24 de Fevereiro de 2018
17º/30º
ENTRETENIMENTO » BLOG
Renato Piovan

Intervenção no Rio pode ser estratégia de Temer em busca da reeleição

CHARGE - por Renato Piovan

Segundo o marqueteiro da Presidência da República e astro do Stand Up, Elsinho Mouco, o Planalto quer usar a intervenção federal no Rio para ressuscitar a imagem do presidento Michel Temer e alavancar uma possível candidatura à reeleição.

Em outubro de 2017, Temer se tornou o presidente mais detestado desde o fim da ditadura militar, com índice de reprovação a seu governo chegando a 73%. Para Mouco, a operação militar ajudará o emedebista a "se recolocar no tabuleiro". Antes de assinar o decreto, Temer recebeu pesquisas que encorajaram um gesto de impacto contra a violência.

"Hoje a maior preocupação do brasileiro é com a segurança pública", diz o publicitário, se esquecendo que muito da violência é fruto da desigualdade social causada pelo desvio de recursos por parte de corruptos. Grande parte destes corruptos hoje faz parte do atual Governo. A outra parte, atualmente, faz parte da oposição.



Chuveiro entupido que sai pouca água: como consertar? Especialista ensina o que fazer

Elimine o pinga-pinga com nossas dicas

Assim como a queima da resistência, o entupimento do chuveiro é um inconveniente que atrapalha muito o dia-a-dia. Além de tornar os banhos mais difíceis, um chuveiro entupido pode acarretar até mesmo em um gasto maior de energia - mas, felizmente, trocar o aparelho não é a única forma de resolver o problema. Para descobrir o que fazer, o Casa de Verdade conversou com a assistente de vendas Camila Esteves, da Leroy Merlin de Niterói. Confira:

Descubra a causa do entupimento
De acordo com Camila "A maior causa são partículas sólidas na água. Os chuveiros hydra têm uma parte de auto-limpeza, mas os outros não.". Essas impurezas podem ser partículas sólidas comuns, mas não raro são resultado do calcário, elemento abundante em algumas regiões que resulta na chamada "água dura".

Como desentupir
"No caso de partículas sólidas, você pode passar uma escovinha do lado externo.", indica a especialista. Além disso, outra opção comum é uma solução caseira bem fácil: coloque um copo de vinagre em um saco, e com barbante ou um elástico, amarre em volta do chuveiro. Deixe por algumas horas e pronto: chuveiro desentupido!

Evite o entupimento
A qualidade da água é o que determina se haverá ou não o entupimento. Alguns casos, como o excesso de calcário, são inevitáveis, mas uma boa e regular limpeza da caixa pode fazer maravilhas. Além disso, Camila diz: "Recomendamos o filtro para caixa d’água, que retira os resíduos já na caixa d’água".



Renato Piovan

Intervenção militar na segurança do Rio de Janeiro

CHARGE por Renato Piovan

O presidento e destaque de Escola de Samba, Michel Temer, assinou na sexta-feira o decreto de intervenção federal na segurança pública no estado do Rio de Janeiro. A medida prevê que o general do Exército, Walter Souza Braga Netto (do Comando Militar do Leste), será o interventor no estado. Ele assume até o dia 31 de dezembro de 2018 a responsabilidade do comando da Secretaria de Segurança, Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e do sistema carcerário no estado do Rio.

A intervenção já está em vigor, mas o decreto precisa ser aprovado pelo Congresso Nacional para continuar valendo. Na prática, com a intervenção, o governo federal assume o comando da segurança pública do estado, com a prerrogativa, inclusive de reestruturar as instituições e demitir e contratar pessoa para atuarem na segurança.



Renato Piovan

Escola de Samba que criticou a Reforma Trabalhista é vice-campeã do Carnaval do Rio de Janeiro

Charge por Renato Piovan

A escola de samba Paraíso do Tuiuti foi a vice-campeã do Desfile de Carnaval do Rio de Janeiro. A escola trouxe críticas à reforma trabalhista e no último carro alegórico, um componente viveu um "vampiro" que muito nos remete ao presidento Michel Temer. A escola também colocou na avenida uma ala com fantasias de 'manifestantes fantoches' (os manifantoches) e seu samba enredo lembrou que neste ano completam-se apenas 130 anos da assinatura da Lei Áurea.

Várias alas foram dedicadas ao alto nível de desigualdade social, a exploração do trabalho rural e em oficinas industriais, e o trabalho informal. Será que as escolas de samba estão retomando a sua verdadeira essência e seu papel social, que é o protesto e reivindicar sendo a voz das pessoas mais pobres? Ou os desfiles patrocinados pelos "homenageados" continuarão dando as cartas em 2019?



SOS Pets realiza feira de adoção neste sábado

Feira será das 9 às 12 horas

Neste sábado, 17, será realizada feira de adoção de animais, a maioria filhote provenientes de abandono e maus tratos.

O feira será no Hospital Veterinário de Assis, das 9 às 12 horas, na Rua Fernão Dias, 1281.

A equipe do SOS Pets informa que os animais postos para adoção são somente os animais que estão sob sua responsabilidade, ou seja, não poderão ser colocados para adoção animais que não sejam monitorados pela equipe do SOS Pets.

A equipe orienta que antes de se adotar um animal é importante ter consciência que ele precisa de espaço, paciência, tempo e tem despesas, e não se deve adotar por impulso.



Renato Piovan

CHARGE - Juízes tentam adiar julgamento de auxílio-moradia no STF

Por Renato Piovan

O auxílio-moradia, que beneficia mais de 17 mil magistrados no país, é defendido pelo juiz Sergio Moro, responsável pela Lava-Jato. Mesmo tendo um apartamento em Curitiba, Moro é um dos que recebe o benefício (R$ 4.377) e isso se tornou um prato cheio para quem questiona a sua atuação na condução das investigações da operação. Para justificar o ocorrido, o juiz e dublê de herói nacional argumenta que os magistrados estão sem aumento há três anos. O STF deve analisar essa situação em março, mas representantes da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) protocolaram um pedido para tentar atrasar a apreciação do tema.



Cachorro perdido é resgatado; procura-se o dono

Ele é dócil e muito carinhoso

Um cachorro foi encontrado perdido no Centro de Assis nesta semana. Ele é dócil, carinhoso e muito companheiro. Foi visto por várias pessoas pelas ruas de Assis, no entanto, após publicações nas redes sociais o dono ainda não foi encontrado.

Ele está abrigado em uma loja na rua Quinze de Novembro, n º376. Quem souber quem é o dono, entrar em contato. De acordo com Juliana, que encontrou ele, se os donos não aparecerem, ele ficará disponível para adoção.


Ele é dócil e muito brincalhão



Renato Piovan

Presidento Temer onipresente na programação de TV

Confira a charge de Renato Piovan

Tentando emplacar a lenga lenga de sua reforma da Previdência, o presidento Michel Temer marcou presença nesta semana em diversos programas da TV brasileira que, como todos sabem, não prima pela qualidade de seu conteúdo.

