REGIÃO

09/01/2017 -- 09:29

Carros batem de frente em rodovia de Tupã e três ficam feridos

Motorista atingiu canaleta de rodovia e depois bateu no outro veículo. Vítimas foram socorridas para hospitais da cidade.

Facebook
Twitter
Google +
Whatsapp
Surgerir Pauta
Comunicar Erro

Dois carros bateram de frente na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros em Tupã, na noite de sábado (7), por volta das 18h30, e três pessoas ficaram feridas.

Segundo a Polícia Rodoviária de Tupã, um motorista de 27 anos perdeu o controle da direção de um veículo VW Voyage, placas de Tupã, atingiu a canaleta de escoamento de água no acostamento da estrada e, em seguida, bateu de frente com outro veículo, GM Celta, que seguia no sentido oposto.

O motorista do Voyage e as duas pessoas, de 48 e 51 anos, que estavam no veículo atingido, foram socorridos pelos bombeiros com ferimentos leves e levados ao hospital São Francisco e Santa Casa de Tupã.

As causas do acidente serão apuradas. Ainda segundo a polícia rodoviária, o condutor de 27 anos se recusou a realizar o teste do bafômetro, sendo tomadas as medidas administrativas. Os dois carros tiveram danos de grande monta.







Redação TupaCity.com
Leia também!
BOM GRADO
Agricultura regional tem sido beneficiada com chuvas de janeiro
285 mm é a quantidade de chuva registrada nos primeiros dias de 2017
CARREGAMENTO
Polícia Ambiental constata madeira nativa irregular em Paraguaçu
Infrator será multado e responderá pelo crime ambiental previsto no artigo 46 da Lei Federal 9605/95, cuja penalidade de detenção é de seis meses a um ano
SUSTO
Mulher leva golpes de facão em ponto de ônibus de Cruzália5
O agressor foi detido, depois foi liberado por apresentar distúrbios mentais
CARNAVAL
MC Guimê é uma das atrações do Carnaval de Palmital25
O cantor se apresentará no dia 26 de fevereiro
FIM DAS BUSCAS
Corpo de Policial Militar é encontrado na manhã deste sábado
PM foi o último a ser encontrado. Ele e o tio sumiram nas águas do Rio do Peixe na última terça (17).
RESGATE
Polícia Ambiental resgata pássaros mantidos ilegalmente em cativeiro em Cândido Mota
O infrator responderá pelo crime ambiental de ter pássaro silvestre em cativeiro, cuja pena é de detenção de seis meses a um ano e multa
Acesse a versão clássica
Redecity. © 2017
Google Twitter Whatsapp Facebook