18 de Junho de 2019
17º/30º
NOTÍCIAS » EDUCAÇÃO

FEMA recebe exposição fotográfica "Sertões"

Até 30 de junho acontece, no hall do anfiteatro, a exposição fotográfica "Sertões", que reúne 30 imagens de um trabalho documental feito pelos fotógrafos Adriano Kirihara e Paulo Miguel, coordenador do curso de Fotografia da FEMA

A Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA) recebe, de 3 a 30 de junho de 2019, no hall do anfiteatro, a exposição fotográfica "Sertões", que reúne 30 imagens, sendo 15 fotos em preto e branco e 15 coloridas, resultado de um trabalho documental feito pelos fotógrafos Adriano Kirihara e Paulo Miguel, coordenador do curso de Fotografia da FEMA.

A viagem, que ocorreu em duas etapas - a primeira em outubro de 2018 e a segunda em abril de 2019 - foi desenhada para registrar o cotidiano dos povos e as belezas naturais de uma das regiões mais belas do sertão nordestino, pelos estados de Pernambuco e Bahia, onde a grandeza geográfica do bioma caatinga se expõem em grandes formações geológicas e paisagens exuberantes, locais que já serviram de cenário para filmes, seriados e novelas, como a Estação ecológica Raso da Catarina.

Neste mesmo ambiente vive o sertanejo, os vaqueiros encourados de gibão, que são um ícone do imaginário popular do Nordeste, na lida com o gado na caatinga. A dupla também registrou lugares onde viveram Lampião e Antônio Conselheiro, o modo de vida das pessoas e parte da história do Brasil, como as ruínas da antiga vila de Canudos (sertão descrito por Euclides da Cunha), que há 17 anos estava sob a água no açude de Cocorobó. A cultura nordestina se destaca nas imagens capturadas pelos fotógrafos como os tocadores de pífano e a dança e tradições do Reisado.

Os fotógrafos

Adriano Kirihara é jornalista, empresário e fotógrafo. Já trabalhou como editor na TV Fronteira, em Presidente Prudente, e como repórter na TV Grande Rio, em Petrolina, no interior de Pernambuco – ambas afiliadas da Rede Globo. A rotina de empresário faz com que viaje pelo Brasil e também pelo exterior. É quando aproveita para colecionar belas imagens das diversas cidades por onde passa, além dos seus povos e parques nacionais.

O jornalista e fotógrafo Paulo Miguel tem 40 anos de carreira, preenchidos entre a docência nos cursos de Jornalismo, Publicidade e Fotografia, e sua atuação como fotojornalista e em estúdio de still. Seu trabalho como fotodocumentarista lhe rendeu exposições individuais e diversas participações em coletivas.

Confira algumas fotos que estarão expostas:







Glauciana Nunes - Assessoria de Comunicação FEMA
+ VEJA TAMBÉM