Ele foi aos programas comandados por Amaury Jr. (que certamente ninguém viu), Silvio Santos e Ratinho. O presidento e Silvio Santos travaram um diálogo mais bem ensaiado que as tabelas Pelé/Coutinho e no programa do pequeno rato ele respondeu a perguntas dos "telespectadores" (aham).

Informações dão conta de que Temer também será a próxima atração da Tela Quente, na Rede Globo, estrelando o filme "O Exterminador do Futuro".



Como aplicar papel de parede

O papel de parede é uma excelente solução para deixar o ambiente com a sua cara! Para garantir um ótimo resultado na hora da instalação, é só seguir as dicas que preparamos para você.

Você irá precisar de:
Papel de parede - confira a nossa variedade de modelos para deixar a sua casa mais bonita!

Materiais
Cola universal.

Ferramentas
Esponja, tesoura, estilete, trena, régua de aço com 2 metros, fio de prumo, balde para cola, pincel e trincha (ou rolo), escova, espátula lisa, rolinho, escada.

Siga o passo a passo do vídeo para instalar o seu papel de parede!



Renato Piovan

Bomba: Lula consegue imunidade eterna e pode ser candidato

Confira a charge desta segunda-feira

Reviravolta na politica nacional. Após ser condenado em segunda instância pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) por corrupção e lavagem de dinheiro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tomou uma medida drástica.

Para escapar do risco de ser preso e também para ser candidato nas eleições de 2018, Lula se filiou ao PSDB e, com isso, além de estar imune à prisão, também está apto a concorrer ao cargo de presidente da República. Informações dão conta de que, com a filiação, ele também está automaticamente isento de responder por qualquer outra acusação do passado e também do futuro.

O novo filiado recebeu as boas-vindas do governador Geraldo Alckmin, do senador Aécio Neves, do ex-governador José Serra e do prefeito de São Paulo, João Dória, políticos que já gozam destes benefícios.



Bem-Estar

Aprenda a fazer o suco que combate a celulite

Ingredientes
1/2 abacaxi;
Folhas de hortelã;
1 litro de chá verde;
Gengibre a gosto.
Modo de preparo
1 - Basta bater no liquidificador abacaxi, hortelã, chá verde e gengibre.

2 - Beber imediatamente com bastante gelo e sem adoçante ou açúcar. (Caso quira adoçar, pode colocar uma colher de mel).

Dicas:
Ele é um suco com fortes propriedades diuréticas, graças à combinação do chá com o abacaxi.
A hortelã tem propriedades desintoxicantes e o gengibre, a capacidade de acelerar o metabolismo e queimar gordura.


Renato Piovan

Tribunal condena Lula em segunda instância

CHARGE POR RENATO PIOVAN

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mantendo a sentença imposta a ele pelo juiz federal Sergio Moro. Os três desembargadores consideraram o petista culpado pelos crimes de corrupção passiva e obstrução de justiça no caso do triplex em Guarujá. Eles também aumentaram a pena: de nove anos e seis meses para doze anos e um mês. A defesa, no entanto, ainda poderá tentar inocentar Lula nas instâncias superiores (Superior Tribunal de Justiça e Supremo Tribunal Federal). Mas, após o julgamento dos embargos no TRF-4, poderá ser expedida ordem de execução de sentença. Nesse caso, enquanto recorre ao STJ e depois ao STF, Lula já poderá estar preso.



Dona procura por gato branco desaparecido desde quarta-feira, na Vila Adileta

Ele é branco e estava com uma coleira azul com um guizo

Alessandra Cardoso Silva procura seu gatinho desaparecido. O felino é branco, atende pelo nome de Simbah e sumiu na vila Adileta nas imediações da Rua Almirante Barroso.

Segundo Alessandra o gato estava com uma coleira azul com um guizo. "Meu gatinho deve estar assustado e com muitas saudades de casa, como eu estou dele. Peço se caso alguém tenha visto meu bichinho em algum lugar me avise por gentileza que irei buscá-lo imediatamente", disse Alessandra.

Simbah está desaparecido desde o dia 17 de janeiro, quarta-feira passada. Caso alguém tenha informações do paradeiro do gatinho favor entrar em contato pelo fone (18) 99715-6218, falar com Alessandra, gratifica-se.



O gato é branco, atende pelo nome de Simbah



Quem encontrar será gratificado


Cachorra está desaparecida em Cândido Mota

Ela atende pelo nome de Quindim e se perdeu na madrugada desta terça-feira, 23

Uma cachorrinha que atende pelo nome de Quindim está desaparecida em Cândido Mota desde a madrugada desta terça-feira, 23.

Segundo seu tutor, ela fugiu nas proximidades da Rua Terezinha Taiatela, em frente à Igreja Santa Clara.

Quindim é dócil, mas bastante medrosa. Ela é de pequeno porte, com manchas brancas nas quatro patas, além de uma mancha branca no peito que acompanha até o pescoço.

Caso alguém tenha informações sobre ela, o telefone de contato é (18) 99809-7039.


Quindim


Cachorra da raça Shitzu está desaparecida nas proximidades da FEMA, em Assis

Ela atende pelo nome de Aruna e é bastante dócil

Uma cachorrinha da raça Shitzu e que atende pelo nome de Aruna está desaparecida desde a tarde deste sábado, 20, em Assis.

Aruna fugiu pela região da Rua Mayre, no Jardim Faria, próximo à FEMA. Ela tem a pelagem branca e preta, é de pequeno porte e bastante dócil.

A família tem crianças que estão desesperadas pela volta da cachorrinha. Caso alguém tenha informações, pode entrar em contato pelo telefone (18) 99621-3958.


Aruna


Bem-Estar

Cuidado com água no ouvido; casos de otite são comuns em crianças durante o verão

Um dos sintomas que mais incomodam os pequenos é a dor

A inflamação do ouvido, conhecida também como otite, pode se tornar um pesadelo nas férias da criançada. Isso por que o período de recesso escolar coincide com o verão e a alta temporada de piscinas, clubes e praias. Os resquícios de água na orelha após a diversão criam um ambiente úmido propício para o crescimento de bactérias ou fungos, podendo causar a otite externa.

Sofrer com a dor é uma das partes mais difíceis para as crianças quando são acometidas pela otite. Além da vermelhidão na área, a dor é intensa e pode ser agravada até mesmo ao encostar ou apertar a orelha, o que resulta frequentemente em choro e um grande incômodo para os pequenos.

Em crianças menores pode ser um pouco mais difícil identificar a otite, já que elas não conseguem falar que sentem dor. "Os pais devem observar o comportamento. Por exemplo, quando for mamar ou comer, em um quadro de otite, na hora de engolir pode doer e a criança exprimir isto chorando, principalmente nos casos de otite média – que é da timpânica para dentro", explica o médico Jairo Barros do Instituto Brasiliense de Otorrinolaringologia (IBORL).

