Buscar no site

Homem morto em confronto com a Polícia no Parque Colinas é identificado

Rodrigo Silva Bernardino, de 29 anos, é um dos criminosos suspeitos de furtar um caminhão e um semirreboque em Tarumã; Natural da cidade de Morro Agudo, família é aguardada no IML para liberação do corpo

Redação AssisCity

  • 02/04/24
  • 11:00
  • Atualizado há 2 semanas

Suspeito de participar do assalto de um caminhão e um semirreboque em Tarumã na madrugada de domingo (31) para segunda-feira (1º) é identificado pelo Instituto Médico Legal de Assis (IML). Segundo o IML, a vítima que morreu no local é Rodrigo Silva Bernardino, de 29 anos, natural de de Morro Agudo (SP) - cidade que fica na região metropolitana de Ribeirão Preto e tem pouco mais de 20 mil habitantes, a 374km de Assis.

De acordo com as informações obtidas pelo Portal AssisCity, a família de Rodrigo já foi contatada e deve chegar à Assis ainda durante a tarde para fazer o reconhecimento do corpo e seu translado para sua cidade natal, onde deverá ser sepultado.

O boletim de ocorrência da operação policial registrou que a equipe policial foi informada via COPOM sobre o furto ocorrido em Tarumã e que um trio de assaltantes estavam fugindo em direção à Assis. Entraram na cidade pela estrada do Cabral e foram para o bairro do Parque Colinas.

Neste momento, outras equipes da PM foram acionadas no local para reforçar a equipe policial e os homens suspeitos foram abordados na R. Clarindo Gomes Alvares. Segundo o BO, os indivíduos desceram do veículo e abriram fogo contra a polícia, que atirou também de volta. Dois dos três suspeitos fugiram, enquanto Rodrigo Bernardino foi atingido por um dos tiros e faleceu no local.

Segundo a polícia, Bernardino estava com uma arma de fogo calibre 38, municiado com 6 munições íntegras. No local, também foram encontradas uma carteira de cor preta, contendo a cópia do RG em nome de Eduardo Henrique Mendes Mendonça e a CNH em nome de Rodrigo Silva Bernardino.

A polícia científica esteve no local para realização de exame, registro fotográfico e retirada do corpo. Imagens das câmeras de segurança de imóveis próximos também foram solicitadas e testemunhas que estavam no local foram ouvidas. O corpo de Rodrigo Silva Belarmino segue no IML, aguardando a chegada da família.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, os policiais envolvidos na operação e que ocasionaram a morte do suspeito espontaneamente apresentaram o armamento utilizado para submissão a exame pericial. No entanto, com fundamento nas disposições do artigo 14-A do Código de Processo Penal, reservaram-se ao direito de serem ouvidos após regular intimação e constituição de advogado.

Durante o registro da ocorrência, a autoridade policial entendeu que os policiais agiram motivados pela agressão praticada pelos suspeitos e que, por esse motivos, estão amparados pela exclusão de ilicitude, motivo pelo qual não foram presos em flagrante.

Os outros dois suspeitos que estão foragidos estão sendo procurados pela polícia na região e, caso sejam presos, poderão responder pelos crimes de homicídio tentado contra agente de segurança pública, furto e associação criminosa.

Divulgação - Rodrigo Silva Bernardino, de 29 anos, segue no IML de Assis aguardando a chegada da família para liberação do corpo - FOTO: Divulgação
Rodrigo Silva Bernardino, de 29 anos, segue no IML de Assis aguardando a chegada da família para liberação do corpo - FOTO: Divulgação

Receba nossas notícias em primeira mão!

Mais lidas
Ver todas as notícias locais