Buscar no site

Dois homens são presos em flagrante após furtarem veículo em Palmital

Suspeitos ainda tentaram fugir para Assis em um táxi, mas foram abordados pelos policiais

Redação AssisCity

  • 25/01/24
  • 09:00
  • Atualizado há 12 semanas

Na tarde desta quarta-feira, 24 de janeiro, dois homens foram presos em flagrante após furtarem um veículo e uma carretinha de reboque em Palmital.

Segundo informações do boletim de ocorrência, policiais militares estavam em patrulhamento ostensivo pela cidade de Palmital, quando por volta das 16h foram acionadas via Copom para atendimento de ocorrência de furto em andamento na Rua Melo Peixoto. Os policiais foram informados de que dois indivíduos estariam em posse de um veículo Corsa de cor prata trafegando com destino à Rodovia Nelson Leopoldino para o Estado do Paraná.

A equipe se deslocou até o local e avistou o veículo, bem como dois indivíduos na proximidade subindo em um táxi. Diante do contexto, os policiais indagaram o taxista que afirmou a equipe que foi acionado para uma corrida até a cidade de Assis e que não tinha conhecimento dos fatos relacionados ao furto.

Ao serem questionados, os suspeitos alegaram que haviam acabado de abandonar o veículo Corsa e acionado o taxista, pois haviam batido em um veículo Onix logo após subtrair a carretinha de reboque. Dentro do Corsa foi encontrado um alicate que foi utilizado para romper o cadeado da carretinha.

Ao retornarem ao local do furto, a vítima informou que por volta das 16h tomou conhecimento de que os dois suspeitos estariam subtraindo sua carretinha de reboque e deslocou-se até lá, momento em que os suspeitos bateram com seu veículo no Onix pertencente a outra pessoa. Em seguida, os suspeitos teriam descido do Corsa e desengatado a carretinha.

Os policiais conseguiram as imagens das câmeras de monitoramento e identificaram o momento do furto e da batida entre os veículos mencionados.

Diante do contexto, os suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Polícia, onde receberam voz de prisão em flagrante delito e permanecem presos preventivamente à disposição da justiça.

Receba nossas notícias em primeira mão!