Buscar no site

A armadilha do acúmulo: deixar itens sem uso guardados pode impedir a prosperidade

De acordo com William Sanches, especialista em comportamento humano, desapegar de roupas e casacos durante o inverno é um ato de amor e que atrai a abundância

Assessoria de Comunicação

  • 16/06/23
  • 09:00
  • Atualizado há 49 semanas

Em uma sociedade extremamente consumista, é fácil cair na armadilha de adquirir uma quantidade cada vez maior de objetos. À medida que o tempo passa, esses itens se acumulam em gavetas, maleiros e armários, ocupando espaço. Por isso, nada melhor do que aproveitar o inverno para separar roupas e casacos sem uso. Além de ajudar quem necessita de acolhimento, é uma forma de atrair a prosperidade.

No entanto, o que pode parecer uma simples questão de desorganização e bagunça, vai além disso. De acordo com William Sanches, terapeuta, escritor, especialista em comportamento humano e programação neurolinguística, a presença de uma quantidade enorme de itens parados em casa pode, de fato, atrapalhar a prosperidade de uma pessoa ou família. "Muitos lares ficam bloqueados por conta dessa energia parada, e todo esse espaço bagunçado e repleto de coisas sem uso atrasam a possibilidade de crescimento de cada um de nós", relata.

Em pleno mês de junho, época em que se aproxima o inverno, William reforça sobre a importância de doar blusas e roupas. "Muitas vezes temos dezenas de peças que não usamos mais. E limpar e criar um espaço para o novo é muito importante para prosperidade", aconselha.

Sanches acredita que limpar esses espaços repletos de itens inutilizados faz com que a energia do ambiente circule e se renove. "Quando temos uma caixa cheia de coisas que não usamos em nossa casa, por exemplo, o universo se recusa a nos mandar novos bens ou até mesmo novas vibrações. Isso porque a energia desse imóvel está parada em relação a prosperidade", pontua.

Imagem de Freepik

Usando situações mais emocionais como exemplo, o terapeuta mostra como isso pode se conectar a um relacionamento que chegou ao fim. "Quando terminamos um namoro e, mesmo assim, seguimos pensando e falando dessa pessoa, significa que ainda existe mágoa ou algum assunto que não foi superado. Ao ter esse sentimento, não permitimos que outra pessoa chegue para ocupar esse espaço no nosso coração. Para que alguém novo entre na nossa vida, é preciso limpar velhos sentimentos", declara.

Para o especialista em comportamento humano, basear-se na lei da atração é fundamental para atrair coisas novas e mais gratificantes "No entanto, eventualmente, precisamos nos organizar e entender o que não iremos mais usar. Separe todos os itens que não são utilizados a mais de um ano, colocando-os em uma caixa para doar para algum conhecido ou uma instituição que poderá oferecer um uso mais apropriado para essas coisas. Outras pessoas irão se beneficiar daquilo que não usamos e isso irá perpetuar o ciclo de vida daquele bem", revela.

William aponta, ainda, a necessidade de nos desapegarmos daquilo que temos para buscarmos coisas ainda maiores. "Para enriquecer, prosperar e, efetivamente, ir para frente, é preciso se desprender do que temos atualmente. Muitos se recusam a saírem de suas casas ou trocarem seus carros por existir uma comodidade. No entanto, para alçar voos mais altos, é preciso que exista um desapego desses bens que nos prendem a anos devido ao sentimento de conforto que oferecem. Isso deve ser feito, também, no quesito emocional, removendo mágoas e ressentimentos do passado para permitir o desenvolvimento de novas conexões", finaliza.

*William Sanches é Terapeuta Transpessoal é Pós-graduado em Neurociências e Comportamento pela PUC-RS. Também cursou Letras, Pedagogia e é pós-graduado em Literaturas, Educação, Psicologia Positiva, Hipnose Clínica e Programação Neurolinguística. Estudou as Questões Sociais do Novo Milênio na Universidade de Coimbra, em Portugal. Apaixonado pelos temas que envolvem a alma, aprofundou-se nos estudos sobre espiritualidade independente e participou de Retiros pelo Brasil, Índia e Israel. Com uma linguagem dinâmica e atual, consegue permitir uma reflexão capaz de construir novos caminhos. Educador por excelência, dedica-se às palestras, cursos e workshops que profere em todo o mundo, atingindo um público estimado em dois milhões de pessoas. Possui mais de 25 livros publicados no Brasil, Europa e em toda América Latina. Atualmente é uma das maiores referências sobre o tema Lei da Atração. Seu canal no YouTube https://www.youtube.com/@williamsanchesoficial ultrapassa 1 milhão de inscritos e mais de 40 milhões de visualizações. Para mais informações, acesse: www.williamsanches.com ou pelas redes sociais @williamsanchesoficial.

Receba nossas notícias em primeira mão!

Colunistas Blog Podcast
Ver todos os artigos