Buscar no site

Florínea conquista a regularização de 39 imóveis do Jardim Vitória II

O programa Cidade Legal, no qual Florínea é participante, acelera e desburocratiza o processo de regularização fundiária, sem custo aos municípios e aos moradores

Assessoria PMF

  • 29/03/23
  • 17:00
  • Atualizado há 64 semanas

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, e o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Cardinale Branco, entregaram nesta última semana títulos de propriedade unidades habitacionais para beneficiários de 35 municípios do Centro Oeste Paulista.

A solenidade ocorreu na cidade de Dracena e o prefeito de Florínea, Paulo Eduardo Pinto, o Duda, e o presidente da Câmara Municipal, Sérgio Lopes (Quejo) estiveram presentes e receberam, em mãos, documentos que regularizam 39 unidades habitacionais do Jardim Vitória 2. Os imóveis foram regularizados por meio do "idade Legal" e, além de garantir segurança jurídica, as famílias de baixa renda participantes do programa passam a contar com acesso ao mercado formal de crédito e à possibilidade de transferência do bem para filhos ou herdeiros, entre outros benefícios.

Divulgação - Regularização de 39 imóveis do Jardim Vitória II
Regularização de 39 imóveis do Jardim Vitória II

"Essas escrituras trazem mais dignidade e prosperidade para 39 famílias florinenses, porque agora elas passaram a ser donas do próprio imóvel. As pessoas trabalham a vida inteira para ter a propriedade de um imóvel, deixando para seus filhos a casa como o único bem. Ficamos muito felizes em entregar a essas famílias o título definitivo de suas casas. Agora, cada um deste imóvel está regularizado para o resto da vida", destacou o prefeito Duda.

Duda e Quejo agradecem ao governador Tarcísio de Freitas e ao secretário Marcelo Branco pela importante conquista para a famílias de Florínea. Segundo ele, o recebimento deste documento era muito aguardado por todos.

O programa Cidade Legal, no qual Florínea é participante, acelera e desburocratiza o processo de regularização fundiária, sem custo aos municípios e aos moradores. As prefeituras recebem apoio técnico para a regularização de parcelamento do solo e de núcleos habitacionais, públicos ou privados, para fins residenciais, localizados em área urbana ou de expansão urbana. A iniciativa também oferece assessoria para intermediar o registro dos projetos de regularização fundiária urbana nos cartórios de imóveis.

Receba nossas notícias em primeira mão!

Veja também
Ver todas as notícias
Colunistas Blog Podcast
Ver todos os artigos