Buscar no site

Homem de 52 anos é preso em Palmital por estupro, roubo e violência doméstica

Mandados de busca e prisão temporária foram cumpridos na manhã desta quinta-feira, 25

Redação AssisCity

  • 25/01/24
  • 11:00
  • Atualizado há 11 semanas

Na manhã desta quinta-feira, dia 25 de janeiro, a Polícia Civil de Palmital deflagrou operação cumprindo mandados de busca e prisão temporária, expedidos pela Comarca de Palmital em desfavor de um homem de 52 anos.

De acordo com as investigações, em agosto de 2023, o investigado teria abordado uma mulher na Rodoviária da cidade de Assis, apresentando-se como motorista de táxi. Sob o pretexto de oferecer viagem ao seu local de destino, o investigado, durante o trajeto, interrompeu o percurso dentro do município de Palmital e cometeu atos de violência sexual contra a vítima, de 24 anos. Posteriormente, após diminuir sua capacidade de resistência, subtraiu todos os seus pertences, incluindo um aparelho celular.

Polícia Civil/Divulgação - Homem de 52 anos é preso em Palmital por estupro, roubo e violência doméstica - FOTO: Polícia Civil/Divulgação
Homem de 52 anos é preso em Palmital por estupro, roubo e violência doméstica - FOTO: Polícia Civil/Divulgação

Dias depois, o mesmo indivíduo abordou uma segunda mulher nas imediações da Rodoviária de Assis, sendo esta também residente da cidade de Palmital, a qual estabeleceu uma relação que perdurou por algumas semanas. A vítima teve seu veículo e valores em espécie subtraídos, após o agressor solicitar que fosse ao mercado situado nas proximidades de seu endereço residencial, momento que subtraiu referidos objetos e os levou para o Mato Grosso do Sul, onde supostamente trabalhava, permanecendo homiziado durante as investigações.

Além desses crimes, o suspeito também é investigado por praticar violência doméstica contra uma terceira mulher na cidade de Assis, a qual pleiteou medidas protetivas de urgência ao tomar conhecimento de que o autor já havia sido condenado pelas práticas dos crimes de estupro, roubo, tráfico de drogas, uso de documento falso, entre outros. O investigado estava cumprindo liberdade condicional no momento das ocorrências noticiadas.

Receba nossas notícias em primeira mão!

Veja também
Ver todas as notícias