Nos casos de otite externa, os pais vão notar vermelhidão e inchaço na orelha, acompanhados de muita dor quando tocada mesmo que levemente. Além disso, a criança passa a levar a mão ao ouvido várias vezes, como se algo estivesse errado. Antes de ir ao médico, para amenizar a dor, pode-se fazer uma compressa morna e colocá-la no ouvido externamente.

Quando percebido o incômodo na orelha, um dos erros comuns é usar cotonetes para limpar dentro do ouvido no intuito de melhorar. Porém, esta ação é altamente contraindicada, já que, tanto em crianças quanto em adultos, isto pode causar perfuração da membrana timpânica. "Cotonetes, grampos, pontas de caneta... nada disso deve ser introduzido no ouvido. Além de ferir, pode ser porta de entrada para diversas infecções", alerta.

Como não há prevenção para a inflamação, a orientação médica é cuidar do ouvido após o contato com a água. "Às vezes, no consultório, quando examinamos a orelha da criança é comum encontrarmos grãos de areia dentro. Esses corpos estranhos podem machucar o ouvido e trazer infecções", explica o otorrinolaringologista. Por isso, depois da brincadeira na água, durante o banho, é importante lavar a parte externa da orelha com água corrente para tirar o excesso de areia ou até mesmo de cloro, geralmente encontrado em piscinas.

Identificados os sintomas, os pais devem procurar imediatamente um pronto-socorro pois, se não tratada, a otite pode comprometer até mesmo a audição. Uma vez com otite, as crianças não podem ter nenhum contato do ouvido com a água até serem examinadas adequadamente por um médico para que o tratamento seja iniciado corretamente.

Mas calma! Não precisa privar os pequenos da diversão. "Algumas crianças são mais propensas a terem otite, outras não. Caso ela não apresente nenhum sintoma e não haja nenhum outro motivo que impeça a brincadeira, ele não deve ser afastado das atividades comuns das férias", finaliza o doutor Jairo.

Cachorro da raça Shitzu está desaparecido desde sexta-feira, 12, no Centro de Assis

Beethoven, como é chamado, tem a pelagem preta e branca

Um cachorro da raça Shitzu está desaparecido desde sexta-feira, 12, nas imediações da Rua Sebastião da Silva Leite, no Centro de Assis.

Segundo a sua tutora, Beethoven, como é chamado, fugiu enquanto a moradora recebia uma encomenda no portão e desde então não foi mais visto.

Ele tem a pelagem branca e preta, é de pequeno porte e muito dócil. Ele não usava coleira e está com os pêlos do corpo mais curtos, enquanto a orelha está mais comprida.

Caso alguém tenha informações sobre o seu paradeiro, pode entrar em contato pelo telefone (18) 99628-2182.


Beethoven


Vira-lata é o cão preferido dos brasileiros, segundo pesquisa

Entre os entrevistados que têm animais em casa, 79% dos pesquisados são responsáveis por cães; 39%, por gatos; 19%, por aves; e, 10%, por peixes

Você já parou para pensar sobre qual a raça de cães mais querida pelos brasileiros? De acordo com uma pesquisa online realizada pelo Instituto Qualibest, os vira-latas são os preferidos por 41% dos entrevistados.

Entre os entrevistados que têm animais em casa, 79% dos pesquisados são responsáveis por cães; 39%, por gatos; 19%, por aves; e, 10%, por peixes.

A pesquisa mostrou que 41% dos brasileiros preferem os vira-latas. Em seguida, estão os da raça Poodle, com 11% de preferência; Pinscher, com 7%; Labrador, 5%; e, Pit Bull e Lhasa Apso, com 3% cada.

O estudo revelou outros dados sobre os animais domésticos. A grande maioria dos entrevistados (72%) afirmam que o cão de casa é tratado como um membro da família. Outros 27% dos pesquisados admitem que comemoram os aniversários dos bichinhos.

Além disso, 28% dividem a cama com seus companheiros, e outros 61% dizem sentir falta de algum produto ou serviço no segmento de PETs.

A pesquisa foi feita com homens e mulheres, de 18 anos ou mais, entre todas as classes sociais.

Filhotes abandonados no dia do Ano Novo precisam de um novo lar, em Assis

Eles estão disponíveis para adoção responsável

Na tarde do dia 1° de janeiro, Ano Novo, os filhos da assisense Edna Furtado passavam por uma estrada rural de Assis, quando avistaram seis filhotinhos de cachorro abandonados.

Segundo Edna, chovia muito e eles estavam todos desprotegidos, além de não terem água nem ração.

"Isso aconteceu no dia de Ano Novo, mas eu acredito que já fazia uns dias que eles estavam por ali. A estrada é muito movimentada e eles corriam risco até de serem atropelados, sem dizer que estavam na chuva, com frio, sem água e sem comida. Meus filhos viram a situação e trouxeram aqui para casa. Nós acolhemos e desde então estamos cuidando deles, mas já tenho outros três cachorros e não posso ficar com mais esses, infelizmente", afirma.

Os filhotinhos são quatro machos e duas fêmeas, sendo que um dos machos tem um problema no olho e Edna acredita que ele seja cego.

"Não sabemos se ele nasceu assim ou se machucou, mas precisava de alguma forma de ajuda, nem que seja um veterinário para avaliá-los. Nós gostaríamos que as pessoas pudessem adotá-los de forma responsável. Eles são de porte pequeno para médio, acredito que uma mistura entre Fox Paulistinha e Pinscher", salienta.

Os filhotinhos já comem ração e se alguém puder adotá-los, pode entrar em contato com Edna pelo telefone (18) 99618-7211.

Confira as fotos:








Eles estavam abandonados em uma estrada rural de Assis


Cães com medo de fogos de artifício: o que fazer?

Renato Zanetti, zootecnista e especialista em comportamento animal, dá dicas de como deixar o pet tranquilo durante a queima de fogos de artifício

A virada do ano está chegando e não há como fugir dos barulhos dos fogos de artifício. Durante todo o ano eles são usados em festas populares, finais de campeonatos esportivos e também celebrações e quem sofre com tudo isso são os pets. Mas, por que cachorro tem tanto medo de fogos de artifício?

Os cães possuem uma audição muito sensível, podendo escutar a origem do som em até seis centésimos de segundo e chegando a escutar até 45 mil hertz. Alguns se escondem dos barulhos, fogem, se ferem e outros correm para os donos tremendo. Quando estão em pânico, os cães podem até chegar a óbito, principalmente os que têm problemas cardíacos.

O especialista em comportamento animal e zootecnista, Renato Zanetti, explica que é importante entender a diferença entre medo e pânico para que o tutor saiba identificar qual a sensação de seu cachorro.

"Medo é quando o animal sente que está em perigo, mas não faz coisas estranhas que normalmente não faria. Já o pânico é um nível maior e faz com que o pet não consiga processar muito bem essa emoção. O pânico impede que tenham a percepção do ambiente, podendo levar o cachorro a atravessar portas de vidro, escalar paredes, subir em telhados e até saltar de muros altos", conta.

