17 de Setembro de 2019
17º/30º
ENTRETENIMENTO » COLUNISTAS

Projeto de lei do Universo

COLUNISTA - Isabella Nucci

Amor sábio sempre vale mais que ouro, pois ele brilha ao nosso redor, exalta o que temos de bom e, quando vacilamos, tal amor não nos condena, apenas faz questão de aliviar a culpa, porque culpados somos inevitavelmente agressivos uns com os outros. Toda vez em que erramos, seja por qualquer razão ou sequer motivo, devemos nos esforçar para que reconheçamos o erro, nos assegurando de que o mesmo não acontecerá de novo.

Em outras palavras, nunca implore pela atenção de alguém que é incapaz de te corresponder. Mendigar amor é um mecanismo de defesa contra a falta de reciprocidade. Por isso que muitas vezes achamos que estamos carentes quando, de fato, é o próximo que necessita de afirmação. Um segredo: só nos resta amar ou odiar. Portando, se você escolhe o segundo, seu ego nunca estará satisfeito porque a escolha do primeiro, se aplicado com afinco em seu íntimo espiritual, nos conecta profundamente com o fluxo vital das energias.

Precisamos todos estar cientes de que nossa mentalidade pode atrair sim o indesejável, mas o poder que possuímos de estar no controle da própria vida irá transformar o percalço em sabedoria. Isto se dá quando as manifestações da essência começam o processo de exteriorização do Eu superior. Ou seja, o viés da psiquê humana é capaz de superar o fluxo negativo sem deixar "sequelas” porque uma vez sendo trevas, as luzes, embora ocultas, ainda existem!

Contudo, basta deixar fluir. Cada novo dia sempre vira noite e vice-versa. Deixa que o universo trabalhe e, só pelo fato de você aceitar o sofrimento como uma ponte para novos encontros, seu caminho será o reencontro consigo mesmo. Detalhe: quando você se deparar diante deste espelho, aprecie a miragem. Pois talvez, o que deveras todo mundo precisa buscar ao longo da existência, seja simplesmente aquilo que é trazido de volta ao despertarmos...

Pobres tempos em que a humanidade precisa xingar, trapacear, roubar e humilhar até por terceiros algo e/ou alguém que não se enquadra em sua realidade, sendo que cada uma deve ser respeitada apesar de todas as divergências e "defeitos” que aparentemente não se encaixam nesta sociedade artificial, cujo símbolo da virtude se encontra em padronizados moldes estéticos e seleção de beleza. Pobres indivíduos que, além de serem literalmente precários de lucidez, precisam do rebaixamento alheio para poderem se sentir superiores.

Só mais um segredo: a superioridade, meus caros colegas, ninguém a possui. Apenas é mais elevado aquele que reconhece seus erros e depois os corrige. Apenas merece o título de superior aquele que é humilde o bastante para perdoar os outros e, principalmente, se auto-perdoar! Já que é assim, podemos concluir que as esmolas sentimentais são dispensáveis quando sem pretexto ou expectativa, conseguimos usufruir plenamente dos amigos, da família e dos demais amores que o universo nos permite conquistar.

Isabella Nucci
Isabella Nucci 💫 Jornalista 0084311/SP
+ VEJA TAMBÉM