Buscar no site

São Paulo abre concurso de remoção para professores da rede estadual

Último processo foi realizado em 2020; mais de 85 mil docentes efetivos estão aptos a pedir mudança de endereço de atuação

Agência SP

  • 23/04/24
  • 16:00
  • Atualizado há 12 semanas

Os professores da rede estadual de ensino que queiram mudar de endereço de atuação podem participar do concurso de remoção que ocorrerá em maio. O processo será aberto aos docentes das 91 diretorias regionais de ensino da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP).

Podem participar os titulares de cargo contratados por meio de concurso público. Atualmente, mais de 85 mil professores estão aptos ao pedido de mudança. Os interessados deverão se inscrever de forma on-line e o cronograma está previsto para o período de 15 a 24 de maio.

A expectativa é que os docentes removidos participem da atribuição de classes e aulas válidas para o ano letivo de 2025 já nos novos endereços. O secretário da Educação, Renato Feder, destaca que o concurso de remoção é uma resposta ao pedido da rede. "Ano passado, eu conversei muito com as professoras e os professores e a gente não tem remoção há bastante tempo, desde 2020. A gente quer que ela ocorra até com mais frequência", adianta o secretário da educação, Renato Feder.

Serão aceitas solicitações de professores que se mudaram de município por união estável ou civil ou que estejam enquadrados na conquista de títulos, como aperfeiçoamento, especialização, mestrado ou doutorado. As regras devem ser descritas no edital com publicação prevista para o dia 14 de maio e os resultados serão divulgados até 30 de julho.

O passo a passo para a inscrição estará disponível no portal da Seduc-SP em www.educacao.sp.gov.br.

Receba nossas notícias em primeira mão!

Mais lidas
Ver todas as notícias locais