Buscar no site

Edital para retomada dos serviços do NAR do Hospital Regional de Assis será publicado nesta terça-feira

O contrato com o CIVAP responsável pela contratação dos médicos que atendem no NAR se encerra nesta segunda-feira

Redação AssisCity

  • 31/08/20
  • 12:00
  • Atualizado há 188 semanas

Nesta segunda-feira, 31 de agosto, finda o contrato entre a Secretaria de Estado da Saúde e o Consórcio Intermunicipal do Vale Paranapanema (CIVAP), vigente desde o início de 2014 e que regulariza o atendimento prestado no Núcleo de Atendimento Referenciado (NAR) no Hospital Regional de Assis. Os atendimentos ficam suspensos até publicação de novo edital e processo de licitação para assinatura de novo convênio para dar prosseguimento aos serviços prestados.

O convênio entre a Secretaria de Estado da Saúde do Estado de São Paulo com o CIVAP previa a prestação de serviços de médicos socorristas, sendo que os demais integrantes da equipe eram efetivos do próprio Hospital.

"O Chamamento Público, que será publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo nessa terça-feira, 1º de setembro, visa dar maior clareza ao processo, que esperamos que seja encerrado em no máximo um mês para que os atendimentos no NAR sejam retomados, mas caso haja pedido de recurso o prazo pode se estender", informa Lenilda Ramos, diretora do Hospital Regional de Assis.

Lenilda lembra que o NAR é um Pronto Socorro referenciado que desde 2014 recebe pacientes graves de Assis e região e nos últimos meses, considerando que os casos mais graves eram de COVID-19, tornou-se referência no atendimento desses casos.

A partir desta terça-feira, os pacientes serão atendidos nos pronto socorros dos diversos municípios da região e os pacientes de Assis serão atendidos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA); as UTI's adulto, pediátrica e neo-natal do Hospital Regional continuarão dando suporte aos pacientes da região e caso não tenha vaga de UTI no Regional os pacientes serão encaminhados para as UTI's das Santas Casas de Assis e Paraguaçu Paulista, e ainda, em caso de necessidade, receberá suporte do Hospital das Clínicas e Santa Casa de Marília.

A diretora ressalta que na sexta-feira, 28 de agosto, a taxa de ocupação das UTI's da região (Hospital Regional de Assis, Santa Casa de Assis e Santa Casa de Paraguaçu Paulista) era de 11,1% , um nível considerado tranquilo.

"Esperamos que este processo seja rápido e que neste período não tenhamos nada grave na região, mas caso haja grande demanda de muitos pacientes graves ao mesmo tempo, estamos organizados para prestar o atendimento necessário", concluiu Lenilda.

A reportagem do AssisCity entrou em contato com a assessoria de imprensa do CIVAP para saber sobre o fechamento do NAR . O CIVAP não quis se manifestar sobre o assunto e pediu que o contato fosse feito diretamente com a Secretaria de Estado da Saúde.

divulgação - O NAR fica no Hospital Regional de Assis
O NAR fica no Hospital Regional de Assis

Receba nossas notícias em primeira mão!

Veja também
Ver todas as notícias