11 de Dezembro de 2019
17º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Mulher é morta durante festa em chácara de Cândido Mota

A vítima e seus familiares residem em Andirá, no Paraná

Por volta das 21h30 deste sábado, 10 de agosto, a Polícia Militar de Cândido Mota, foi chamada para atender uma ocorrência de disparos de arma de fogo em uma propriedade rural na rodovia SPA 442/266.

No local, os policiais apuraram que ocorria uma festa em uma chácara onde estavam a família que organizava a festa e convidados, entre eles uma família de Andirá.

Segundo testemunhas relataram aos policiais, tudo corria bem até que em dado momento, um homem de 34 anos, teria iniciado uma discussão com Angélica Mendes Teodoro, de 27 anos, moradora de Andirá, por não concordar com a relação da jovem com sua irmã.

O homem teria então disparado contra Angélica que foi atingida no abdômen e na cabeça, sendo socorrida por seu irmão até o Hospital de Andirá, porém não resistiu aos ferimentos e ao chegar no hospital foi constatado seu óbito.

A mãe de Angélica, também foi atingida por um tiro no braço direito, sendo socorrida pela Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros, até a Santa Casa de Cândido Mota e posteriormente transferida para o NAR (Núcleo de Atendimento Referenciado) do Hospital Regional.

Um rapaz de 24 anos, morador de Cândido Mota, que também foi alvejado no abdômen, foi socorrido até o Pronto Socorro de Cândido Mota e posteriormente transferido para o Hospital Maternidade de Assis onde segue internado.

O suspeito dos disparos ainda não foi localizado.

O delegado de polícia de Cândido Mota, Gustavo Barbosa de Siqueira, compareceu ao local, juntamente com os policiais militares para análise das circunstâncias e com o objetivo de verificar a forma em que os fatos se deram.

"O Inquérito Policial será instaurado imediatamente para apuração da autoria, circunstâncias e todos os dados relativos ao fato, sendo que já foram requisitados os exames periciais pertinentes e o caso será analisado pela Polícia Civil com a máxima prioridade e diligência, visando à promoção da responsabilidade de todos os envolvidos”, destacou o delegado.

divulgação Polícia Civil - Local onde ocorreu o homicídio
Local onde ocorreu o homicídio


Arquivo Pessoal - Angélica foi morta com um tiro no peito e outro na cabeça
Angélica foi morta com um tiro no peito e outro na cabeça



Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM