Buscar no site

Curso de Química Industrial da FEMA obtém prazo máximo de reconhecimento do CEE

Processo de Renovação do Reconhecimento homologado pelo Conselho Estadual de Educação é um atestado da qualidade e excelência do curso oferecido pela FEMA

Divulgação

  • 04/03/23
  • 09:00
  • Atualizado há 51 semanas

O Diário Oficial do Estado de São Paulo publicou, na edição do dia 16 de fevereiro de 2023, o parecer favorável do Conselho Estadual de Educação (CEE), que aprovou o pedido de Renovação do Reconhecimento do curso de graduação em Química Industrial da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA). A homologação feita pela Secretaria Estadual de Educação renovou o reconhecimento do curso por mais 5 anos, prazo máximo concedido às Instituições de Ensino Superior (IES).

Para a coordenadora do curso de Química Industrial da FEMA, Dra. Mary Leiva de Faria, este reconhecimento do CEE é o aval do Conselho de que a educação e o ensino administrado pela FEMA na área de Química Industrial, tanto na grade curricular quanto na metodologia adotada, estão no caminho certo. "A coordenação e o corpo docente estão muito felizes com a renovação do reconhecimento. Sendo esta aprovação pelo prazo máximo, um reflexo da qualidade do curso e do comprometimento de todo o corpo docente, bem como de todos os nossos estudantes", comentou.

Para ter a aprovação do CEE no processo de Renovação de Reconhecimento de um curso de graduação, é necessário que a faculdade apresente ao conselho todo o Projeto Pedagógico do Curso (PPC), bem como também um relatório de todas as atividades desempenhadas nos anos anteriores. A partir disso, é feita uma visita à instituição para que tudo seja analisado, desde a estrutura do curso, corpo docente, atividades práticas até a qualidade dos profissionais formados pela instituição.

Sendo assim, aprovação é um atestado da qualidade da graduação oferecida e, quanto melhor o nível, mais longo é o período de reconhecimento, podendo ser de dois a cinco anos. Nessa escala de dois a cinco, o curso de Química Industrial recebeu o prazo máximo de cinco anos, referendando a excelência da FEMA frente às demais IES.

Receba nossas notícias em primeira mão!

Colunistas Blog Podcast
Ver todos os artigos