Mas para que isso não aconteça, Zanetti lista algumas dicas para minimizar esses problemas e ajudar os tutores a passar a virada do ano tranquilo com seu animal de estimação.

Estar em um lugar tranquilo, com o mínimo de barulho possível para que o pet não fique estressado e consequente sinta medo ou pânico;
Abafar o som externo. Deixar o ventilador ligado, colocar uma música calma, fechar janelas e portas;
Adaptar o cachorro ao ambiente que irá passar o ano novo, seja em casa sozinho ou em um day care;
O espaço tem que ser seguro para o cachorro. Todos os possíveis locais que eles possam escapar, devem estar fechados, como portas e janelas;
É importante disponibilizar tocas para ele se esconder, locais como embaixo da cama, dentro de caixas, dentro do banheiro, dentro da casinha ou uma caixa de transporte;
Disponibilizar petiscos diferentes ou comidas congeladas e brinquedos recheáveis para distraí-lo e estimulá-lo;
Se o pet ficar sozinho, o espaço deve ser livre de prateleiras, vidros, objetos de decoração ou porta retrato. Isso evita que ele se machuque.



Bem-Estar

Dor de estômago pode ser causada por úlcera, gastrite ou pedra na vesícula

O que pode causar a dor de estômago? O Bem Estar desta quarta-feira (27) mostrou que as causas podem ser variadas, como úlcera, gastrite, pedra na vesícula e verminosas. Para falar sobre o assunto, convidamos o gastroenterologista Ricardo Barbutti e o oncologista Felipe Fernandez Coimbra.

São dois os tipos de gastrite, no popular dado a qualquer desconforto gástrico: a orgânica, que pode ser causada por problema químico, bioquímico, inflamatório, infeccioso ou anatômico; e a funcional: conhecida como gastrite nervosa.

H. Pylori

Estima-se que 50% da população mundial tenha essa bactéria no estômago. No Brasil pode chegar a 70%. Segundo o gastroenterologista Ricardo Barbutti, a maioria das pessoas que tem a inflamação não tem sintomas.

O diagnóstico é feito através de exames, como endoscopia, fezes, sangue e teste respiratório com cápsula de ureia. Já o tratamento é feito com antibiótico.

Câncer gástrico

O câncer de estômago costuma ter diagnóstico tardio por duas razões: falta de acesso à um bom serviço de saúde ou demora para buscar ajuda. No início ele pode não dar sintomas, mas em geral dá gastrite, má digestão, queimação e emagrecimento.

Veja os fatores de risco para o câncer de estômago:

Bactéria H. Pylori
Gastrite crônica atrófica
Pólipos no estômago
Alimentação inadequada
Familiares de 1º grau com câncer de estômago
Tabagismo

Cachorro da raça Pinscher está desaparecido há três dias, em Assis

Marley, como é chamado, está com uma coleira azul

Um cachorro da raça Pinscher está desaparecido desde domingo, 24, nas proximidades da Vila Independência, em Assis.

De acordo com sua tutora, o cachorro fugiu próximo à Rua Pavão. Marley, como é chamado, tem a pelagem preta e marrom, e estava com uma coleira azul.

A dona acredita que alguém possa estar com ele, já que percorreu as ruas e ainda não o encontrou.

Caso alguém tenha informações sobre o cachorro, pode entrar em contato pelos telefones (18) 99687-8997 ou (18) 99737-3752.


Marley


Ele está desaparecido desde domingo, 24


Cachorra da raça Lhasa Apso está desaparecida em Assis

Amora, como é chamada, fugiu nas proximidades do Jardim Amauri

Uma cachorra da raça Lhasa Apso está desaparecida desde a noite desta segunda-feira, 26, em Assis.

Segundo sua tutora, ela fugiu nas proximidades do Jardim Amauri por volta das 21h. Amora, como é chamada, tem a pelagem preta e branca, tem cerca de 1 ano de idade e é de pequeno porte.

Caso alguém tenha informações sobre ela, pode entrar em contato pelo telefone (11) 96085-5622.


Amora


Tutores buscam informações sobre cachorra desaparecida na Vila Orestes, em Assis

Nina, como é chamada, sumiu nas proximidades do Parque Buracão

Uma cachorra que atende pelo nome de Nina está desaparecida desde sexta-feira, 22, em Assis.

A cachorra desapareceu nas proximidades da Rua José Coelho Barbosa, na Vila Orestes, próximo ao Parque Buracão.

Ela é de porte médio, tem a pelagem preta e marrom, além de olhos claros.

Caso alguém tenha informações, pode entrar em contato com os tutores pelo telefone (18) 99732-4196.


Nina


Nina


Nina


Cadela da raça Border Collie é encontrada perdida próximo ao Parque Buracão

Ela é branca e preta

Uma cadela da raça Border Collie nas cores branca e preta foi encontrada nesta quinta-feira, dia 21, nas imediações do Parque Buracão, em Assis.

O animal foi encontrado todo sujo e segundo foi informado, ele estava há duas semanas perambulando pela região. " Estou com medo dela estar prenha pois está muito gorda", conta Bárbara que encontrou a cadela e resolveu abrigá-la. Ela é muito dócil, adora água.

Quem souber quem é o dono entrar em contato pelo telefone: 18 98140-6071. "Estou muito preocupada em encontrar o dono pois sei que esses animais são muito companheiros e fazem muita falta dentro de casa. Se na família tiver criança, é mais triste ainda", relata.



18 cuidados para os cães no verão

O zootecnista e especialista em comportamento animal, Renato Zanetti indica alguns cuidados para aproveitar o verão na companhia do pet

Começou o verão está chegando e este é o momento ideal para praticar atividades ao ar livre com o animal de estimação. Passeios no parque, na rua, na praia é sempre uma boa pedida para garantir o bem estar dos pets.

Pensando nisso, o zootecnista e especialista em comportamento animal, Renato Zanetti, listou 18 cuidados para aproveitar a estação de maneira segura com o seu cão. Confira:

SOL

1. Não passeie em horários de sol forte (entre 10h e 16h) quando, tanto o ambiente quanto o chão, estão muito quentes. Nestes horários, é real o risco de o cão queimar as patas (coxim) ao andar no asfalto ou calçada (mesmo para curtos passeios). O raio do sol que incide sobre o cão é tão prejudicial quanto ao raio de sol que reflete no chão e incide no cão. Pense nisto.

2. Cães com focinho curto sofrem ainda mais com os dias quentes, pois a troca de ar para regular a temperatura é prejudicada pela sua anatomia. Passeie apenas nos horários mais frescos.

3. Garanta água fresca em abundância, tanto durante os passeios, quanto em casa.

ÁGUA

4. Cuidado com as primeiras vezes do cão em contato com o mar, pois ele pode se sentir desconfortável com a novidade (barulho, movimentação das ondas, espuma da água, muitas pessoas por perto, etc.).

5. Não force o cão a nadar por longas distâncias se ele não estiver acostumado. Atividade física num novo ambiente precisa ser prazerosa e, não, um suplício.

