Buscar no site

Líderes da Frente Nacional de Luta Campo e Cidade são presos no Pontal do Paranapanema

  • 05/03/23
  • 10:00
  • Atualizado há 71 semanas

Os líderes da Frente Nacional de Luta Campo e Cidade (FNL) José Rainha Júnior e Luciano de Lima foram presos neste sábado (4) na região do Pontal do Paranapanema, no extremo oeste do Estado de São Paulo.

Ambos foram encaminhados para a Cadeia de Presidente Venceslau (SP), onde ficarão detidos até a realização da audiência de custódia na Justiça.

De acordo com as informações repassadas pela Polícia Civil ao g1, José Rainha Júnior foi detido em um lote onde reside, no Assentamento Che Guevara, em Mirante do Paranapanema (SP), enquanto a prisão de Luciano de Lima ocorreu na Rodovia José Corrêa de Araújo, na divisa entre os estados de São Paulo e do Paraná, entre os municípios de Sandovalina (SP) e Jardim Olinda (PR).

Nos dois casos, a Polícia Civil deu cumprimento a prisões preventivas determinadas pela Justiça.

Segundo a Polícia Civil, os dois líderes do movimento social são suspeitos de extorquir donos de propriedades rurais.

Ainda de acordo com a polícia, as investigações apontaram que José Rainha Júnior e Luciano de Lima exigiam vantagens financeiras de pelo menos seis vítimas.

Já em outro inquérito policial foram realizadas na sexta-feira (3) buscas domiciliares que resultaram nas apreensões de dois fuzis de calibre 556, duas espingardas de calibre 12 e uma de calibre 357 que estavam em posse legalizada de um fazendeiro que é alvo de investigações sobre disparos contra sem-terra durante uma ocupação de propriedade rural no mês passado.

"As prisões preventivas têm como objetivo a interrupção do ciclo delitivo e promoção de prevenção geral e paz no campo. É importante ressaltar que em nada se confundem com os atos decorrentes do Carnaval de 2023, quando um grupo invadiu nove propriedades rurais. As operações visam a apuração do ciclo de violência decorrentes de extorsões e dos disparos de arma de fogo, incluindo fuzil, o que colocou em risco número indeterminado de pessoas", informou a Polícia Civil em nota oficial na noite deste sábado (4).

"José Rainha Júnior e Luciano de Lima, líderes da FNL, foram presos pela nossa Polícia Civil. Parabenizo os policiais envolvidos nessa missão, que contam também com o apoio da Polícia Militar para garantir a segurança em nosso Estado", postou em uma rede social o secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo, Guilherme Derrite.

Receba nossas notícias em primeira mão!

Mais lidas
Ver todas as notícias locais