Buscar no site

Caminhoneiro é preso em Assis após tentativa de homicídio em Andirá

Polícia Militar prendeu o homem que estava fugindo com um caminhão

Redação AssisCity

  • 14/12/23
  • 09:00
  • Atualizado há 22 semanas

Uma ação policial resultou na prisão de um indivíduo acusado de tentativa de homicídio, após uma perseguição que teve seu desfecho em Assis, na tarde desta quarta-feira, 13 de dezembro. O suspeito envolveu-se em um episódio violento em Andirá, no Paraná, resultando em sua apreensão nas proximidades do Bairro do Cervinho, no KM 374.

Segundo a Polícia Militar, as autoridades receberam informações de que o indivíduo, após a tentativa de homicídio, estaria fugindo em um caminhão pela Avenida do Níquel, no Distrito Industrial de Assis. Rapidamente, as autoridades se mobilizaram e localizaram o veículo fechado, sem ninguém na cabina.

Logo em seguida um veículo VW/Gol parou atrás do caminhão e ao abordar os ocupantes, a polícia questionou sobre a relação deles com o suspeito. As respostas indicaram que estavam a acompanhá-lo, sendo um chamado para ser ajudante no caminhão e o outro, vizinho, fazendo um favor ao primeiro.

Divulgação/Policia Militar - Homem pilotava caminhão quando foi abordado pela PM -  Foto: Divulgação/Policia Militar
Homem pilotava caminhão quando foi abordado pela PM - Foto: Divulgação/Policia Militar

Com a chegada do pai do suspeito, que afirmou estar trazendo um veículo para seu filho, a polícia abriu a cabina do caminhão, não encontrando nada de ilícito. O rastreamento pelo sistema de radar inteligente indicou que o veículo havia passado por um ponto próximo ao aeroporto municipal de Assis, desencadeando um patrulhamento na região.

A perseguição teve seu desfecho próximo à entrada do Bairro do Cervinho, no KM 374, onde o suspeito foi abordado durante um cerco policial. Recebendo voz de prisão, foi conduzido ao Centro de Polícia Judiciária (CPJ) de Assis. Durante o cerco, o indivíduo alegou agir em legítima defesa da família durante a tentativa de homicídio ocorrida em Andirá.

O suspeito permanece à disposição da justiça, sendo encaminhado à Cadeia Pública de Lutécia. O desdobramento do caso continua sob investigação para esclarecer todos os detalhes do ocorrido.

Receba nossas notícias em primeira mão!