13 de Dezembro de 2018
17º/30º
ENTRETENIMENTO » COLUNISTAS

Era das fakes news já era

COLUNISTA - Isabella Nucci

A página dos Mais Médicos, rede que agora atua pelo sistema de inscrições, sofreu vários ataques nos últimos dias desse mês. Robôs e máquinas programadas para a distorção dos fatos já foram isolados e o site permanece, atualmente, seguro. Realidade inventada, meus caros, é coisa do PT. Afinal, o Ministério da Saúde já publicou em nota o número de profissionais dispostos a substituir os 8.000 cubanos: 11.429 inscritos. Pois é, pessoal... Sei que muitos de nós chegaram a pensar que Bolsonaro havia cometido sua primeira burrada na transição da velha política para o novo governo. Certo?

Só que não. Há milhares de médicos, formados no exterior, aguardando a Revalidação. Aliás, 5.212 estão no cargo efetivo e 3.648 selecionaram o município no qual vão atuar. O que aconteceu, afinal, para que houvesse toda essa reviravolta? Simples: basta de trabalho escravo. Sem mais privilégios ao governo ditatorial de Cuba que, sendo pago com milhões e milhões, fazia a exportação mais valiosa dos últimos tempos. Ou seja: deixava os médicos com a miséria do salário enquanto eram obrigados a realizar ações judiciais como um caminho de fuga.

Pior: pouco tempo depois das liminares serem concedidas, os profissionais que haviam processado o sistema comunista eram demitidos e obrigados pelos seus supervisores cubanos a pegar um avião de volta a Cuba em 24 horas. Caso contrário, todos eles teriam que enfrentar 8 anos de exílio. Daí aquelas desesperadas ladainhas de que tudo não passou de um golpe entram em cena: "ah, que absurdo, não é mesmo?”, "Onde já se viu expulsar os trabalhadores?”, "A democracia não merecia passar por isso!”, "Vejam só o tamanho do prejuízo que levamos!” etc etc etc...

Tudo isso, digníssimos, é uma contradição das cláusulas de igualdade previstas na Constituição. Afinal, exportar trabalhadores - mães e pais de família para serem abusados em sua fé aqui em nosso território - é jogo de mau-caráter que só tem por finalidade fortalecer o regime cubano e dar seguimento à ditadura petista no Brasil. Repito: realidade inventada é coisa do PT que se aproveita da parcela ignorante da nação para espalhar fake news não somente no site dos Mais Médicos, mas também no WhatsApp, no Facebook, no Twitter e por aí vai...

Enfim, como a gente não vive mais de pão com mortadela, sabemos felizmente e finalmente que sustentar mentiras só nos leva ao cúmulo da vergonha. Quem viu a juíza num dos mais recentes interrogatórios de Lula já sacou este parágrafo. Sim, o ilustríssimo ex-presidente tentou intimidar a nova autoridade e ainda teve a sem-vergonhice de inverter os papéis escancaradamente ao indagar: "diga-me você, excelentíssima, o sítio de Atibaia é meu ou não é meu?

Sim, parece piada. Mas não é! Não é e digo mais: nem 1/3 da nossa população acredita ou cai no buraco desse jogo sujo. Segundo uma pesquisa pelo DataFolha, mais da metade dos brasileiros acha justo que Lula continue preso. Boas notícias: a Era das fakes news já era. Estamos conscientizados e bem esclarecidos. Temos hoje a certeza de que o País apenas vai pra frente a partir de mudanças radicais. E por falar em radicalismo, ainda resta a dúvida: quem mandou matar Bolsonaro? Se o PT conseguir se livrar dessa, ah, meu povo, isto seria muito azar... Será?


*Isabella Nucci 💫 Poeta, jornalista e compositora

Divulgação
Isabella Nucci
Isabella Nucci 💫 Jornalista, poeta e compositora
+ VEJA TAMBÉM