08 de Fevereiro de 2023
20º/30º
Notícias - Região

Bolsonaristas de Ourinhos e Marília estão na lista da AGU após atos de vandalismo em Brasília

Lista pede bloqueio de R$6,5 milhões de bens de financiadores dos atos

Dois bolsonaristas de Ourinhos e Marília estão na lista Advocacia-Geral da União (AGU), com pedido de bloqueio de bens, por estarem envolvidos nos atos de vandalismo em Brasília, no último domingo, 8 de janeiro.

O homem, identificado como Nelson Eufrosino, de Ourinhos, foi gravado pedindo várias vezes para que filmassem ele dentro do STF: "Me filma aqui, por favor, eu vou quebrar um, pode entrar, não tem mais ninguém".

divulgação - Bolsonarista de Ourinhos aparece em vídeo pedindo para gravá-lo enquanto destrói vidraça do STF — Foto: Arquivo pessoal
Bolsonarista de Ourinhos aparece em vídeo pedindo para gravá-lo enquanto destrói vidraça do STF — Foto: Arquivo pessoal


Na sequência, ele pega um pedaço da estrutura do próprio STF e começa a bater contra o vidro, enquanto supostamente grita "tropa de elite" e "Ourinhos". Ao fundo, é possível ver que o local está completamente destruído com vazamento de água no teto.



Já Márcio Vinicius Carvalho Coelho, de Marília, apareceu na lista da AGU como financiador do ato, com pedido de bloqueio de bens.

O Portal Marília Notícias entrou em contato com o bolsonarista que afirmou não estar envolvido no financiamento de ônibus para marielienses viajarem até o Distrito Federal, e que o seu nome na lista da AGU seria perseguição.

Leia também: Assisenses viajam para Brasília e participam de manifestação organizada por bolsonaristas

Bolsonarista de Ourinhos aparece em vídeo pedindo para gravá-lo enquanto destrói vidraça do STF — Foto: Arquivo pessoal
Bolsonarista de Ourinhos aparece em vídeo pedindo para gravá-lo enquanto destrói vidraça do STF — Foto: Arquivo pessoal


No documento, a AGU pede à Justiça Federal do Distrito Federal o bloqueio de R$ 6,5 milhões em bens de 52 pessoas e de sete empresas. A quantia, de acordo com a ação, deve ser utilizada para garantir a reparação dos danos às sedes do Congresso Nacional, do Palácio do Planalto e do Supremo Tribunal Federal em caso de condenação dos acusados.

Do centro-oeste paulista, além dos moradores de Ourinhos e Marília, mais três pessoas constam na lista na AGU: Marlon Diego de Oliveira, de Tupã (SP), Nelma Barros Braga Perovani, de Piratininga (SP), e William Bonfim Norte, de Promissão (SP).
Redação AssisCity/Informações: Marília Notícias e G1- Bauru e Marília
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM