Buscar no site

Contra Sérvia, Brasil inicia jornada pelo hexa na Copa do Catar

Seleção brasileira almeja uma vitória contra os sérvios para não ter sua classificação às oitavas de final dificultada

Jovem Pan

  • 24/11/22
  • 09:00
  • Atualizado há 72 semanas

Neymar e Vinicius Júnior devem começar a partida diante da Sérvia
Neymar e Vinicius Júnior devem começar a partida diante da Sérvia

A seleção brasileira começa sua caminhada em busca do hexacampeonato nesta quinta-feira, 24, diante da Sérvia, no Lusail Stadium - a bola rola a partir das 16 horas (de Brasília).

Considerado favorito a ganhar o título na Copa do Catar, o Brasil almeja uma vitória contra os sérvios para não ter sua classificação dificultada e também defende uma marca histórica.

Presente em todas edições do campeonato da Fifa, a Amarelinha não perde em uma estreia de Mundial há 88 anos. A última vez que a Canarinho iniciou com o gosto amargo de uma derrota foi em 1934, com o revés para a Espanha por 3 a 1. Depois disso, a equipe nacional colecionou 15 vitórias e 4 empates. Veja o retrospecto ao final da matéria.

Para a esteia no Catar, a seleção brasileira chega com muita moral. Ao desembarcar no país do Oriente Médico, no último sábado, o grupo treinado por Tite já era apontado como um dos principais candidatos ao troféu, seja pelo bom desempenho coletivo ou pelos destaques individuais.

Ao longo desta semana, o favoritismo aumentou. Isto porque a França, atual campeã mundial, viu o atacante Karim Benzema, vencedor da Bola de Ouro 2022, sofrer uma lesão séria. Cortado da lista francesa, o centroavante não terá condições de disputar o Mundial e se une a uma longa lista de desfalques.

Além disso, o Brasil assistiu sua principal rival, a Argentina, protagonizar um vexame na primeira rodada da fase de grupos. Sem fazer uma grande apresentação, a equipe de Lionel Messi, Di María e companhia sofreu uma virada da Arábia Saudita e perdeu uma invencibilidade de 36 jogos.

Assim, a pentacampeã mundial espera cumprir a expectativa diante da Sérvia e espantar uma nova zebra. Para a estreia, Tite deve utilizar uma formação ofensiva. A provável escalação tem quatro atacantes (Neymar, Vinicius Júnior, Raphinha e Richarlison), com Lucas Paquetá sendo recuado para fazer o papel de volante.

Assim, o Brasil deve entrar em campo com: Alisson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Lucas Paquetá e Neymar; Vinicius Júnior, Raphinha e Richarlison. A partida será apitada por Alireza Faghani, do Irã. Ele será auxiliado pelos compatriotas Mohammadreza Mansouri e Mohammadreza Abolfazli. O senegalês Maguette Ndiaye foi designado para ser o quarto árbitro.

Todas as estreias do Brasil em Copas do Mundo

1930 - Brasil 1 x 2 Iugoslávia

1934 - Brasil 1 x 3 Espanha

1938 - Brasil 4 x 4 Polônia (Brasil venceu por 6 a 5 na prorrogação)

1950 - Brasil 4 x 0 México

1954 - Brasil 5 x 0 México

1958 - Brasil 3 x 0 Áustria

1962 - Brasil 2 x 0 México

1966 - Brasil 2 x 0 Bulgária

1970 - Brasil 4 x 1 Tchecoslováquia

1974 - Brasil 0 x 0 Iugoslávia

1978 - Brasil 1 x 1 Suécia

1982 - Brasil 2 x 1 União Soviética

1986 - Brasil 1 x 0 Espanha

1990 - Brasil 2 x 1 Suécia

1994 - Brasil 2 x 0 Rússia

1998 - Brasil 2 x 1 Escócia

2002 - Brasil 2 x 1 Turquia

2006 - Brasil 1 x 0 Croácia

2010 - Brasil 2 x 1 Coréia do Norte

2014 - Brasil 3 x 1 Croácia

2018 - Brasil 1 x 1 Suíça

Receba nossas notícias em primeira mão!

Veja também
Ver todas as notícias