Buscar no site

Energisa investe R$ 1,2 milhão em obras no sistema elétrico que atende os moradores de Quatá

Com troca de equipamentos, extensão de redes e melhorias na subestação, cronograma deve ser concluído neste mês

Assessoria de Comunicação

  • 08/06/24
  • 08:00
  • Atualizado há 5 semanas

A Energisa Sul-Sudeste deve concluir, ainda neste mês, um importante cronograma de melhorias e modernização no sistema elétrico que beneficiará diretamente os moradores de Quatá. Com investimentos que ultrapassam R$ 1,2 milhão, a distribuidora executou melhorias na subestação de Santa Lina, construiu 6,5 km de rede de média tensão, além da troca der equipamentos e outros trabalhos que visam dar maior robustez e confiabilidade no sistema elétrico que atende o município.

De acordo com o gerente do Departamento de Projetos, Construção e Manutenção da Energisa Sul-Sudeste, Alessandro Gomes Martins, tais investimentos são resultantes dos estudos técnicos realizados pela companhia, direcionando os projetos de expansão, modernização e melhorias em toda a área da concessão.

Alessandro afirma que os moradores de Quatá já devem sentir as melhorias antes mesmo do final do cronograma dos serviços da companhia, uma vez que as obras ampliarão a disponibilidade energética da região, saltando de 9 MW (megawatt) para 15 MW, ou seja, aumento de 67%.

"Nosso compromisso é oferecer energia com qualidade e segurança. Por isso estamos empenhados nesses últimos meses, a fim de garantir todo o conforto que a eletricidade traz para os nossos clientes residenciais, comerciais, industriais e poder público, acompanhando o desenvolvimento de Quatá e região", expõe.

Em execução

Ao longo das últimas semanas, as equipes da Energisa estão trabalhando nas melhorias da subestação de Santa Lina, com o intuito de possibilitar a interligação entre os alimentadores, garantindo uma segunda fonte de alimentação para situações emergenciais, o que beneficia diretamente 8,6 mil clientes.

Além disso, os trabalhos contemplam a extensão das redes de média tensão e primária trifásica no município, além da instalação de poste e realocação de equipamento de alta tensão.

Com o suporte da tecnologia, boa parte desses serviços tem sido feita com a rede ligada, ou seja, por meio do trabalho em "Linha Viva", justamente para que o cliente não seja afetado com a interrupção no fornecimento de energia durante os serviços de manutenção.

No entanto, por questões técnicas e de segurança, há situações em que são necessários desligamentos programados para que sejam realizadas as transferências de cargas e execuções dos serviços sem riscos à segurança dos trabalhadores que acessam a rede, da comunidade e do sistema elétrico.

"Nesses casos de desligamentos programados, a Energisa tem o compromisso de informar os clientes com antecedência. Para tanto, é necessário que o titular da unidade consumidora esteja com todos os dados cadastrais atualizados em nosso sistema, inclusive com o número de celular", finaliza Alessandro.

Para atualizar o seu cadastro na Energisa, gratuitamente e sem sair de casa, basta acessar um dos canais digitais de atendimento:

• Aplicativo Energisa On

• Chatbot da Gisa: gisa.energisa.com.br

• Site energisa.com.br

• Call Center 0800 70 10 326

Receba nossas notícias em primeira mão!

Mais lidas
Ver todas as notícias locais