6. Na piscina, garanta que o ele consiga sair da água para evitar problemas caso entre sem supervisão humana. Certifique-se se há escada ou rampa de fácil e livre acesso.

7. O acúmulo de sal do mar ou cloro da piscina pode ser irritante à pele do seu cão. Assim, o excesso deve ser removido com água doce.

8. Seque o cão após atividades aquáticas para evitar fungos e outras dermatites.

TERRA

9. Escove diariamente o pelo do seu cão quando ele tiver contato com areia e terra. O acúmulo na pele do cão de areia da praia ou terra do campo pode ser irritante e seu excesso pode ser removido.

PELOS & PELE

10. Atividades ao ar livre expõem o cão ao vento, água do mar, piscina, areia, grama, etc. Desta forma, é importante ter atenção especial para minimizar os efeitos do acúmulo de sujeira. Assim, dê banhos regulares e realize escovação diária.

11. Pelos longos merecem cuidados maiores, pois o risco de embaraçar é maior, comparando com os pelos curtos. Mas ambos os casos merecem atenção redobrada após atividades ao ar livre.

12. Proteja com bloqueador solar áreas claras ou sem pigmentação. O risco de câncer de pele é real.

DOENÇAS TÍPICAS

13. Atenção especial à prevenção contra pulgas e carrapatos, pois áreas ao ar livre podem receber outros cães e outras espécies (como cavalos ou animais nativos, por exemplo) aumentando-se o risco de infestação.

14. Observe casos de diarreia e vômitos (provenientes de viroses, ou por ingestão de água do mar ou da piscina, com cloro). Ambos os casos devem ser tratados pelo médico veterinário.

CARRO

15. Em qualquer estação, mas pior ainda no verão, NÃO deixe seu cão dentro do carro com os vidros fechados e sem ventilação. Aquela rápida ‘corridinha’ até o mercado pode ser fatal. O cão produz calor, o ambiente externo produz calor, não há troca de ar que está dentro do carro e a consequência, caso a situação fique crítica dentro do carro, é fatal.

16. Em viagens longas, vale realizar paradas periódicas para seu amigo esticar as pernas, hidratar-se e fazer suas necessidades.

VETERINÁRIO

17. Antes de pegar a estrada com seu cão, leve-o para uma consulta com seu médico veterinário de confiança.

18. Algumas regiões do país precisam que o cão esteja protegido contra certas doenças. Aproveite esta consulta veterinária, atualize a carteirinha de vacinação do seu amigo e viaje com segurança.



15 piscinas para inspirar o seu verão

Nada como um mergulho na piscina para aplacar o calor na estação mais quente do ano! Pensando nisso, reunimos mais de uma dezena de projetos com diferentes dimensões e visuais exclusivos, promessas de bons momentos dentro d’água. Clique aqui e confira as dicas da revista.

SOS Pets realiza última feira de adoção do ano neste sábado, 16, em Assis

A feira acontece no Hospital Veterinário de Assis, das 9h às 12h

A SOS Pets, em parceria com o Hospital Veterinário de Assis, realiza neste sábado, 16, a última feira de adoção deste ano.

Estarão disponíveis diversos filhotes de cães e gatos, todos prontos para ganhar uma nova casa como presente de Natal, onde poderão ser amados e cuidados com responsabilidade.

Além disso, caso você não possa adotar, mas queira contribuir, os voluntários estarão recebendo doações de ração, que serão destinadas aos animais assistidos pela entidade.

A feira acontece das 9h às 12h na Rua Fernão Dias, 1281, na Vila Adileta. Para mais informações, acesse a página da SOS Pets.



Cachorro resgatado está à disposição para ser devolvido a seus tutores, em Assis

Ele foi encontrado nas proximidades do Hippo Gril

Um cachorro foi encontrado nesta terça-feira, 12, na Avenida Doutor Dória, nas proximidades do Hippo Grill, em Assis.

O animal é de porte médio, tem a pelagem cinza escura e, segundo a pessoa que o resgatou, estava assustado, mas bem limpo e cuidado.

Ela acredita que o cachorro esteja perdido, mas que tenha tutores. Caso alguém saiba quem são seus donos, pode entrar em contato pelo telefone (18) 99677-6570.


Cachorro está à procura de seus donos


Verão exige cuidados específicos com cães e gatos



* René Rodrigues Junior


Muito aguardado por grande parte das pessoas, o verão é a época mais quente do ano, ideal para uma viagem à praia e fins de semana na piscina. Mas, claro, também é preciso tomar cuidado com os riscos apresentados pelo calor extremo, capaz de prejudicar adultos, crianças e... os animais de estimação. Isso mesmo, pouca gente se dá conta, mas os cães e gatos podem sofrer bastante no verão. E, para que isso não aconteça, é preciso que o dono esteja atento o tempo todo.

Um dos principais cuidados que se deve ter é com a pata do animal. Com temperaturas acima do que ele está acostumado, o asfalto ou a areia pode proporcionar queimaduras graves durante um passeio. Por isso, evite levá-lo para um passeio entre 9h e 16h, quando o calor é muito intenso. E, se o seu cão ou gato tiver focinho rosado, é preciso usar um filtro soltar específico.

A hidratação é outro fator essencial nesta época do ano. Manter água fresca, fria e trocá-la regularmente durante o dia pode evitar que o animal fique desidratado. Além disso, caso o pet tenha o pelo muito grande, é bom realizar uma tosa para que ele se sinta mais fresco.

Se você possui um pet de focinho curto, como cães das raças Shih-Tzu, Pug ou Bulldog e gatos Persas, é importante ser ainda mais cuidadoso. Esses animais são mais suscetíveis a hipertermia e choque térmico, por isso, é fundamental que sejam hidratados com mais frequência que os outros bichos e que não sejam submetidos a tantos exercícios.

Durante o verão, também é preciso muito cuidado com pulgas e carrapatos, que adoram o clima quente e úmido para infestar o ambiente. Aqui, vale o alerta: caso já tenha encontrado algum desses parasitas no seu pet, não compre qualquer produto antes de buscar a orientação de um veterinário.

Por fim, vale sempre lembrar que deixar o animal sozinho no carro com os vidros fechados é absolutamente proibido, mesmo que seja apenas para uma "parada rápida". A temperatura dentro do veículo pode subir até cinco graus em menos de 15 minutos e, consequentemente, levar o seu cão ou gato ao óbito.

Ao tomar as devidas precauções, o verão pode ser extremamente divertido para você e para o seu animal de estimação. Por isso, esteja sempre atento, não abuse do calor e aproveite cada momento com o seu amigo de quatro patas.

* René Rodrigues Junior é médico veterinário da Magnus



Bem-Estar

Anvisa aprova novo tratamento para inflamação crônica de pele

Droga é voltada para casos mais graves de dermatite atópica em adultos. Novo medicamento é produzido a partir de moléculas vivas modificadas.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou terapia inédita para a dermatite atópica, um tipo de inflamação crônica de pele comum com pessoas com tendência a desenvolver alergias.

