Buscar no site

Dia Mundial do Rádio: conheça a jornada de inovação e migração para o FM da Rádio Difusora de Assis

Entrevista com o jornalista Gerônimo Paes traz os detalhes da história da Rádio em Assis

Redação AssisCity

  • 14/02/24
  • 11:00
  • Atualizado há 8 semanas

O Portal AssisCity traz uma conversa com Gerônimo Paes, jornalista e gestor da Rádio Difusora de Assis, sobre a trajetória da emissora e sua migração do AM para o FM, em homenagem ao Dia Mundial do Rádio, que foi celebrado nesta terça-feira, 13 de fevereiro.

Inauguração e consolidação no rádio assisense

Desde os primórdios da década de 1940, a cidade de Assis vivenciou um momento de euforia e avanço na comunicação local com a inauguração da Rádio Difusora. Gerônimo Paes nos lembra desse marco: "A época foi marcada por um grande avanço na comunicação assisense. A Rádio Difusora, uma das mais antigas do interior de São Paulo, entrou no ar em 1941, reunindo profissionais de alto nível técnico e vencendo as dificuldades iniciais".

Divulgação/Arquivo Pessoal - Antigo estúdio da Difusora - Foto: Arquivo Pessoal
Antigo estúdio da Difusora - Foto: Arquivo Pessoal

Destaques e memórias da programação

Durante os anos 40, a Rádio Difusora marcou presença na vida dos assisenses com transmissões esportivas e programas de auditório. Gerônimo relembra: "A cidade ouvia os jogos do time da Ferroviária e programas destacando artistas como Sulino e Marrueiro, Silvio Caldas, Caçula e Marinheiro, entre outros".

Dali surgiam os anos de ouro da Rádio, em todo o país, com grandes nomes da música, do teatro e da literatura brasileira ganhando destaque no rádio, como Carmen Miranda, Ary Barroso, Grande Otelo, entre outros.

Além disso, o rádio foi um importante veículo de informação e mobilização política, especialmente durante o Estado Novo (1937-1945) e a campanha pela redemocratização do país nos anos seguintes.

Divulgação/Arquivo Pessoal - Mesa de som da Difusora nos anos 60 - Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal
Mesa de som da Difusora nos anos 60 - Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

O salto tecnológico: migração para o FM

Em 2 de novembro de 2023, a Rádio Difusora de Assis efetivou sua migração do AM para o FM, marcando um novo capítulo em sua história. Gerônimo destaca: "Com a evolução tecnológica, a migração para o FM proporciona maior integração em plataformas digitais, como celulares e tablets, algo que não era possível no AM".

A Rádio Difusora conta com um estúdio altamente tecnológico, transmitindo seus principais jornais e programas ao vivo pelo Youtube e Facebook, além de postagens diárias no Instagram. A evolução da Difusora foi notável, principalmente ao evoluir com a tecnologia, tornando a emissora produtora de conteúdos audiovisuais.

Divulgação/Arquivo Pessoal - Atual estúdio da Rádio Difusora de Assis - Foto: Arquivo
Atual estúdio da Rádio Difusora de Assis - Foto: Arquivo

Desafios e estratégias na migração

O processo de migração não foi isento de desafios, como questões burocráticas e decisões estratégicas sobre a programação. Gerônimo explica: "Havia desafios burocráticos e de programação. Optamos por manter a mesma programação do AM no FM para preservar nossa audiência, investindo também em multiplataformas sem perder o DNA de rádio".

Perspectivas futuras e convite aos ouvintes

Com a migração para o FM e investimentos em multiplataformas, a Rádio Difusora de Assis busca fortalecer sua marca e expandir sua audiência. Gerônimo conclui: "Percebemos um crescimento gradativo da audiência e convidamos todos a acompanhar a Difusora FM em 102,7 e em nossas plataformas digitais para desfrutar da nossa programação jornalística em vídeo".

Assim, a Rádio Difusora de Assis continua sua jornada, adaptando-se às demandas tecnológicas sem perder sua essência e compromisso com a comunidade assisense.

Receba nossas notícias em primeira mão!