Buscar no site

Especial Dia da Consciência Negra: o cabelo afro como símbolo de empoderamento das mulheres

O cabelo black e as tranças são marcas importantes do passado que continuam criando tendências entre as mulheres negras

Redação AssisCity

  • 20/11/23
  • 11:00
  • Atualizado há 30 semanas

Nesta segunda-feira, 20 de novembro, é comemorado o Dia da Consciência Negra, data muito importante para celebrar e afirmar a importância da população negra que constitui mais de 54% da população do Brasil, segundo dados do IBGE.

Para celebrar esta data tão importante, o Portal AssisCity conversou com Janaina Messias, trancista na cidade de Assis há 21 anos, para conhecer mais sobre os cabelos e como eles se tornaram símbolo de empoderamento para as mulheres negras.

Janaina começa nos explicando sobre a história das tranças, que no início era utilizada como rota de fuga para os escravos. "Quando eles marcavam de fugir, desenhavam nas cabeças um mapa com tranças para que quando outro escravo visse, saberia para onde ir", explica.

Divulgação/Janaina Messias - As tranças são parte da história das pessoas negras - Foto Divulgação/Janaina Messias
As tranças são parte da história das pessoas negras - Foto Divulgação/Janaina Messias

As mulheres também usavam as tranças para esconder sementes e grãos, para plantarem quando conseguissem fugir da escravidão e terem como se alimentar. A trancista conta que cada trança tem um significado importante que faz parte da história dos cabelos afros, mas que hoje ela se tornou um símbolo de empoderamento da mulher negra. "Hoje há vários métodos que usamos, como por exemplo o Entrelace, que é um método que trançamos o cabelo da cliente com trança raiz e depois costuramos um cabelo orgânico por cima das tranças, e o resultado é perfeito", disse.

Outros métodos muito populares entre as mulheres são o Box Braids, Entrelace, Mega Trança, Nó Italino, Kanikalon, Trança Raiz, Trança Ghanna e Gypsi Braids.

Divulgação/Janaina Messias - Segundo a trancista, hoje há varios métodos diferentes de trança que são populares entre as mulheres - Foto Divulgação/Janaina Messias
Segundo a trancista, hoje há varios métodos diferentes de trança que são populares entre as mulheres - Foto Divulgação/Janaina Messias

A trancista conta também sobre a importância dos movimentos e coletivos pró-Afro na divulgação da cultura e como eles contribuem muito para que as mulheres se sintam mais confortáveis em assumir seus cabelos naturais. "Acredito que cada projeto, cada movimento que se levanta para fortalecer essa questão ajuda muito, porque as mulheres negras que não aceitam seu cabelo black, começam a ver que elas têm uma beleza natural e que o cabelo afro é lindo. O que faltava a um tempo atras eram produtos cosméticos para ajudar como hidratar, mas hoje temos muitos produtos, então hoje as mulheres têm liberdade de usar o cabelo afro do jeito que elas quiserem, um black bem hidratado é a coroa da mulher negra", conclui.

Divulgação/Janaina Messias - Para Janaina,
Para Janaina, "um black bem hidratado é a coroa da mulher negra" - Foto Divulgação/Janaina Messias

Em celebração ao mês da Consciência Negra, os coletivos e movimentos em prol da cultura realizarão neste sábado, 25 de novembro, o "Sabadão Black", um evento gratuito com uma programação especial voltada para a cultura afro-brasileira. O evento contará com um desfile de tranças, palestras, além do Bailão Black que contará com a participação de DJs de Assis e Região. O evento será realizado no Galpão Cultural em Assis.

Receba nossas notícias em primeira mão!

Veja também
Ver todas as notícias
Colunistas Blog Podcast
Ver todos os artigos