Trata-se do Dupixent (dupilumabe), que faz parte da classe dos medicamentos biológicos. Essas drogas são feitas a partir de organismos vivos geneticamente modificados para produzir o princípio ativo do remédio.

No caso do dupilumabe, a droga é um anticorpo monoclonal, um clone da célula de defesa humana alterada para inibir a ação de substâncias envolvidas no desenvolvimento da doença.
A aprovação da substância foi divulgada pela Anvisa na segunda-feira (11) e o registro foi dado à empresa francesa Sanofi-Aventis. O medicamento foi aprovado no final de setemtro nos Estados Unidos e em julho desse ano na Europa.

As irritações de pele provocadas pela dermatite atópica costumam aparecer atrás dos joelhos, na parte frontal dos cotovelos, nas mãos e nos braços. A droga é voltada para casos mais graves da doença em adultos.





10 plantas para cobrir o pergolado

Confira uma seleção de trepadeiras que vão deixar seu pergolado bonito, perfumado e bem coberto o ano inteiro

Para o alto e avante – o lema de super-herói parece também servir perfeitamente para a rotina das trepadeiras. Nesta seleção, as dez espécies combinam beleza e perfume, atrativos que fazem delas espécies particularmente interessantes para cobrir estruturas como pergolados e gazebos.

Versáteis, elas também sobem em paredes e criam delicados jardins verticais, como no que aparece na foto. Aqui, o suporte da Linha Trama, feito de madeira e aço inox é criação do designer Alex Wiechmann, novidade prestes a ser lançada nacionalmente.



Confira, a seguir, as principais características de cada uma das espécies.

1. As flores azuladas da tumbérgia surgem o ano todo, principalmente na temporada de calor. Ela gosta de meia-sombra e sol pleno.

2. A folhagem do maracujá cresce vigorosa, porém os frutos vêm apenas se houver outro pé nos arredores, para que ocorra a polinização. Borboletas adoram a espécie.

3. Por causa dos ramos pesados, melhor conduzir a alamanda em estruturas robustas. Os botões amarelos aparecem várias vezes ao longo do ano, ainda mais em locais quentes.

4. Originário da África, o jasmim-dos-açores exala um perfume mais forte que o das espécies americanas. Aprecia sol pleno ou meia-sombra e vai bem no litoral.

5. Sensível a lugares frios, a lágrima-de-cristo demora um pouco a crescer, mas o ritmo acelera sob sol pleno. Atrai as raras abelhas mamangavas.

6. A dipladênia (ou mandevila, como também é conhecida) prefere clima quente e floresce rapidamente. Ótima para o litoral, tem ramos leves.

7. Brasil afora, a primavera também responde por buganvília. Dá cachos que vão do branco ao vermelho vivo, em versões simples ou dobradas. Gosta de sol e tolera invernos amenos.

8. O jasmim-de-madagascar adora claridade. No entanto, sofre se exposto diretamente ao sol. Desenvolve-se também em vaso, desde que bem drenado.

9. A folhagem do aspargo-pendente aguenta o frio e brota em locais de difícil acesso graças às raízes curtas. Cuidado com os espinhos – embora pequenos, são resistentes.

10. Delicada, a rosinha-trepadeira pede amarração para escalar estruturas, já que possui caules finos e flexíveis. Fica mais exuberante sob sol pleno.



Cachorra está desaparecida na Vila Rodrigues, em Assis

Ela atende pelo nome de Cindy e foi vista pela última vez próxima ao AME

Uma cachorrinha que atende pelo nome de Cindy está desaparecida desde esta sexta-feira, 8, na Vila Rodrigues, em Assis.

De acordo com sua tutora, ela desapareceu nas proximidades da Rua Monteiro Lobato e foi vista pela última vez perto do AME.

Ela tem a pelagem clara, é de porte pequeno, vira-lata e castrada. Caso alguém tenha informações sobre Cindy, pode entrar em contato pelo telefone (18) 99734-3589.


Cindy


Ela foi vista pela última vez nas proximidades do AME


Bem-Estar

Sal rosa ressalta sabores e traz benefícios à saúde

Especialistas do Superpouco ensinam a preparar alimentos na tábua de pedra do produto e os principais cuidados no manuseio

O gosto e a cor rosada denunciam do que é feita a pedra de sal do Himalaia. As propriedades do produto em forma refinada já foram bastante difundidas no Brasil, mas o formato em tábua é mais conhecido entre os chefs da alta gastronomia. De origem oriental, da região do Paquistão, a peça é usada na culinária para o preparo de carnes e legumes, principalmente. Além de ser um sal natural puro, sem aditivos tóxicos como os encontrados no refinado branco convencional, o rosa apresenta minerais e nutrientes extras, como o óxido de ferro – responsável pela cor rosada –, o cálcio, o potássio e o magnésio.

Os benefícios à saúde são diversos: auxilia na regulação e no funcionamento do metabolismo, na prevenção de cãibras e no fortalecimento dos músculos e do sistema imunológico, além de ajudar na hidratação e na absorção de nutrientes pelo corpo e melhorar a circulação sanguínea e a eliminação de toxinas.

O uso, porém, deve ser feito com moderação por quem precisa ter cuidados com o consumo excessivo de sal, como hipertensos. "É preciso lembrar que, apesar de conter outros minerais e ser mais saudável que o sal convencional, o rosa é majoritariamente formado por sódio, como qualquer outro sal", explica Daniele Golanda, nutricionista parceira do Superpouco.

Como usar

As papilas gustativas sentem a diferença no realce de sabor dos alimentos. "Como a tábua pode ser levada à mesa, funciona como uma chapa quente de metal onde parte do prato é preparada. Faz a diferença para um jantar romântico, já que o alimento é cozinhado enquanto o casal está comendo, ou um churrasco entre amigos, por conta da apresentação", explica a chef Viviane Araújo, parceira do site.

Para usar, esquenta-se a pedra em um forno ou churrasqueira – nunca levar ao fogo direto, pois a temperatura sobe rapidamente, o que provoca rachaduras – e, depois, coloca-se as fatias de alimento. É preciso de aproximadamente 45 minutos para conseguir um aquecimento uniforme da pedra: inicia-se com temperatura baixa e aumenta-se gradualmente, a cada 15 minutos. Terminada a última etapa, dependendo do que se está cozinhando, vale aquecer um pouco mais – no caso de carnes bovinas, por exemplo. A temperatura influencia na dosagem de sal: quanto mais tempo ficar na pedra, mais salgado o alimento ficará.

Entre os cuidados com o item, a chef destaca, ainda, o manuseio delicado, para que não quebre ou lasque com impactos. Após uso, e somente quando a pedra estiver fria, a lavagem deve ser feita apenas com esponja umedecida.

A pedra de sal rosa pode ser encontrada no Superpouco a R$ 137,07, em média, podendo ter seu preço reduzido até 14% pelos descontos progressivos oferecidos pelo site.



