Buscar no site

Apreensão de cocaína triplica em abril no estado de SP

Do Portal do Governo SP

  • 28/05/24
  • 11:00
  • Atualizado há 3 semanas

O policiamento de São Paulo apreendeu em abril 6,9 toneladas de cocaína em todo o território paulista. A quantidade é quase três vezes maior que o total retirado das ruas no mesmo mês do ano passado.

Conforme levantamento da Secretaria da Segurança Pública, o total apreendido representa um impacto financeiro de quase R$ 140 milhões no crime organizado. No mês passado, o total de entorpecentes apreendidos em São Paulo chegou a 18 toneladas, um aumento de 73% em relação a abril de 2023. Só de maconha foram quase 8,5 toneladas retiradas das ruas.

"O objetivo é asfixiar financeiramente o crime organizado, causando prejuízos milionários para desestabilizar as organizações criminosas", afirma o secretário da Segurança Pública, Guilherme Derrite. "Nossa missão é impedir que as quadrilhas usem a estrutura logística do estado para escoar entorpecentes e continuar lucrando com o tráfico."

Ao considerar o acumulado do ano, houve um recorde na quantidade de cocaína apreendida em São Paulo. O volume chegou a 13,9 toneladas da droga — o maior valor desde 2001, quando teve início o monitoramento da série histórica no estado. A apreensão representa um prejuízo de quase R$ 280 milhões ao crime organizado, com base no preço do quilo do entorpecente no mercado nacional.

O recorde também se estende às apreensões de crack (2,4 toneladas de janeiro a abril deste ano), acréscimo de 170% em relação aos quatro meses de 2023. Neste ano, até abril, 52,3 toneladas de drogas foram retiradas das ruas pelas forças de segurança.

Receba nossas notícias em primeira mão!

Colunistas Blog Podcast
Ver todos os artigos