19 de Setembro de 2018
17º/30º
ENTRETENIMENTO » COLUNISTAS

Teorias, teorias, teorias!

COLUNISTA - Clovis Marcelino

"Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: Alegrem-se!” Fil.4-4; Dia desses, participando de uma palestra, por sinal muito bem proferida, propondo uma analogia sobre o amor, cada participante teve a oportunidade de se identificar nas teorias apresentadas: Platão – Eros; Aristóteles – Philia; e Jesus Cristo – Ágape.

Cada qual com sua definição de amor e, por conseguinte felicidade. Interessante é descobrir que independente de teoria, mesmo que cada uma defina diferentemente uma da outra, a base da felicidade é o amor. O incompreensível de tudo é o fato do ser humano não perceber isso e permitir que o tempo passe, e em cada minuto passado, uma perda irrecuperável de oportunidade em amar e permitir que o amor, ao contagiar o outro, num feedback, o faça feliz também. Só não vige a teoria do "umbigo”, onde o que basta é o "eu” – eu me basto e o amor ego é suficiente para se propagar a felicidade.

Não, precisamos compartilhar, antes de sentimentos, ações concretas com definições práticas de que apenas fazendo e proporcionando a felicidade ao outro, também se encontra a felicidade. Felicidade não é um ponto a ser conquistado, felicidade é a estrada que se percorre, onde estendida em toda sua extensão, vive-se feliz por decisão. Sem se esquecer que nesse contexto, ou melhor, nessa estrada, existe a presença de outros, que por definição de Deus, é a mais pura expressão do amor, pois são imagens e semelhanças do Próprio, que se fez homem para a salvação de todos. Seja feliz!

COLUNISTA - Clovis Marcelino
Clovis Marcelino
Clovis Marcelino faz reflexões diárias sobre versículos bíblicos e escreve semanalmente no AssisCity
+ VEJA TAMBÉM