Coisa de Bicho realiza mais uma feira de adoção neste sábado, 9, em Assis

A feira acontece a partir das 10h, no estacionamento do Amigão

A entidade Coisa de Bicho promove neste sábado, 9, mais uma feira de adoção de cães e gatos, em Assis.

O evento será realizado das 10h às 16h, no estacionamento do Hipermercado Amigão. Estarão disponíveis animais em busca de um lar e de adoção responsável, já cheirosos e vermifugados para que suas vidas tenham um final feliz.

Além disso, os voluntários receberão doações de ração, edredons, materiais de limpeza, medicamentos, comedouros, bebedouros e tudo o que puder ajudar no trabalho realizado com os animais abandonados.

Durante o evento também haverá venda de brigadeiros gourmet e cada caixinha com cinco custará R$10,00. A verba arrecadada será utilizada para um mutirão de castração dos animais de rua.

O endereço do Hipermercado Amigão é Avenida Walter Antônio Fontana, 1300, na Vila Claudia. Para mais informações, acesse a página da Coisa de Bicho.



Movimento Salva Patas realiza Noite Festiva nesta sexta-feira, 8, em Cândido Mota

Convites já estão à venda pelo valor de R$10,00

O movimento Salva Patas realiza nesta sexta-feira, 8, uma Noite Festiva no Clube da Terceira Idade, em Cândido Mota.

O evento terá o prêmio máximo de R$1 mil, R$200,00 para a cinquina, além de sorteios de brindes para os participantes.

O grupo de voluntários realiza a castração de animais de rua na cidade e a renda será revertida para a continuidade desse trabalho.

Os convites já estão à venda pelo valor de R$10,00 e podem ser adquiridos na Agromotta, Authentic , Finotti Rações , Linha S e, em Assis, na Vet House e na Anjo Ki Late.

A Noite Festiva começa a partir das 19h30 e o endereço do Clube da Terceira Idade é Rua Félix Jabur, 36.

Para mais informações, acesse a página.



Movimento Salva Patas realiza Noite Festiva no dia 8 de dezembro, em Cândido Mota

Convites já estão à venda pelo valor de R$10,00

O movimento Salva Patas realiza no dia 8 de dezembro, sexta-feira, uma Noite Festiva no Clube da Terceira Idade, em Cândido Mota.

O evento terá o prêmio máximo de R$1 mil, R$200,00 para a cinquina, além de sorteios de brindes para os participantes.

O grupo de voluntários realiza a castração de animais de rua na cidade e a renda será revertida para a continuidade desse trabalho.

Os convites já estão à venda pelo valor de R$10,00 e podem ser adquiridos na Agromotta, Authentic , Finotti Rações , Linha S e, em Assis, na Vet House e na Anjo Ki Late.

A Noite Festiva começa a partir das 19h30 e o endereço do Clube da Terceira Idade é Rua Félix Jabur, 36.

Para mais informações, acesse a página.



Ainda que timidamente, obras limpas avançam no país

Separamos um texto muito interessante para vocês, nossos leitores:

Quando uma construção ou reforma acaba, as sobras da obra geralmente acabam sendo levadas para aterros sanitários, ou, ilegalmente, para terrenos baldios ou mesmo em praças e esquinas e nas margens de rios. Esta, infelizmente, é a cena mais comum na imensa maioria das cidades brasileiras. No entanto, para o presidente do CAU/SP – Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo, Gilberto Belleza, esse quadro vem aos poucos mudando, ainda que bem lentamente.

"É verdade que o país ainda engatinha quando o assunto é a reciclagem dos materiais utilizados na construção civil. Ou seja, a cultura do desperdício ainda vigora. Mas nos últimos 10 anos já houve uma evolução", diz o presidente do Conselho.

Além do surgimento de centros de coleta e seleção de materiais que sobraram de obras da construção civil em algumas cidades do país, também passou a existir entre alguns arquitetos e construtores uma preocupação que vai desde a escolha de materiais novos, menos poluidores e mais eficazes para determinados fins, até a busca pelo chamado canteiro limpo. "Com a redução da utilização de material de alto impacto ambiental, a diminuição de resíduos e o uso criativo e eficiente de material reciclado de outras obras.

Um bom exemplo desse tipo de ação de reciclagem em um espaço público na cidade de São Paulo é o Parque do Povo. Os passeios internos e o piso da ciclovia do parque, assim como as calçadas externas que o rodeiam, foram inteiramente feitos com material como cimento, concreto e tijolos reciclados e reaproveitados de outras obras. "Os passeios externos, que não impermeabilizam o solo, também foram construídos com entulho reciclado. É o que chamamos de ‘entulho limpo’. O material foi separado, moído e virou tijolo para o piso", revela o arquiteto André Graziano, que trabalhou no projeto e é Conselheiro do CAU/SP.

Apesar de não apresentar tantos riscos diretos à saúde humana quanto o lixo doméstico e o lixo hospitalar e de serviços de saúde, a construção civil também é uma atividade geradora de impactos ambientais e seus resíduos têm representado um grande problema para ser administrado nas cidades. Um dos principais problemas para gerenciar e disciplinar a destinação dos resíduos sólidos da construção civil está no fato de a maior parte das obras serem executadas na "informalidade". Segundo estimativas, até 75% dos resíduos desse setor advêm de obras de construção, reformas e demolições geralmente realizadas pelos próprios moradores dos imóveis.

Já as grandes obras, em geral feitas por grandes empreiteiras, teriam mais condições de direcionar o entulho para a reciclagem. O que faltaria então seria o trabalho de conscientização, incentivo e fiscalização das pequenas obras por parte dos governos municipais. Os arquitetos dessas obras poderiam também exercer uma espécie de "catequese", uma influência positiva sobre esses moradores, para que o entulho dessas obras venha a ter o destino certo, conclui a arquiteta Mirtes Luciani, coordenadora do GT de Meio Ambiente do CAU/SP.

Bem-Estar

No Dia Mundial do Diabetes, saiba a importância do diagnóstico precoce

Diabetes não escolhe sexo nem idade. É uma doença, à princípio, assustadora e silenciosa, mas se você estiver bem orientado consegue substituir o medo pela precaução

Nesta terça-feira, 14, é o dia Mundial da luta contra o diabetes. Caracterizada pelo controle e a capacidade do corpo em regular a glicose no sangue, na verdade, não se trata de uma doença única, mas de um conjunto de doenças com características em comum provocada por diferentes situações:

Diabetes tipo 1 – O pâncreas produz pouca ou nenhuma insulina. A instalação da doença ocorre mais na infância e adolescência e é insulinodependente, isto é, exige a aplicação de injeções diárias de insulina;

Diabetes tipo 2 – As células são resistentes à ação da insulina. A incidência da doença que pode não ser insulinodependente, em geral, acomete as pessoas depois dos 40 anos de idade;
Diabetes gestacional – Ocorre durante a gravidez e, na maior parte dos casos, é provocado pelo aumento excessivo de peso da mãe;

Diabetes associados a outras patologias como as pancreatites alcoólicas, uso de certos medicamentos, etc.

