17 de Julho de 2019
17º/30º
ENTRETENIMENTO » COLUNISTAS

Fora do povoado!

COLUNISTA - Clovis Marcelino

Jesus pegou o cego pela mão, levou-o para fora do povoado, cuspiu nos olhos dele, pôs as mãos sobre ele, e perguntou: "Estás vendo alguma coisa?” Mc. 8-23; Jesus é paciente com todos, com a realidade que o rodeia e especialmente conosco. Paciência com os que o buscam. Diante do cego, Jesus em primeiro plano pergunta-lhe se enxerga? O cego lhe responde que via vultos em forma de árvores que andam. Jesus o toca novamente pacientemente e ele passa a enxergar claramente. O processo de cura e conversão é lento. Demanda de vontade nossa em sair da zona de conforto a que nos acostumamos, para uma decisão de escutar, acreditar e seguir Jesus. Por isso o Senhor diz ao cego após a cura, fora do povoado, para que não retornasse para o povoado onde vivia. Todas as vezes que nos encontramos com Jesus em busca de uma graça, não devemos retornar ao passado em que vivíamos, pois fatalmente retornaremos a nossa zona de conforto, de justificativas, de vícios e mesmices, onde justificávamos piedosamente nossas deficiências e paralisias, muitas vezes até nos apiedando de nós mesmos. Tempo de reclamação e lástimas, convenientes ao nosso ego, pois faz com que os que proximamente de nós habitam, nos enxerguem também com olhos piedosos. Por isso, precisamos pedir a Jesus que junto com a cura, sejamos também fortalecidos a sair de nossas cegueiras que nos impedem de crer e seguir de fato Jesus.

Divulgação
Clovis Marcelino
Clovis Marcelino faz reflexões diárias sobre versículos bíblicos e escreve semanalmente no AssisCity
+ VEJA TAMBÉM