17 de Outubro de 2019
17º/30º
ENTRETENIMENTO » COLUNISTAS

Vacas de Basã

COLUNISTA - Elda Cecília Bolfarini Jabur

VACAS DE BASÃ.

BASÃ: lugar bíblico mencionado em gênesis, Antigo Testamento.

Esse termo foi utilizado pela primeira vez pelo profeta Amós 4: 1-3 e reza: Ouvi esta palavra, ó vacas de Basã. Que estais no monte de Samaria, que defraudais os de condição humilde, que esmagais os pobres, que dizeis aos vossos amos: "Traze deveras e bebamos”

Vocês estão satisfeitas como as vacas de Basã?

Vocês maltratam os necessitados, exploram os pobres e ficam pedindo a seus maridos que lhes tragam mais vinho para beber.

"Eu, o SENHOR, juro pelo meu santo nome que virá o tempo em que vocês serão arrastadas para fora da cidade com anzóis, como se fossem peixes; nenhuma de vocês escapará. Vocês sairão em filas pelas brechas das muralhas e serão jogadas na direção do monte Harmon.

Amós viveu em Judá, aproximadamente em 740 a.C.Ele é considerado um dos doze profetas menores.

Pertencia a uma família humilde e criadores de sicômoros ( uma espécie figueira).

Ele foi convocado por Deus para lembrar o povo da sua Lei.

Destaque maior:

----Redistribuir a justiça e chamar o povo ao arrependimento.

Significado simbólico de Amós: aquele que ajuda a carregar o fardo.

Ele profetizou durante muitos anos. No tempo em que Israel atingiu prosperidade, foi acompanhado de muita luxúria, vício e idolatria. O luxo dos ricos insultava a miséria dos oprimidos. O esplendor dos cultos dos poderosos disfarçava a verdadeira religião.

Ele passou a denunciar as injustiças da época.

Por isso passou a incomodar porque atemorizava falando dos julgamentos divinos.

Quem ele denunciava?

Os ricos, que só acumulavam, viviam em mansões e palácios, oprimindo os pobres.

As mulheres ricas que estimulavam os seus maridos a explorar os fracos.

Os que roubavam e depois iam ao santuário rezar, pagar o dízimo, dar esmolas para aplacar a própria consciência.

Os juízes que julgavam de acordo com o dinheiro recebido dos subornos.

Os comerciantes ladrões sem escrúpulo que deixavam os pobres sem possibilidades de comprar e vender as mercadorias por preço justo.

Tudo muito atual.

Milênios se passaram e nada mudou.

Porque esse profeta é descrito como menor? Tema que requer de nós muitos estudos e sabedoria. Suas palavras estão perpetuadas para sempre, por isso, profecias. Somente os mestres privilegiados conseguem uma conexão direta com o divino e receber suas inspirações.

Em que tempos vivemos?

Os loucos e suas loucas de basâ continuam ocupando os melhores cargos , oprimindo o povo, perpetuando a corrupção, tornando-se vitalícios em suas atividades políticas. Os privilégios são imensuráveis, nas chamadas ironicamente democracias

Frases bíblicas:

"Foi Deus quem criou as montanhas e o vento”.

"Ele revela os seus planos aos seres humanos”.

"Ele faz o dia virar noite e ainda por cima das montanhas”.

"Este é o Seu Nome: o Senhor, o DEUS Todo Poderoso”.

Senhor, nesses tempos intermináveis de tanta exploração e miséria humana, dê-nos sabedoria para que nunca sejamos

como as Loucas de basã.

Obs.: Podemos observar como os políticos que passam a ocupar altos cargos na república brasileira, logo começam a engordar e ficar com papadas proeminentes. É o caso do TUl presidente da Câmara Federal. Durante a última campanha, ele mesmo reconheceu: ”estou bem gordinho, mas logo após as eleições farei regime”. Isso é impossível. Sabemos como são os intermináveis jantares servidos nos palacetes para as irônicas discussões política.

ASSIM SEJA!

Elda Jabur
é professora de História formada peLa Unesp de Assis. Trabalhou no Sesi e no Estado até aposentar-se. Há muito tempo dedica-se a escrever para jornais, faz óleo sobre tela e pertence à Ordem Rosacruz - AMORC há mais de 30 anos. Reside na Cidade de Cândido Mota/SP.
+ VEJA TAMBÉM