Os testes laboratoriais são altamente importantes para diagnosticar o tipo da doença e o tipo de controle, e as metas ou os resultados ideais para alcançar no tratamento do diabetes são definidos pelo médico que acompanha o paciente.

O diagnóstico pode ser revelado através de um simples exame de sangue para detectar se há alguma alteração na taxa de glicemia. Caso a alteração seja considerável o médico deve solicitar o teste laboratorial de tolerância à glicose, mais conhecido como Curva Glicêmica e os testes EUROIMMUN relacionados:

Anti-GAD - Exame preditivo, aplicações: Diagnóstico precoce de DM1
Prognostico de progressão clínica do DM1 para predição de dependência de insulina
Diagnóstico diferencial no diabetes gestacional. Predição de risco em familiares de 1º grau. Diferenciação entre manifestação tardia de DM1 e DM tipo 2
Anti-IA2 - Tem relação com a rápida progressão da doença e é o anticorpo com maior valor preditivo para progressão para DMI em pacientes com síndrome poliendócrina autoimune (APS)
Anti-ilhotas - Presentes em cerca de 70 a 80% dos pacientes portadores DM1, mas tende a desaparecer com 2 a 3 anos da doença.

Obtenha um diagnóstico completo e efetivo

Os testes laboratoriais oferecidos pela EUROIMMUN garantem eficiência e segurança em toda sua linha de analisadores contribuindo para a diferenciação dos tipos da doença e no monitoramento profissional de maneira efetiva e com alto índice de sensibilidade.

O diabetes requer muita atenção

Considerado um fator de risco para problemas cardiovasculares e, em casos mais graves, diabetes pode provocar a falência de órgãos. No início, é normal que as pessoas tenham dificuldades no gerenciamento e medição, porém a adaptação será algo natural na sua vida.

Hoje os avanços científicos na área possibilitam tratamentos para todos os tipos de casos de diabetes. Peça para seu médico o exame laboratorial completo. Esta é uma oportunidade para você estar atento à sua saúde e adquirir responsabilidades sobre as mudanças.



Sete jeitos charmosos de decorar o canto do sofá


O estofado é sempre a estrela da sala de estar ou de TV, mas não basta investir nesse protagonista tão convidativo sem caprichar nos coadjuvantes – a harmonia entre tapete, quadros, revestimentos, apoios laterais, mesa de centro e iluminação ajuda muito a valorizar as linhas de qualquer modelo. Confira, a seguir, espaços nos mais variados estilos: eles são muito bem resolvidos e vêm acompanhados de dicas espertas.

Espelho + iluminação


No projeto das arquitetas Elise e Evelyn Drummond, do Rio de Janeiro, a luminária pendente articulável e as lâmpadas dicroicas embutidas no forro oferecem diferentes efeitos de luz, devidamente refletidos pelo generoso espelho, recurso certeiro quando a intenção é ampliar visualmente o espaço. Instaladas pela Vidraçaria Rio Paiva, as duas peças com espessura de 6 mm somam 2,94 m x 1,70 m. Uma estreita prateleira laqueada de branco, com 10 cm de largura, arremata o painel e serve de apoio para quadros. As profissionais também escolheram materiais capazes de aquecer o ambiente, como o tapete felpudo e o laminado melamínico amadeirado, que reveste o trecho inferior da parede.


Cortina + Quadros



Um leve tecido de linho cru divide sala e terraço no apartamento decorado (Diálogo Engenharia) assinado pela arquiteta Renata Cáfaro, em São Caetano do Sul, SP. Classudo, o mix de bege, marrom e branco é comum aos dois ambientes. Sobre o sofá, spots de embutir no teto, com lâmpadas dicroicas, direcionam a iluminação para a foto de Paris, separada em três quadros com molduras brancas de 60 x 90 cm cada (Mariana Orsi). Um tapete de sisal vai sobre o piso de porcelanato, que simula o visual do mármore travertino. O pufe tem tripla função: chaise, mesinha de apoio e assento extra.


Almofadas + adesivos


O sofá revestido de camurça cor de café teve a sisudez quebrada pelas almofadas com diferentes estampas coloridas. Atrás dele, delicadas folhas secas ao vento decoram a parede (o adesivo Gameleira, disponível em oito cores, na Grudado). As intervenções pontuais e de efeito levam a assinatura da designer de interiores paulistana Ana Maria Mouawad Queiroga, do Studio da Ana. No canto, diante do espelho, a mesa lateral recebe o facho de luz do pendente branco – fixada a 80 cm do teto, a peça usa lâmpada incandescente leitosa, que proporciona uma atmosfera para lá de aconchegante.


Prateleira + adornos




Para expor seus objetos preferidos, a administradora Viviane Gullo, de Brasília, investiu em uma prateleira de gesso, com 30 cm de profundidade, logo acima do encosto do sofá – a peça, com estrutura interna de ferro, foi chumbada em um recorte na alvenaria. Ali repousa sua coleção de estatuetas e um dos quadros mais queridos. Fixada no teto, a luminária teve a cúpula customizada pela moradora com tecido cor-de-rosa, tom que realça a cor da parede. Sobre o tapete felpudo, a mesinha de centro, que era preta, foi lixada para exibir a estrutura de freijó.


Sofá + balcão



Em seu apartamento de 60 m² com cozinha integrada, o arquiteto Daniel Tesser, de São Paulo, ganhou mais espaço encostando o sofá na meia parede que isola as áreas. O tampo de madeira do balcão se prolonga, formando uma estreita prateleira acima do estofado. Ao lado, ficam as banquetas altas Classic Preta Belfix, compradas na Loja Casa by Mobly. Pendentes de inox reforçam a atmosfera contemporânea do projeto.


Sofá + estampas




Misturar desenhos? Claro que pode! O truque é eleger um ponto de partida que torne o conjunto harmonioso. Na sala de estar criada pelo arquiteto Joel Mendes, de São Paulo, a paleta de cores – bege, caramelo, cinza-azulado e azul-claro – dá liga entre os vários padrões. Sobre o sofá neutro, da mesma tonalidade do quadro, almofadas de identidades bem diferentes convivem harmoniosamente com as listras que cobrem a manta, o tapete e a leve cortina de voal. De alumínio, a luminária fininha de piso dribla a falta de espaço entre o sofá e a janela.


Quadros + cor


O alinhamento das telas, simples e eficiente, é o segredo do arranjo feito pela jornalista Cristiane Teixeira na sala de seu apartamento, em São Paulo. Repare que as quatro molduras, de mesmas medidas, acompanham os limites do encosto do estofado, encapado com sarja peletizada. A parede vermelha faz o conjunto sobressair. Na lateral, um vaso baixinho de bromélia é acompanhado pela luminária de pé Haste (Tok Stok) – basta movimentá-la para transformar a iluminação indireta em luz de leitura. A mesa de centro em estilo retrô, com pés-palito, completa a cena.