16 de Agosto de 2018
17º/30º
ENTRETENIMENTO » COLUNISTAS

Procura-se!

COLUNISTA - Por Clóvis Marcelino

"Como o Pai me amou, também eu vos amei; permanecei no meu amor” Jo.15.9; Dia desses em uma viagem, resolvi deixar o carro no estacionamento e percorrer parte do trajeto de Metrô. Por ser final de semana, o movimento era bem menor do que o seria em dias normais de trabalho.

Dentro do vagão, pude observar os semblantes, aparências e olhares dos usuários, os quais nunca havia visto antes. Confesso que me bateu uma erupção no peito, por perceber que mesmo em coletividade, todos se encontravam sós. Percebe-se mesmo uma procura. Procura por emprego, procura por aceitação, procura por espaço, procura por sonhos, procura por projetos, procura por família, procura por uma luz, procura por um sorriso, mas, o que mais se pode notar é que de todas as procuras, a que predomina nos olhares dispersos, é a procura por amor.

Percebe-se que as pessoas não estão se sentido amadas, e, por não se sentirem amadas, refletem aos outros, todas as lacunas elencadas nas procuras citadas, revelando dessa forma, sentadas em bancos de vagões de Metrô, um olhar vazio, onde não se divisa além do próximo metro, porque os olhares miram de verdade em direção a um horizonte inatingível, longínquo onde não se consegue enxergar o próximo, porque no próximo também não se reflete amor. Precisamos olhar para outros rumos e dessa forma despertar na certeza de que o amor que não vejo no próximo, é o mesmo que reside dentro de mim.

Divulgação
Clovis Marcelino
Clovis Marcelino faz reflexões diárias sobre versículos bíblicos e escreve semanalmente no AssisCity
+ VEJA TAMBÉM