Buscar no site

Clínica Dr. Cimó: Dentista fala sobre mitos e verdades sobre o dente do siso

Dr. Joao Henrique Torrecilha Izidoro explica as principais dúvidas quando o assunto é o terceiro molar

Redação AssisCity/Assessoria de Comunicação

  • 15/02/24
  • 08:00
  • Atualizado há 8 semanas

O terceiro molar, também conhecido como dente do siso (Figura 1), é o último dente da arcada dentária. Sua formação inicia entre os 7 e 14 anos de idade, podendo ser visualizado apenas por radiografias panorâmicas. A época de erupção varia de 18 a 23 anos, sendo essa faixa etária variável de pessoa para pessoa, podendo se estender mais ou ocorrer antes. No entanto, alguns artigos já demonstraram que 20% da população não possui esse dente.

Divulgação/Arquivo Pessoal - Remoção do dente do siso - Foto: Arquivo Pessoal
Remoção do dente do siso - Foto: Arquivo Pessoal

Por que é necessário remover o siso?

O dente do siso tem uma alta taxa de incidência de cáries devido à sua localização, uma vez que é o último dente da arcada dentária, o que dificulta sua higienização. Além disso, sua posição pode desencadear o surgimento de infecções, podendo ser necessário tratamento intrahospitalar, em alguns casos, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Outras alterações relacionadas à posição do dente incluem a presença de cistos ou tumores, que podem ser doenças silenciosas, atrasando o aparecimento do dente e não apresentando dor ou qualquer outro sinal que o paciente possa suspeitar. É importante sempre passar por uma consulta com o cirurgião-dentista para avaliação.

Divulgação/Arquivo Pessoal - Clínica Dr. Cimó: Dentista fala sobre mitos e verdades sobre o dente do siso - Foto: Arquivo Pessoal
Clínica Dr. Cimó: Dentista fala sobre mitos e verdades sobre o dente do siso - Foto: Arquivo Pessoal

Dói remover o dente do siso?

A cirurgia de remoção do dente do siso é um procedimento que não causa grande dor, desde que a pessoa siga as orientações do cirurgião. Durante o procedimento, é utilizada anestesia local, o que proporciona conforto ao paciente.

É necessário realizar algum exame adicional para a remoção do dente?

Sim, pode ser necessário realizar alguns exames, como radiografias panorâmicas, tomografias, eletrocardiograma, exames laboratoriais (exames de sangue), entre outros. Esses exames auxiliam o cirurgião durante a cirurgia, permitindo verificar se há alguma alteração no sangue e avaliar a posição do dente, facilitando o procedimento.

Divulgação/Arquivo Pessoal - Clínica Dr. Cimó: Dentista fala sobre mitos e verdades sobre o dente do siso - Foto: Arquivo Pessoal
Clínica Dr. Cimó: Dentista fala sobre mitos e verdades sobre o dente do siso - Foto: Arquivo Pessoal

Estou com muito medo de remover meu dente do siso, o que posso fazer?

Essa é uma pergunta comum no consultório. Primeiramente, é importante ir ao cirurgião-dentista e conversar sobre o procedimento, o que ajuda a estabelecer confiança entre o profissional e o paciente, reduzindo a ansiedade e o medo do procedimento. Além disso, na clínica Cimo, utilizamos um método de controle da ansiedade chamado sedação consciente, que mantém o paciente calmo durante todo o procedimento, podendo resultar até em amnésia pós-cirúrgica. Outra opção é realizar a cirurgia em um hospital, sob anestesia geral, o que proporciona maior conforto e tranquilidade ao paciente.

Divulgação/Arquivo Pessoal - Dr. Joao Henrique Torrecilha Izidoro - Foto: Arquivo Pessoal
Dr. Joao Henrique Torrecilha Izidoro - Foto: Arquivo Pessoal

Serviço

Endereço: R. Joaquim Galvão de França, 141 - Centro, Assis.

Telefone: (18) 9966-90621

Instagram: @clinicadrcimo

Facebook: Clínica Dr. Cimó

Site: www.drcimo.com.br

AssisCity - Clínica fica localizada na Rua Joaquim Galvão de França, 141 - Foto: AssisCity
Clínica fica localizada na Rua Joaquim Galvão de França, 141 - Foto: AssisCity

Receba nossas notícias em primeira mão!