Buscar no site

Golpista de 37 anos que se passava por Policial Civil para aplicar golpes é preso em flagrante em Cândido Mota

O autor detido foi encaminhado a Cadeia Pública de Lutécia

Redação AssisCity

  • 05/04/24
  • 09:00
  • Atualizado há 6 semanas

A Polícia Civil de Cândido Mota, prendeu em flagrante na tarde desta quinta-feira, 04 de abril, um homem de 37 anos que se fazia passar por policial civil para aplicar golpes em pessoas idosas.

O caso veio à tona quando a vítima, um senhor de 84 anos, compareceu à delegacia para relatar ter sido vítima de fraude. Segundo a vítima, ele teria recebido ligações telefônicas alertando sobre uma suposta fraude em sua conta bancária, onde os criminosos que teriam efetuado a ligação, se identificaram como policiais civis e alegaram que para evitar prejuízos à vítima, seria necessário que ele entregasse seus cartões bancários e senhas para "investigar" o caso. Também foi pedido para que o idoso transferisse altos valores para uma conta indicada pelos criminosos.

Divulgação/Polícia Civil - Com o acusado foram apreendidos um celular e uma quantia em dinheiro - Foto: Divulgação/Polícia Civil
Com o acusado foram apreendidos um celular e uma quantia em dinheiro - Foto: Divulgação/Polícia Civil

A vítima informou que, acreditando estar lidando com policiais, forneceu as informações solicitadas aos criminosos; contudo, desconfiando do ocorrido, dirigiu à Delegacia de Cândido Mota, onde comunicou o ocorrido a Autoridade Policial, informando, também, que os criminosos teriam marcado novo encontro para receber quantia em dinheiro da própria vítima.

Diante de tais informações, equipe de policiais civis da Delegacia de Cândido Mota realizaram diligências, logrando êxito em deter um indivíduo de 37 anos, o qual estaria em poder dos cartões bancários da vítima.

O autor detido foi autuado em flagrante pelo crime de estelionato e encaminhado a Cadeia Pública de Lutécia.

Receba nossas notícias em primeira mão!