19 de Junho de 2019
17º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Para ‘comemorar’ a virada do ano, comerciante dispara tiro para o alto e acaba preso

Homem, de 27 anos, foi abordado pela Polícia Militar no estacionamento de uma loja de conveniência na Vila Santa Helena, na madrugada desta terça-feira (1º)

A Polícia Militar prendeu em flagrante na madrugada desta terça-feira (1º) um comerciante, de 27 anos, por disparo e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido em Presidente Prudente.

Segundo o registro policial, o homem confessou que, no momento da virada do ano, quando trafegava em uma motocicleta pelo Conjunto Habitacional João Domingos Netto, sacou um revólver de calibre 38 e disparou um tiro para cima com a intenção de "comemorar” a passagem de 2018 para 2019.

O comerciante foi abordado pelos policiais militares no estacionamento de uma loja de conveniência localizada na Vila Santa Helena, por volta das 3h, depois que a corporação recebeu a informação de que havia um homem armado no local.

O indivíduo estava em uma moto e, durante a abordagem, os militares localizaram na cintura dele um revólver de calibre 38 oxidado com quatro munições intactas e uma deflagrada.

Segundo o Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Participativa da Polícia Civil, ele portava a arma de fogo de uso permitido sem autorização e em desacordo com a lei.

O comerciante confirmou aos policiais que a arma era dele e que quando se dirigia com a motocicleta para a loja de conveniência onde foi abordado sacou o revólver, ainda no Conjunto Habitacional João Domingos Netto, e efetuou o disparo para cima no momento da virada do ano para "comemorar” a chegada de 2019.

A confissão do indiciado, segundo a Polícia Civil, foi subsidiada pelo fato de haver uma munição deflagrada.

Além disso, também foi requisitada a perícia para o exame residuográfico nas mãos do indiciado.

Ele precisou ser algemado pelos policiais em razão da resistência e do fundado receio de fuga do preso e de perigo à integridade física própria ou alheia, segundo o BO.

Em razão do cometimento dos crimes de disparo e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, previstos, respectivamente, nos artigos 15 e 14 do Estatuto do Desarmamento, a Polícia Civil decretou a prisão em flagrante do envolvido.

Ainda foram apreendidos R$ 200 em dinheiro e um aparelho de telefone celular em poder do comerciante.


Revólver de calibre 38 foi apreendido em Presidente Prudente


G1
+ VEJA TAMBÉM