colaboram muito para que os sintomas da menopausa sejam minimizados", conclui.

Receba nossas notícias em primeira mão!