Buscar no site

Moradores de bairro em Florínea precisam percorrer 48 km para chegar à cidade após duplicação da SP-333

De acordo com os moradores, as modificações realizadas na rodovia prejudicam o acesso entre as propriedades rurais e a cidade de Florínea

Redação AssisCity

  • 17/11/23
  • 14:00
  • Atualizado há 31 semanas

Moradores do bairro Água do Pantano, que fica às margens da Rodovia Miguel Jubran, SP-333, em Florínea, procuraram o Portal AssisCity na última segunda-feira, 13 de novembro, para demonstrarem sua insatisfação com as obras realizadas pela Concessionária Entrevias na via. Segundo eles, com a duplicação da via o acesso entre as propriedades rurais e a cidade ficou impossibilitado.

De acordo com os moradores, as propriedades estão localizadas de frente para a estrada municipal de Florínea que está sendo fechada devido às obras de duplicação da rodovia, impossibilitando o trajeto utilizado para chegar até a cidade. Com o fechamento dessa estrada, para chegar a cidade os moradores terão que percorrer pouco mais de 24 quilômetros até a cidade de Sertaneja, no Paraná, passando por duas praças de pedágio (vale lembrar que, por enquanto, a praça do Paraná ainda não foi reativada), para terem acesso ao dispositivo de retorno e conseguirem acessar a via. Ao todo, eles terão que percorrer 48 quilômetros entre a ida e volta.

Portal AssisCity - Moradores de bairro em Florínea precisam percorrer 48 km para chegar à cidade após duplicação da SP-333 - FOTO: Portal AssisCity
Moradores de bairro em Florínea precisam percorrer 48 km para chegar à cidade após duplicação da SP-333 - FOTO: Portal AssisCity

Para Mauro Krauss, morador do bairro Água do Pântano e que tem família no local, a situação é ainda mais preocupante. "Tenho meu pai com 85 anos, tio com 78 anos e temos no bairro moradores de 80 anos. Com a rodovia sendo duplicada estamos ficando sem acesso a cidade de Florínea, não tendo como trabalhar, ir a escola, sem contar em caso de emergência para os idosos. É uma situação complicada, pedimos socorro", declarou. Luiz Quaresma, também morador, compartilha da preocupação e lamenta estar ficando sem acesso para trabalhar na cidade.

Os moradores relataram ao Portal AssisCity que já comunicaram a Entrevias e se reuniram com representantes, mas afirmam que nada foi solucionado até o momento. As obras de duplicação da Rodovia Miguel Jubran, SP-333, fazem parte de um projeto da Concessionária Entrevias que já concluiu neste mês de novembro mais de 48 quilômetros de duplicação entre Marília e Echaporã. Além da duplicação, dois novos dispositivos de retorno fazem parte do conjunto da obra que visa oferecer mais segurança e conforto aos usuários.

Portal AssisCity - Acesso ao município de Florínea é prejudicado por duplicação da SP-333 - FOTO: Portal AssisCity
Acesso ao município de Florínea é prejudicado por duplicação da SP-333 - FOTO: Portal AssisCity

O Portal AssisCity entrou em contato com a Entrevias por e-mail, que comunicou que o tema em questão está em análise e sendo tratado junto aos moradores. Uma equipe do Portal se deslocou até o local e notou que há um dispositivo de retorno a 5km da praça de pedágio de Florínea, no entanto, o mesmo ainda não está liberado. Questionamos também sobre este dispositivo de retorno à Entrevias, mas até o momento a concessionária não nos deu retorno.

O espaço está aberto para uma devolutiva da Concessionária Entrevias e atualizaremos a matéria caso haja.

Receba nossas notícias em primeira mão!

Colunistas Blog Podcast
Ver todos os artigos