29 de Janeiro de 2023
20º/30º
Notícias - Região

Dia do Macarrão: conheça a história do italiano, fabricante e apaixonado por massas

Ângelo Rauseo tem 85 anos é morador de Cândido Mota, e há 25 anos fabrica macarrão

25 de outubro é comemorado o Dia do Macarrão. A data foi criada em Roma, em 1995, durante o primeiro congresso mundial de macarrão, que reuniu os principais fabricantes do mundo.

Ângelo Rauseo de 85 anos, nasceu na Itália e em 1953 veio para o Brasil, com seus pais e irmãos, direto para Pedrinhas Paulista, cidade colonizada por italianos.

Em entrevista ao Portal AssisCity, Ângelo contou que por muito tempo foi agricultor e que a paixão por massas, começou por lembranças de sua mãe, Teresa Rauseo. "Minha mãe fazia as massas, quando eu ainda era pequeno. Enquanto ela preparava, eu e meus irmãos ficávamos em volta, olhando e ajudando", conta.

O italiano ainda destacou que nessa época poucas pessoas tinham máquina para cortar a massa e que sua mãe fazia tudo de maneira artesanal. "Era tudo preparado e cortado na mão; cortava na faca as tiras de macarrão, bem fininha, e claro, que ficava muito bom", afirma.

Alguns anos depois, Ângelo se mudou para Ribeirão Preto, onde fabricou macarrão durante 12 anos. "Passei a fazer massas a pedido de amigos e depois todos começaram a me incentivar e foi aí que comecei a vender e vendi muito", conta.

Divulgação - Ângelo fazendo macarrão - Foto: Divulgação
Ângelo fazendo macarrão - Foto: Divulgação


Ângelo começou desenvolver o trabalho já na casa dos 60 e depois se mudou para Cândido Mota. Seus filhos, que já estavam morando na região, são seus maiores apoiadores e incentivadores. "Orgulho de ver meu pai fazendo suas massas ou pasta", diz Marquinhos, o filho mais novo.

Divulgação - Macarrão fabricado por Ângelo em sua casa - Foto: Divulgação
Macarrão fabricado por Ângelo em sua casa - Foto: Divulgação


Ângela, a terceira filha do italiano, conta que seu pai passou a vender as massas em Assis, para amigos dos filhos e que logo foi bem aceito. "Ele colocava os pacotes na caixa de isopor e saia para vender. Aos domingos vendia na feira de Cândido Mota e hoje é muito conhecido e popular", comenta Ângela.

"Meu pai é meu exemplo de vida, um grande homem, generoso, persistente e lutador, tenho muito orgulho" completa.

Ângelo está em Cândido Mota há 10 anos e seu maior prazer é fazer as massas e ouvir das pessoas que adoram o macarrão. "Faço com o coração e muito amor, e tudo o que é bem feito tem bons resultados e, claro, bons fregueses", finaliza.

Divulgação - Ângelo completou 85 anos em maio deste ano - Foto: Divulgação
Ângelo completou 85 anos em maio deste ano - Foto: Divulgação


Divulgação - Macarrão pronto para entrega - Foto: Divulgação
Macarrão pronto para entrega - Foto: Divulgação


Curiosidades

Segundo o G1, Uma pesquisa feita pela Associação Brasileira das Industrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães e Bolos (Abimapi), mostra que o macarrão está presente em 99,3% dos lares brasileiros.

O Brasil também é o terceiro maior produtor mundial de macarrão, segundo estudo da Organização Mundial de Pasta (IPO). Quanto ao consumo, o brasileiro consome cerca de 6 kg de macarrão por pessoa, bem abaixo da média italiana, em que o consumo é o maior do mundo e chegava a 25,3 kg por pessoa em 2013.
Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM