Buscar no site

Motociclista morto após carro desrespeitar 'Pare' viajava todo dia para trabalhar em Palmital

Wilson Mendes de Carvalho, de 35 anos, trabalhava como tapeceiro e era muito querido por todos

Redação AssisCity

  • 15/04/24
  • 12:00
  • Atualizado há 5 semanas

Na manhã desta segunda-feira, 15 de abril, o tapeceiro de 35 anos, Wilson Mendes de Carvalho morreu após colidir com sua moto contra um carro que não respeitou o sinal de pare no cruzamento entre as ruas Ananias Máximo de Souza e Fagundes Varela em Assis.

Segundo informações da família, Wilson retornava da casa de sua namorada e estava indo em direção a sua residência, de onde sairia para trabalhar em Palmital. Ele viajava todos os dias para a cidade, onde atuava como tapeceiro.

Reprodução/Redes Sociais - Wilson Mendes de Carvalho, de 35 anos, trabalhava como tapeceiro e era muito querido por todos - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Wilson Mendes de Carvalho, de 35 anos, trabalhava como tapeceiro e era muito querido por todos - Foto: Reprodução/Redes Sociais

João Paulo, primo de Wilson, lamentou a morte precoce do tapeceiro. "Meu primo era uma pessoa muito alegre que ajudava todo mundo, era muito querido. Ele não tinha filhos e morava com a mãe, que tem problema de pressão alta", disse.

Nas imagens de câmera de segurança, enviadas pela família ao Portal AssisCity, é possível ver o momento em que o carro segue pela Rua Fagundes Varela, quando, por motivos a serem esclarecidos, não respeita o sinal de pare e avança. No mesmo momento, Wilson vinha pela rua Ananias Máximo de Souza, batendo na lateral do veículo.

Reprodução/Imagens Cedidas - Câmeras de segurança flagraram o momento em que o motorista do carro não respeita o sinal de 'Pare' e avança com o veículo, colidindo com a moto de Wilson - Foto: Reprodução/Imagens Cedidas
Câmeras de segurança flagraram o momento em que o motorista do carro não respeita o sinal de 'Pare' e avança com o veículo, colidindo com a moto de Wilson - Foto: Reprodução/Imagens Cedidas

Com o impacto, Wilson foi arremessado contra o chão, onde sofreu ferimentos graves, durante a queda. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, e o motociclista foi socorrido com vida, sendo encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Assis, mas não resistiu e veio a óbito.

Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento de Wilson.

Receba nossas notícias em primeira mão!