Buscar no site

Prefeitura de Cândido Mota e Câmara emitem nota de repúdio após divulgação de listas nas redes sociais

Segundo a Prefeitura, medidas legais serão tomadas para que os envolvidos sejam identificados

Redação AssisCity

  • 18/01/24
  • 12:00
  • Atualizado há 13 semanas

Na manhã desta quinta-feira, 18 de janeiro, a Prefeitura de Cândido Mota e a Câmara de Vereadores publicaram em suas redes sociais, uma nota de repúdio condenando as divulgações de supostas listas envolvendo nomes de membros do poder público e de civis nas redes sociais.

Em entrevista ao Portal AssisCity, Cláudio Buzzo, assessor da Prefeitura de Cândido Mota, explicou que essas listas começaram a surgir em grupos do WhatsApp na semana passada. "Começou como uma brincadeira boba no WhatsApp, uma lista onde colocavam o nome das mulheres mais chatas, dos homens mais chatos da cidade. Mas começou a se tornar algo mais preocupante quando começaram a lançar listas envolvendo nome de pessoas casadas, insinuando que alguns homens pagavam para sair com outros, coisas nesse sentido, partindo para algo muito pejorativo, ofensivo com as pessoas. Isso foi tão grave que envolveram até mesmo um membro da igreja nessas listas", conta.

Ainda segundo o assessor, várias pessoas, inclusive vereadores, registraram boletins de ocorrência sobre o caso. "Acredito que a Polícia Civil já esteja realizando algum tipo de investigação para identificar as pessoas responsáveis por essas listas", disse.

Na nota de repúdio emitida pela Prefeitura, as autoridades ressaltam que a divulgação de tais listas além de ser um ato de desrespeito, é considerada crime de calúnia e difamação com pena na legislação brasileira e afirmam que o Poder Público Municipal está atento e pronto para colaborar com as autoridades policiais e judiciárias para que tais atitudes não fiquem impunes.

Receba nossas notícias em primeira mão!