09 de Agosto de 2022
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

Relatos de um "peba" - Mentiras que os ciclistas contam

COLUNISTA - Renato Piovan

Não, não estamos no dia 1º de abril, data oficial em que geralmente as pessoas aproveitam para fazer alguma pegadinha ou espalhar alguma "fake news". Trago esse assunto para esta coluna porque, para quem vive entre os ciclistas, sabe que no meio existem muitas "verdades alternativas" que não são por mal. Muitas vezes o objetivo é motivar a galera ou simplesmente omitir a realidade do rolê.

Se você está começando no ciclismo, saiba que os mais experientes no esporte têm métodos peculiares de conquistar novos parceiro(a)s de pedalada. Os argumentos mais utilizados e que são o mantra dos ciclistas experientes para nos abduzir, meros pebas, formam o combo "Vai ser de boa!", "Vamos que eu te espero!", "Vai ser um pedal rápido!" e "Tem subida, mas é tranquilo!".

Qualquer modalidade do ciclismo conta com imprevistos. Um pneu furado, uma corrente quebrada, uma compra de terreno (não uma ação imobiliária, mas um tombo), uma parada para sanar a fome ou a sede ou uma sessão de fotos fazem parte da atividade. Portanto, uma maneira de evitar estresse em casa é avisar a/o namorada (o), esposa/marido que vai demorar.

Neste quesito também se encaixa mais uma mentira do ciclista experiente, a famosa "Eu conheço a trilha!". Quando ouvir isso, pode saber que você vai rodar uns bons quilômetros sem ninguém no grupo ter a mínima noção de onde vocês estão. Admitir que errou o caminho? Jamais. Melhor dizer que para o pedal durar um pouco mais, resolveu pegar um "caminho alternativo".

Divulgação - Renato Piovan é jornalista, ciclista amador nas horas vagas e cronista nas horas mais vagas ainda - Foto: Divulgação
Renato Piovan é jornalista, ciclista amador nas horas vagas e cronista nas horas mais vagas ainda - Foto: Divulgação


Então, se você está começando no pedal, seja muito bem-vindo(a). Mas fique atento(a) a essas e muitas outras frases e histórias que têm como objetivo apenas te convencer àquele pedal em grupo. Não podemos nos esquecer das famosas pérolas "O ritmo vai ser tranquilo!", "Só tem descida!", "Essa é a última subida!", "Daqui em diante é só reta!", "Daqui a pouco a gente chega!" "Por aqui tem um atalho!", "A trilha é tranquila, até fulano fez!", etc e tal.

O peba de hoje será um pouco mais experiente no futuro. Caberá a nós trazermos novos pebas para o rolê. E, com certeza, usaremos muitas destas frases aqui descritas para convencer a nova companhia a encarar a famosa trilha dos finais de semana.

Mas, mesmo com todas essas "omissões da verdade", o ciclismo (em especial o Mountain Bike) continuará sendo um esporte muito inclusivo. Mais e mais praticantes surgem a cada dia. E, com certeza, a grande maioria deles aderiu ao esporte após ouvir de algum amigo "Vai ser de Boa", "Tem subida, mas é tranquilo", etc.

Se você cair em uma dessas "verdades omitidas", nos vemos nas trilhas por aí.
Divulgação
Renato Piovan
Jornalista, ciclista amador nas horas vagas e cronista nas horas mais vagas ainda.
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM